TIMON: Representantes de três partidos iniciam disputa pelo cargo de vice na chapa do Comandante Schnneyder

17.6.20
Acima: Schnneyder, Ramon Jr, Anderson Pêgo e Leandro Bello  

Na medida em que avança a possibilidade de consenso pelo adiamento do pleito eleitoral apenas por algumas semanas, garantindo que seja realizado ainda este ano, em data a ser definida pelo Congresso Nacional com base em uma janela que varia entre os dias 15 de novembro e 20 de dezembro, devido a pandemia do novo coronavírus. Mesmo diante dessa possibilidade de alteração nas datas, começam nos bastidores discretamente articulações em torno da definição de formação das chapas por cargos majoritários, prefeitos e vices, assim como a cargo proporcional de vereador.

Em Timon, por exemplo, na base política de apoio ao pré-candidato a prefeito pela oposição Comandante Schnneyder já foi iniciada uma disputa interna e cobiça pela vaga de vice na chapa do militar. Nesse sentido, estão pleiteando o mesmo cargo de vice-prefeito, o vereador Anderson Pêgo (presidente do PSDB), o empresário Ramon Alves (presidente do Progressistas) ou o seu filho vereador Ramon Júnior (vice-presidente do Progressistas) e o ex-vereador e suplente de deputado federal Leandro Bello (presidente do PROS). Até o momento, a disputa parece equilibrada sem dificuldades de consenso e ainda sem arestas, informa o blogueiro Ademar Sousa.

Mas, certamente o caldo vai engrossar, até porque, a família Ramon geralmente costuma fazer polêmica em algumas situações.

À essa altura do campeonato, o pré-candidato a prefeito Comandante Schnneyder vem pontuando bem na dianteira das pesquisas divulgadas. Sem dúvida, isso atrai o desejo dos pretensos pré-candidatos ao cargo de vice. Tomara que não termine numa “briga de foice no escuro”.

(Do Blog do Ademar Sousa)

0 comentários:

Postar um comentário