Lobão diz que irá para reeleição e confirma candidatura de Roseana ao Palácio

31.7.17
Em recado ao governador Flávio Dino, peemedebista disse que, no seu grupo político, as decisões são tomadas em conjunto e não de forma autoritária

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) confirmou, nesta segunda-feira 31, em entrevista ao Blog do Neto Ferreira, que pretende disputar a reeleição para o Senado Federal em 2018, e que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) vai mesmo entrar na disputa pelo Palácio dos Leões contra o atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Aproveitando para fustigar o comunista durante a conversa, Lobão afirmou que, no seu grupo político, as decisões são tomadas em conjunto e não de forma autoritária.

“Nós somos um grupo político que decidimos em conjunto. Nós não temos uma posição autoritária dos rumos que o nosso grupo deve tomar. Entre nós, já há uma configuração da próxima campanha eleitoral, que será em 2018. A ideia é ter a Roseana, e ela aceita, como candidata a governadora do Estado”, garantiu.

Sobre o rumo que pretende ele próprio tomar, o peemedebista afirmou que irá disputar a reeleição, e que a outra vaga ainda está sendo decidida pelo senador João Alberto Souza (PMDB) e o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.

“Eu sou candidato à reeleição para o Senado, e, provavelmente, [o outro será] o deputado Sarney Filho ou senador João Alberto, se desejar permanecer no Senado Federal”, declarou.

UPA de Coelho Neto pode fechar se não tiver ajuda

Por Homero Lima

Sem ajuda UPA de Coelho Neto pode fechar

Em fala durante a abertura da Conferência Municipal de a Saúde o prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa (PT), fez um breve diagnóstico da Saúde Municipal. Falou dos desafios em manter a Saúde funcionando a contento nesse período de recessão que o país atravessa, e que se agrava com a profunda crise política. 

O prefeito em sua fala destacou os avanços os que a Saúde vem tendo nos últimos meses, onde não faltam medicamentos e insumos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), há médicos diariamente nas UBS, médicos especialistas atendendo no São Judas e no Hospital Maternidade há três médicos cirurgiões à disposição da população. Frisou ainda o papel da UPA no atendimento à população, tanto de Coelho Neto como de Afonso Cunha, Duque Bacelar, parte do interior de Caxias e Buriti. 

Américo relembrou que até bem pouco tempo atrás as cidades vizinhas viam com desconfiança a Saúde de Coelho Neto, tanto que sempre optavam por encaminhar seus pacientes diretamente a Caxias ou Timon. Pontuou que o fato das cidades vizinhas buscarem atendimento em Coelho Neto revela a eficiência e qualidade que a Saúde de nossa cidade adquiriu nos últimos meses, conquistando assim a confiança não só da população local, como também das cidades vizinhas. 

Prefeito Américo de Sousa em fala durante a Conferência da Saúde
Contudo o prefeito afirmou que nisso tudo há porém, pois hoje três aparelhos de Saúde são mantidos com recursos de um só. UPA, Centro de Imagem e Hospital Maternidade são dividem o mesmo recurso, situação que está longe de ser considerada a ideal. Américo ainda comentou que o cenário não é dos melhores, o país vem sofrendo com a baixa arrecadação de impostos e consequentemente o Município também sofre, pois com isso o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) vem sendo reduzido significativamente, e essa é a principal fonte de renda da cidade. O prefeito confessou que a Saúde de cidade precisa de apoio, e rápido. 

Sobre a UPA Américo falou que recentemente esteve reunido com os prefeitos das três cidades da região, Duque Bacelar, Afonso Cunha e Buriti. Contou que o tema da conversa foi a formação de uma comitiva para ir até São Luis pedir apoio ao governo estadual no sentido de colaborar com a manutenção da UPA em Coelho. Para tanto justificou que aos finais de semana a UPA tem uma demanda muito alta de pacientes vindos de outras cidades, pois isso vê a necessidade do Governo Estadual em participar ativa e diretamente na gestão da UPA. "Sem ajuda do governo estadual a UPA de Coelho Neto pode fechar nos próximos meses", disse Américo de Sousa.

Américo ainda revelou que o Hospital Maternidade de Coelho Neto vive uma situação bastante peculiar, onde o Município está sendo pressionado pela Vigilância Sanitária Estadual a realizar uma reforma completa naquela casa de Saúde. Contudo, o Município está impedido legalmente de realizar qualquer intervenção no Hospital Maternidade pois os proprietários não tem quaisquer documentos que tratam sobre a posse do Hospital. Acontece que o hospital municipal tem apenas um aforamento no nome do ex-prefeito Waltenir Lopes, fruto de uma doação do Município para o próprio Waltenir quando este era prefeito da cidade. Um processo completamente irregular e ilegal. "Tenho o projeto pronto, tenho os recursos, mas não tenho sustentação jurídica para fazer nada no Hospital Maternidade", revelou o prefeito. 

