E não disseram que Léo Coutinho tinha prestígio com a presidente?!!!! Dilma quer distância de impopularidade e não estará em Caxias nesta quarta-feira (9) para entrega de casas

9.12.15
Abraço de afogados entre Léo Coutinho e Dilma Rouseff cada vez mais distante

Pelo que vejo e ouço por aí, parece que ninguém leva muito a sério o prefeito de Caxias.

Conversar sobre Léo Coutinho com ‘aliados’ em Caxias é a certeza de ouvir palavras muitas vezes impublicáveis.

Mesmo na sua família, muitos dos parentes não o veem como um político dos melhores. Dizem que ele não chega a ser “nenhuma Brastemp...” nessa arte de gente grande.

Por outro lado, numa tentativa clara de inverter a constatação de que o é um politico fraco, sua assessoria produz verdadeiras pérolas para fazê-lo parecer um gigante.

Não são poucos os títulos das manchetes dos meios de comunicação alugados que tentam enaltecer as ações e palavras de Léo Coutinho com frases de efeito para tentar impressionar o leitor.

Mas de todas as bobagens já produzidas pela assessoria coutinhiana, nenhuma se iguala aquela feita quando da tentativa de entregar as casas da Vila Paraíso no último dia 27 de novembro. “A vinda da presidente Dilma Rousseff a Caxias é uma demonstração de prestígio pessoal do prefeito Léo Coutinho”, anotou a assessoria de Léo Coutinho num release distribuído à imprensa, o que motivou uma onda de piadas sobre o suposto prestígio do prefeito de Caxias, que nem foi tanto assim, pois com a prisão do senador petista Delcídio do Amaral, Dilma Rouseff cancelou a agenda no MA naquela oportunidade.

Pois bem, depois de idas e vindas, finalmente as 2 mil casas da Vila Paraíso serão entregues nesta quarta-feira, 09, a partir das 10h:00.

Mas desta vez a assessoria de Léo Coutinho não arriscou a pagar outro mico anunciando a vinda da presidente. Nem poderia, pois a agenda de Dilma prevê a mandatária da nação bem longe de Caxias.

Dilma Rouseff estará nesta quarta-feira em Boa Vista, RR, fazendo justamente a entrega de residências do Minha Casa, Minha Vida. 

Ninguém entendeu a presidente da República se deslocar até o “cafundó do judas” para fazer a entrega das casas quando poderia fazer a mesma coisa em Caxias, onde o prefeito Léo Coutinho, através de sua assessoria, garantiu que ele tem “grande prestígio” junto a ela.

O titular do blog tem até uma suspeita: com o processo de impeachment iniciado na Câmara, os conselheiros políticos da presidente querem vê-la léguas de distância de gestores impopulares. Se se levar em conta essa possibilidade, falar em impopularidade de gestor e não falar do chefe do Executivo caxiense é covardia.

Mas não pense você, caro leitor, que estaremos livres de manchetes e informações apelativas sobre a o prefeito de Caxias e a presidente durante a entrega das casas nesta quarta-feira.

É que o evento da entrega das casas em Roraima terá a transmissão ao vivo e simultâneo para outros municípios dos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Alagoas, Pará e Maranhão, onde a cerimônia em Caxias poderá fazer parte dessa transmissão.

Acho que a assessoria de Léo Coutinho poderá “fazer a festa” com essa transmissão simultânea, tipo algo parecido como: “Presidência da República usa tecnologia da NASA para garantir transmissão de evento em Caxias para todo o Brasil”.

Posso até estar exagerando, mas diante da impopularidade do prefeito caxiense, seus assessores não economizam em produzir exageros.

3 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    A Dilma tem medo Sabá de fica mais queimada do ela está amigo
    A impopularidade do nosso prefeito e grande
    A Dilma terminar de se lasca kkkk
    Que mico Leo Coutinho passou
    Achando que ia mudar alguma coisa Dilma vindo aqui

  1. Não sou de fazer comentários em redes sociais mas, não posso me calar diante das referências quando o representante desta mídia se reporta a nossa estimada Caxias, como o "cafundó do judas" pois, diga-se de passagem que este cafundó faz parte da história do Brasil, terra de pessoas de bem e de grandes vultos da literatura foi também palco de grandes acontecimentos como por exemplo, a Guerra da Balaiada. Não consigo entender como pessoas que aqui habitam e se satisfazem, conseguem fazer tanto descaso da nossa amada terrinha. A presidente Dilma é a autoridade máxima do país eleita pelo voto democrático escolhe onde quer está, afinal de contas ela é a peça principal do gerenciamento do nosso país, e com certeza sua vinda aqui seria momento interessante e de grande valorização para o nosso município. Nós só teríamos a ganhar, já que temos o hábito de receber personagens ilustres do cenário da política nacional.

  1. claudio saba disse...:

    Estimada Conceição de Maria Rodrigues, percebo que você tem capacidade de entender um texto, mas acho que se descuidou ao ler esta postagem. Minha referência a “cafundó do judas” é sobre a presidente se deslocar até o extremo do país para inaugurar casas quando poderia fazer isso em Caxias. A expressão “cafundó do judas” é usada quando queremos falar de algum lugar distante, e por isso a usei, não tendo jamais a intenção de diminuir minha terra natal. Leia novamente a postagem, com atenção redobrada, e você entenderá.

Postar um comentário