Coelho Neto no topo do ranking de geração de emprego no Estado

29.7.19

As contratações temporárias do Grupo João Santos para a moagem da safra 2019 contribuíram para que Coelho Neto superasse a capital São Luís na geração de empregos no mês de junho.

A cidade ficou no topo do ranking entre os 51 municípios maranhenses com mais de 30 mil habitantes, segundo o levantamento do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego – Caged, do Ministério do Trabalho.

Os dados estatísticos que foram divulgados na última quinta (25), apontam um percentual de variação foi de 0,43% em relação ao mês anterior. Foram 323 vagas abertas, com variação mensal de  18,74%, enquanto que em São Luís  foram 163 vagas de saldo positivo, com crescimento de apenas 0,07%.

No Maranhão, os setores da Agropecuária, Construção Civil e da Indústria de Transformação responderam pelo saldo positivo de 2001 vagas de  carteira assinada.  Os dados apontam ainda retração em dois setores da economia que vinham sustentando o nível de emprego; comércio e serviços tiveram saldo negativo. A queda mais acentuada ocorreu no comércio varejista, com elevada taxa de desligamento. Foram 301 vagas encerradas.

Em relação ao serviço, no subsetor do transporte e comunicação houve a maior retração, com saldo negativo de 45 vagas. Neste subsetor estão os cobradores, trabalhadores das concessionárias do transporte público que vem sendo eliminados dos quadros destas operadoras.

(Com contribuição do Blog do Garrone/ Foto: João Osório)

0 comentários:

Postar um comentário