Américo também demostrou o incômodo por não poder realizar a reabertura do Hospital Ivan Ruy. Hoje o processo se encontra travado na Justiça por conta de uma liminar conquistada pelo ex-candidato a prefeito Luís Serra. O prefeito disse que enxerga no Ivan Ruy a solução para os problemas na saúde municipal. 

Ao final Américo considerou que não lhe falta vontade e empenho em trabalhar pela cidade, ele e toda sua equipe estão trabalhando com afinco por Coelho Neto. Disse que apesar da vontade da oposição em se ver livre da Secretária de Saúde Cristiane Bacelar, eles vão ter lidar com ela por mais três anos e meio, pois o compromisso dele e da secretária é de lutar por Coelho Neto.

Prefeitura de Senador Alexandre Costa realiza formação continuada para professores

Professores da rede municipal de ensino de Senador Alexandre Costa participaram na manhã desta sexta-feira (28), de mais uma etapa da Formação Continuada. O encontro promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Educação, busca compartilhar as práticas significativas do processo ensino/aprendizagem para fortalecer a educação infantil do município e de toda rede do ensino fundamental,

Durante o evento, duas professoras de escolas da zona rural do município apresentaram relatos de experiências vivenciadas em sala de aula, como resultado do aprimoramento da didática de ensino. “Tem-se a ideia que a educação infantil é só brincar, mas não é assim”, explica a coordenadoria pedagógica da Educação Infantil, de SAC. “Aqui o Município trata o assunto de forma diferente. Os professores incentivam a pesquisa e o desenvolvimento da cognição através de jogos sociais”, complementa.

Outro recurso utilizado pelas professoras para estimular os alunos a entender o mundo a sua volta, baseia-se na utilização de jogos para trabalhar a percepção visual e motora dos pequenos.

A formação continuada de professores, diretores e supervisores da rede municipal de ensino é realizada anualmente numa ação conjunta entre a Secretaria de Educação e o FNDE, com o objetivo de melhorar ainda mais os índices de desenvolvimento educacional do município através do IDEB, Prova BRASIL e SAEPE.

O prefeito Dr. Orlando Arouche (PCdoB), destacou a valorização dos servidores da Rede Municipal de Educação que participaram da Formação Continuada. O prefeito destacou que o projeto, além de oferecer a oportunidade aos servidores e ampliar seu conhecimento através das formações, também irá valorizar os formadores, que integram a Rede de Educação do município.

“Vocês têm sido verdadeiros guerreiros, comprometidos com a educação. As administrações passam, mas o legado de uma boa educação é o que fica. Além de prestigiarmos as pratas da casa, vamos mostrar o bom posicionamento de nossas escolas no Ideb”, concluiu o prefeito. (Secom/Senador Alexandre Costa)

PROGRAMAÇÃO DO 1º DE AGOSTO – Prefeitura celebra os 194 anos da Adesão de Caxias à Independência do Brasil e entrega obras para a população

No dia primeiro de agosto a cidade de Caxias, a “Princesa do Sertão” maranhense, completa 194 anos de Adesão à Independência do Brasil, e, a Prefeitura de Caxias em parceria com o setor privado, oferecerá um grande presente à população, serão realizados grandes shows na passagem do dia 31 para o dia 1º, no parque da cidade: A banda Forró no Grau, o sucesso caxiense do momento; a banda Skema 10; e a sensação da atualidade, o cantor Wesley Safadão. Para o prefeito Fábio Gentil, em momentos de celebração, a população da cidade merece comemorar em grande estilo.

“Tudo aquilo que a gente gosta, a gente sempre faz bem feito. Quero aproveitar e convidar você, para que juntamente conosco e todo povo de Caxias, possa estar no Parque da Cidade neste momento de alegria e confraternização em que nós traremos um grande show. Todos nós estaremos no Parque da Cidade, a partir das 19h”, disse o Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Já no dia 1º de agosto, a programação alusiva à Adesão de Caxias à Independência do Brasil começará logo cedo, às 08h, com a solenidade de hasteamento das bandeiras do Brasil, do Maranhão e de Caxias, em frente à Prefeitura Municipal; às 09h da manhã será feito o lançamento da Pedra Fundamental das Obras em Construção, no Shopping da Gente (Shopping dos Camelôs); às 10h, o prefeito Fábio Gentil e sua comitiva vão à zona rural, ao Povoado Bebedouro, no 2º Distrito, onde às 11h acontecerá a inauguração da Unidade Escolar Municipal Aniceto Cruz, simbolizando a entrega de 08 escolas na zona rural; a tarde o prefeito Fábio Gentil entregará a reforma da Rodoviária José Dias Moura, a Rodoviarinha da Avenida Santos Dumont, que assiste ao transporte de passageiros para Aldeias Altas; e, finalizando a agenda de trabalho, haverá a   inauguração e entrega da reforma da Praça Duque de Caxias, no Morro do Alecrim, em frente ao CESC-UEMA.

“Nós convidamos toda a população de Caxias para que prestigie com a gente este momento especial, em que nós entregamos esses equipamentos públicos. No dia primeiro, nós estaremos entregando obras que representam o nosso trabalho na cidade e na zona rural”, convida Fábio Gentil, prefeito de Caxias. (Ascom/Caxias).

SNJ: Coordenação de Juventude de Caxias lança programa ID JOVEM no Município

Coordenador Municipal da Juventude, Análio Júnior
O programa do Governo Federal Identidade Jovem foi lançado em Caxias na manhã dessa sexta-feira (28), dia da Adesão do Maranhão à Independência do Brasil. A solenidade aconteceu no auditório da Prefeitura de Caxias reunindo jovens de Caxias, Aldeias Altas e Codó.

O lançamento foi prestigiado pelo prefeito de Caxias, Fábio Gentil; vice-prefeito, Paulinho; juiz da Vara da Família, Antônio Manoel Araújo Veloso; coordenador Municipal de Juventude, Análio Júnior; representante do legislativo e líder do governo municipal, Moisés Holanda; secretários municipais; representante da Secretaria Estadual de Juventude; integrantes da sociedade civil e a pela presença do secretário Nacional de Juventude, Assis Filho.

“O Estatuto da Juventude coloca crianças e jovens como prioridade diante das políticas públicas. A vinda do secretário de juventude a Caxias é um indicativo alvissareiro, no sentido de dá efetividade ao Estatuto da Juventude. Porque o ser humano não vive só de matéria, ele vive de cultura de teatro, de cinema e bens culturais”, disse Antônio Manoel Araújo Veloso, juiz da Vara da Família e da Infância e Juventude.

Prefeito Fábio Gentil proporcionando políticas públicas à Juventude que a gente quer

Durante seu discurso, o juiz também fez um elogio ao trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social que esta semana possibilitou a 500 crianças carentes a ida ao cinema de um Shopping da cidade para assistirem filmes.

“Levar jovens carentes assistidos pela Assistência Social no cinema do Shopping local eu achei fenomenal. As crianças da periferia não têm acesso a esses bens culturais, quero parabenizar a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social”, finalizou o juiz.

Antônio Manoel Araújo Veloso, juiz da Vara da Família e da 
Infância e Juventude
“Nós estamos buscando efetivar o Estatuto da Juventude que é a Lei Federal 12. 852/13. O Governo Federal lançou o programa há seis meses e vai beneficiar mais de 16 milhões de jovens de 15 a 29 anos. Aqui em Caxias, nós temos mais de 20 mil jovens que podem ser beneficiados pelo programa. O acesso ao ID Jovem é gratuito. Você pode baixar o aplicativo no seu telefone, você pode ir ao Site da Caixa Econômica ou nas instituições aqui da cidade para gerar a sua Identidade Jovem”, explicou Assis Filho, secretário Nacional de Juventude.

O programa

O programa Identidade Jovem nasce em Caxias a partir da Caravana ID Jovem da Coordenação Municipal de Juventude, que desenvolve as ações referentes ao público no município. A Identidade Jovem é um documento de identificação para jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, com renda social menor que dois salários mínimos e que estejam inclusos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O documento garante vários benefícios, como: meia entrada em eventos culturais como shows, jogos de futebol, cinema, teatro, além da garantia de meia passagem em viagens interestaduais.

Os direitos assegurados aos jovens estão de acordo com o Estatuto da Juventude e amparados pelo Decreto de nº 8.537 publicado em 06 de outubro de 2015, no Diário Oficial da União, que garante a todos os jovens: meia entrada em eventos culturais e esportivos e a gratuidade ou descontos em passagens de transportes interestadual.

“É um sentimento de dever cumprido em está trazendo a Caravana ID Jovem para Caxias, trazendo as políticas públicas para a nossa população jovem. E nós da coordenação de juventude, juntamente com o prefeito de Caxias, nós queremos que a Caravana seja ampliada. Vamos formar uma comissão fiscalizadora, com representantes do poder público municipal, com representantes da sociedade civil para fiscalizar e que o direito da juventude seja garantido”, disse Análio Júnior, coordenador Municipal de juventude.

“É uma ação voltada para a juventude. A juventude é uma prioridade do governo. É mais uma ação visando dá suporte e condições à juventude que é protagonista, é força motriz da economia da nossa sociedade. O lançamento do programa ID Jovem vai garantir uma série de direitos que a juventude já tinha, mas que não podia exercer”, ressaltou Paulo Marinho Júnior, vice-prefeito de Caxias.

“É uma política pública do Governo Federal em parceria com o Governo Municipal, com os jovens que têm entre 15 e 29 anos de idade, e que a renda familiar não ultrapasse dois salários mínimos. É importante, porque esses jovens terão benefícios como em passagens interestaduais quanto em espetáculos circenses, teatro, cinema, shows, valorizando aqueles jovens que precisam pela renda familiar ter acesso aos benefícios. Eu tenho certeza que assim a gente consegue ajudar esse segmento da sociedade”, afirmou Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Prefeitura de Caxias reforma rodoviária que assiste a passageiros de Aldeias Altas e começa a implantar iluminação moderna na cidade

29.7.17
A Prefeitura de Caxias por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura está reformando a Rodoviária da Avenida Santos Dumont, que atende ao transporte de passageiros que se descolam entre Caxias e Aldeias Altas.

Permissionários que trabalham no setor de alimentação do local, afirmam que há aproximadamente 30 anos o prédio não passava por uma reforma. A falta de urbanização afastava até mesmo a clientela que não tinha um lugar adequado para se acomodar.

“Vai ser muito bom, a gente estava esperando, porque muitas vezes a gente não tinha venda por conta do local que não estava permitindo, nós não tínhamos nem banheiro. Estamos achando que vai melhorar em termo de venda. Vão trocar teto, já fizeram os dois banheiros e está ficando bom. O meu box fizeram ontem, hoje estão pintando, estou muito feliz”, disse Moura, vendedora do setor de alimentação.

A reforma geral na conhecida Rodoviarinha, vai contemplar um novo teto, banheiros adequados, cerâmica no piso dos boxes e iluminação. Ao lado do terminal está sendo construído um espaço para estacionamento dos veículos da Cooperativa de Transporte Alternativo. Uma rua na lateral também foi construída para facilitar o acesso dos veículos por um dos lados.

“Essa reforma vai beneficiar não só a gente enquanto motorista, mas também a população caxiense em si. Caxias está passando por um momento de transformação e essa rodoviária é prova disso. Há tempos não havia uma reforma desse patamar, desse nível, então, eu acredito que vai ser um benefício muito grande”, destaca José Francisco, motorista da cooperativa de transporte alternativo.

“Foi uma promessa de campanha reformar a Rodoviarinha. O prefeito está tirando o papel a reforma desse prédio público, que era um grande sonho da população daquela região, que dá acesso aos passageiros que se deslocam para Aldeias Altas. Creio que aproximadamente 30 anos ela não passa por reforma. Agora estamos fazendo uma reforma geral: piso, banheiro, pintura, teto, pista de acesso para as vans. Nós vamos reformar também o entorno, vamos asfaltar, iluminar, para ficar tudo de acordo com o que a população quer”, explica Murilo Novais, secretário de Infraestrutura.

Além desse trabalho, a Secretaria de Infraestrutura por meio da Cyter Luz, vai instalar iluminação moderna na Avenida Alvorada, no Bairro Mutirão, e também no trecho do Teso Duro ao Instituto Federal do Maranhão (IFMA), que fica na MA-349, que liga Caxias a Aldeias Altas. Outra novidade é a implantação de iluminação pública em LED na BR-316, no trecho urbano de Caxias que compreende do retorno da Volta Redonda (entrada para Veneza), até o retorno Shopping Center.

“A nossa ideia é colocar iluminação moderna nas principais artérias da cidade. Nesse primeiro momento executaremos três pontos: O trecho urbano da MA, que dá acesso a Aldeias Altas; do Teso Duro ao IFMA, já estamos com material e a Cyter Luz que é nossa parceria está começando os trabalhos na próxima semana. Estamos com o projeto pronto também da iluminação da Avenida Alvorada no Mutirão, que vai da Cohab ao Pai Geraldo. O trecho urbano da BR-316 que interliga os dois retornos, do Shopping ao retorno da Veneza, a gente vai fazer pela primeira vez, eu creio que é a primeira cidade do interior do Maranhão a receber iluminação em LED. São 96 postes, iluminação inteligente em que a gente regula a iluminação. A determinação do prefeito é que a gente melhore a cara da nossa cidade, disse Murilo Novais, secretário de Infraestrutura.

TRANSPARÊNCIA - TCE/MA avalia positivamente Portal da Transparência da Câmara Municipal de Caxias

Apenas 9 casas legislativas no Maranhão possuem endereço eletrônico que atendem as recomendações do Tribunal

Portal da Transparência da Câmara Municipal de Caxias foi bem avaliado pelo TCE/MA

O Tribunal de Contas do Maranhão (TCE/MA) divulgou no início deste mês a avaliação feita nos portais da transparência das câmaras municipais e também das prefeituras do Estado.

A Câmara Municipal de Caxias, umas das nove casas legislativas do MA que possui portal da transparência, foi avaliada positivamente pelo Tribunal.

Nos critérios analisados, o legislativo caxiense obedece aos preceitos estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e disponibiliza informações aos seus usuários, o que demonstra transparência e responsabilidade da atual administração.

Segundo informações constadas no site do TCE/MA, os critérios analisados referem-se ao cumprimento da Lei Complementar nº 131/09, que estabelece obrigatoriedade a todos os entes federativos da divulgação, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira em meios eletrônicos de acesso público, determinando, ainda, a adoção de sistema integrado de administração financeira e controle.

“Em síntese, constatamos que a Câmara Municipal de Caxias, cumpre o Inciso II do § Único do art. 48 da LRF e ao Inc. II do  § 2º do Decreto nº 7185 de 27 de maio de 2010”, diz o parecer da Unidade Técnica de Controle Externo do TCE/MA.

VIAGENS, TENTATIVAS, PERSEVERANÇA E FÉ

28.7.17
Por Chico Leitoa

Sábado, 30 de abril de 2016, 4:30 h da manhã, a bordo de um boing da gol, partimos pra Guarulhos. 7:30 h chegamos ao destino. Em face às dificuldades de locomoção de dona Beta no aeroporto e trânsito intenso, somente chegamos ao hotel as 9:30. Às 16 horas, depois de uma hora de táxi, cheguei para tomar informações, ao Mosteiro de Pai Santo, no jardim Mirna, região de Santo Amaro, São Paulo.  Conversei com uma voluntária de nome Cláudia, entrei na igreja cumprimentei mais alguém e retornei ao hotel onde estávamos hospedados. 

Domingo, primeiro de maio, foi o primeiro domingo do mês e é dia de missa de cura na Igreja do Pai Santo, celebrada pelo Padre Eugênio Maria, às 14:30h. Chegamos às dez da manhã e já se faziam presentes um grande número de pessoas e muitos voluntários de apoio, todos que já alcançaram alguma cura através das celebrações de Padre Eugênio. Ambiente que transmite paz. Permanecemos lá até 19 horas. Às 14:30 h em ponto começou a celebração campal, onde mais de 2.000 pessoas participavam. A fé naquela gente era algo comovente. Entre ministros e padres, mais de cinquenta pessoas ajudavam padre Eugênio que atuou esbanjando satisfação. Contou como tudo começou, desde quando morava na Itália, sua terra natal, quando recebeu o chamamento de Cristo. A primeira pessoa, que foi curada de diabetes e com as mãos com feridas abertas. Enfim, o Padre contextualizou naquele momento a forma que Deus lhe concedeu o dom da cura.

Uma celebração diferente, em vários atos, que durou três horas e trinta minutos debaixo de uma temperatura que fazia doer os ossos, mas não sentimos qualquer tipo de cansaço. Assistimos várias pessoas afirmarem em público terem sido curadas das mais variadas doenças que eram apontadas pelo Padre. Muitas outras, dentre elas dona Beta, sentimos a sensação de algo diferente acontecer. Algo que conforta e aponta para outras possíveis ocasiões e a certeza de que voltaríamos naquele local que irradia paz, fé e esperança. 

Segunda feira, 02 de maio, às 14 horas chegamos ao consultório do Dr Pedroso, Médico Neurologista, estudioso das doenças do neurônio motor, que há dois anos acompanha o comportamento da doença de dona Beta. 

Como sempre bem-humorado, Dr Pedroso nos recebeu com um sorriso. Fez a entrevista, constatou pequenos avanços e alguns retrocessos, nos falou do acompanhamento dos estudos com OLIGONUCLEOTIDEO que deverão ser submetidos novamente em congresso internacional sobre doenças do neurônio motor, no caso de Beta, esclerose lateral amiotrófica (ELA).

Mas aí veio uma novidade. Em recente congresso no Canadá, do qual Dr. Pedroso fez parte, foi submetido e aprovada, uma medicação injetável chamada metilcobalamina, que objetiva dar uma possível freada no avanço da doença. Conseguimos algumas ampolas que deu pra dois meses, de um total de três meses para que fosse feita avaliação.

Retornamos cheios de esperanças de uma viagem muito interessante. Estamos conjugando agora ciência e religião, as duas, instrumentos de Jesus Cristo através dos homens. Com fé em Deus vamos conseguir e, quem sabe, a qualquer momento chegará nossa vez sem mais precisar de andador ou cadeira de rodas pra andar e sem depender exclusivamente de WhatsApp pra nos comunicar? 

Início de agosto retornamos novamente a São Paulo e repetimos nossa maratona: missa da cura no primeiro domingo do mês e na segunda-feira retornamos ao Dr. Pedroso para, além do acompanhamento, fosse avaliado o efeito da metilcobalamina. Como já praticamente sabíamos, a medicação não surtira efeito, mas mesmo assim resolvemos completar as dosagens recomendadas em princípio.

Completado as doses, em 05.11.2016, retornamos e depois da mesma rotina, segunda-feira dia 07/11, depois da avaliação, Dr Pedroso suspendeu o uso do medicamento e nossas esperanças voltaram a serem depositadas na substância OLIGONUCLEOTIDEO, submetida em sucessivos congressos realizados mundo afora.

08/11, fomos juntos até o aeroporto de Guarulhos e lá nos dividimos. Eu fui para outro destino a negócios, enquanto Beta, Deusa e minha nora Aldeneide voaram para Brasília, para de lá se deslocarem até Abadiânia, Goiás, a 120 km de Brasília, em que Beta foi pela quinta vez em busca de cura, na casa de Santo Inácio dirigida pelo Seu João de Deus, homem diferenciado, cujo trabalho espiritual está traduzido numa dezena de idiomas, cujos relatos, inclusive de colaboradores, são surpreendentes. Um dia e meio de permanência e procedimentos que renovaram a fé. 

Organizamos nossa primeira viagem pra São Paulo este ano de 2017, Beta com altos e baixos constitui-se numa exceção dentre os portadores da doença, pois em março já se foram oito anos desde os primeiros sinais da doença. Com esse tempo grande parte das pessoas já se foram ou estão imobilizados. Ela ainda consegue (apesar de já ser com muita dificuldade) se locomover com o andador em pequenas distâncias e deglutir também com dificuldade, sem, no entanto, conseguir evitar engasgos, vez por outra. Continua numa maratona de médicos locais, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, variados medicamentos, enfim, tudo que é possível por aqui e o acompanhamento periódico do Dr Pedroso em São Paulo.

Consulta marcada, passagens reservadas, eis que a viagem ganhou contorno de otimismo, pois dias atrás, veio do FDA, órgão americano regulador de remédios, o anúncio da aprovação de uma droga capaz de interferir no desenvolvimento da doença, freando seu progresso.

Denominada EDARAVONE, produzida em um laboratório japonês, traduz-se em grande esperança, pois dos 137 pacientes submetidos aos testes, 40% estabilizaram a doença. 

Dia primeiro de julho retornamos a São Paulo. As 14 horas do dia 03/07/2017, Beta novamente foi recebida pelo Dr Pedroso, que acompanhado de outro cientista fizeram uma interessante avaliação da situação da doença, que a rigor, não teve avanço. Explicando que essa droga propalada (EDARAVONE) é muito mais uma especulação, fizeram uma adaptação na medicação acrescentando um que, com sua eficácia pode melhorar a deglutição. Estamos apostando, é mais uma tentativa, enquanto aguardamos os avanços da ciência e a vontade divina.

Vamos continuar lutando e acreditando, que, com ajuda do Espírito Santo, conseguiremos vencer esta dura batalha. 

Nesse 28/07/2017, completamos 38 anos de um sólido casamento. Hoje administramos alguns limites impostos pela doença, mas nos mantemos unidos pelo sentimento de amor, fortalecidos pela existência de três netos: Pedro Estevam, Ana Luísa e Maria Sofia.

·        Chico Leitoa é engenheiro, ex-deputado e ex-prefeito de Timon

Luciano Leitoa visita órgãos municipais para acompanhar trabalho nas secretarias

27.7.17
Sempre atento ao desempenho das atividades realizadas nas diversas secretarias e órgãos da administração pública municipal, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, acompanha de perto os serviços realizados pelas pastas. Exemplo disso, é que dedicou a manhã desta terça-feira, 25, à realização de visitas a setores que compõem a Prefeitura.

As primeiras pastas a receberem o chefe do executivo foram: Departamento Municipal de Iluminação Pública (Demip), Superintendência de Limpeza Pública e Urbanização de Timon (SLU), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR) e Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ). As visitas prosseguem durante toda a semana.

Acompanhar bem de perto o trabalho das secretarias, estar próximo dos servidores e ouvi-los, detectando e verificando possíveis ajustes e providências, mostra que Luciano está de olho na qualidade da administração pública e entende que deve existir integração entre gestor e servidor, reconhecendo que estes possuem fundamental importância na execução dos serviços promovidos pela Prefeitura de Timon.


COELHO NETO - Procissão marca encerramento da Festa de Sant'Ana 2017


Com o Tema: “Deus ofereceu ao Brasil a sua própria mãe” e como Lema: “Com Sant’Ana permanecemos na Escola de Maria”, a Paróquia Sant’Ana realizou durante dez (10) dias a programação religiosa da padroeira do município.


Na tarde desta quarta-feira, 26, uma multidão de fiéis participou da tradicional procissão de encerramento, percorrendo ruas e avenidas da cidade.


O Prefeito Municipal, Secretários, Assessores, representantes do Poder Legislativo Municipal e lideranças políticas do estado acompanharam a procissão.

ZONA LESTE - Caxias ganha boate que promete ser a mais nova sensação da cidade

26.7.17
Com a proposta de virar sinônimo de inovação e entretenimento, a Boate Zona Leste certamente será o novo endereço da juventude caxiense.

Localizada na Avenida Senador Alexandre Costa, a casa noturna tem tudo para se transformar no sinônimo de descontração e diversão daqueles que sentiam falta de um local em Caxias onde pudessem se sentir seguros, curtindo música de qualidade e com gente bonita.

Antiga Estância Prime, a Zona Leste nasceu da união de três jovens que pensaram e adequaram o local às necessidades de uma boate de alto nível.

O empresário Constantino Castro Neto, o odontólogo Marco Antonio Aguiar e o arquiteto Eduardo Aguiar (que assina o design da boate), emprestaram a credibilidade nas suas respectivas áreas de atuação para oferecer aos seus conterrâneos o que de melhor existe na noite das grandes cidades.

Satisfeito com a experiência adquirida nos 2 anos em que fez dos finais de semana no Posto Leste uma das melhores opções na noite caxiense, o empresário Constantino Neto resolveu emprestar seu know how para fazer da Zona Leste a mais nova opção para os caxienses.

Através da amizade com os irmãos Marco e Eduardo Aguiar, os três resolveram unir a credibilidade que possuem na cidade para criar a Zona Leste.

Totalmente reformada, os frequentadores da nova casa noturna terão dificuldade em lembrar que ali funcionou outro espaço de festas, uma vez que a configuração do lugar o transformou em algo totalmente novo.

Com capacidade agora para cerca de 600 pessoas, a direção promete para em breve a ampliação do espaço, que ganhará um ambiente externo e que deixará a boate com capacidade para até 1.000 pessoas, podendo ser usado para aniversários, casamentos, recepções e outros grandes eventos.

A inauguração da Zona Leste acontece nesta sexta-feira, dia 28 e terá uma atração caxiense na sua abertura, onde o jovem talento Rafael Barone comandará uma noite que terá ainda Alvaro Pajeú, Lily Araújo e DJ Fábio Sousa.

Ir pra Zona promete ser a nova mania da cidade.

Sinta-se convidado.

LOROTA!!! Irregularidades constatadas e avanço de investigações da CPI da Câmara estão por trás da tentativa de vitimização dos dirigentes da APAE de Caxias

PROPRIEDADE PARTICULAR?! Presidente da APAE é filho do vereador
Jerônimo Cavalcante

A aparente nobre decisão da direção da APAE de Caxias, que comunicou a suspensão das suas atividades nesta terça-feira (25), por meio de uma nota em que tenta jogar a opinião pública contra a gestão municipal, motivada por uma alegada falta de repasses de recursos por parte da Secretaria de Saúde do município, esconde uma história que está prestes a explodir assim que os trabalhos da Comissão Especial de Inquérito, instaurada pela Câmara Municipal, encerrar suas atividades e apresentar seu relatório final.

Conscientes do que está por vir, os ‘proprietários’ da APAE, amparados pela TV Sinal Verde (pode me chamar de TV recalque!) e por uma rede de ex-mensaleiros da Prefeitura de Caxias espalhados nas redes sociais, trataram de explorar o assunto e compraram a lorota de que “uma nobre instituição, que assiste a crianças e adultos excepcionais, está sendo perseguida por questões políticas”. A lorota, por ser uma causa aparentemente nobre, foi comprada até por pessoas bem-intencionadas, que correram na rede social para faturar algumas curtidas.

Mas vamos ao que interessa.

A APAE, através do contrato 002/2013, iniciado em 06/06/2013, para o atendimento em saúde auditiva e ambulatorial, e que recebeu um aditivo para prorrogação de prazo, foi encerrado em 09/05/2017. E sabe por que foi encerrado? Ora! Por falta de prestação de contas da direção da APAE pelos recursos públicos recebidos.

Como a direção da APAE, a TV recalque, os ex-mensalinhos da Prefeitura, os mal-intencionados do facebook, e também as almas bondosas da rede social, podem justificar a gritaria diante dos fortes indícios envolvendo a falta de transparência na prestação de contas da entidade?

Ora, meu caros, a Prefeitura de Caxias NÃO PODERIA REPASSAR RECURSOS PÚBLICOS à APAE sem a vigência de um contrato, cuja descontinuidade deste aconteceu pelos fortíssimos indícios de irregularidades nos pagamentos feitos durante os primeiros meses da gestão Fábio Gentil, que chegaram ao montante de R$ 613.525,19 (seiscentos e treze mil, quinhentos e vinte e cinco reais e dezenove centavos).

Mediante os indícios de irregularidades constatadas por uma auditoria interna da Secretaria de Saúde do município, e que motivaram a instauração de uma Comissão Especial de Inquérito na Câmara Municipal tão logo os documentos foram disponibilizados para os vereadores, a Prefeitura informou aos órgãos governamentais sobre as irregularidades constatadas e recebeu a recomendação de suspender todo e qualquer repasse até que as investigações sejam finalizadas e/ou a APAE esclareça as dúvidas sobre a aplicação dos recursos públicos.

Antes que os mal-intencionados (e até os bem-intencionados) venham com a singela e nobre defesa dos direitos das crianças excepcionas, que fique bem claro que não se pode argumentar uma suposta boa intenção que tenha como consequência a culpabilidade do gestor que faça qualquer tipo de repasse financeiro a qualquer tipo de órgão ou entidade sem a existência de um convênio em vigor.

E que fique bem claro também que nas denúncias apresentadas pela Secretaria de Saúde na Câmara Municipal de Caxias constam suspeitas de pagamentos duplicados (com nota fiscal clonada), notas superfaturadas, pagamentos referente a serviços supostamente prestados em 1998, e cobrados somente em 2017, dentre outras denúncias graves.

Com um catatau de irregularidades apontadas na auditoria da Secretaria de Saúde, e que a Comissão de Inquérito da Câmara já levantou outras mais, caso a atual administração procedesse o pagamento (e sem a vigência de um contrato), estaria tanto o prefeito Fábio Gentil, como a secretária de Saúde Socorro Melo, incorrendo em improbidade administrativa, o que desencadearia vários processos civis e penais contra os dois gestores.

Caso os bem-intencionados que caíram na lorota de “uma nobre instituição, que assiste a crianças e adultos excepcionais, que está sendo perseguida por questões políticas”, insistam na defesa dos pobres e oprimidos (?!), tomem conhecimento de mais um grande problema. Essa história tem outro impedimento, que também é grave, e é previsto em Lei Federal, e que proíbe a continuação do referido contrato. Vamos a ele logo abaixo.

Em Caxias, a APAE funciona como uma espécie de propriedade particular do vereador Jerônimo Cavalcante, onde o presidente atual é seu filho, o jovem Uaryni Bastos Cavalcante, e antes dele foi a sua esposa, que antes dela foi outra parente, que muito antes foi novamente outro parente, e que pela Lei Federal 13.019/2011, que estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias, envolvendo ou não transferências de recursos financeiros, impede que o contrato prossiga, uma vez que ficou comprovada ligação parental, o que é vedado pela Lei, dentre outras incoerências verificadas no contrato.

Lei Federal 13.019/2011 impede contratação entre
a Prefeitura e entidade que tenha como dirigente
parente de representante do Poder Legislativo
“Mas os outros prefeitos não fizeram contrato com a APAE?”, indagaria tanto os “bem” como os mal-intencionados, mas que não é motivo para justificar a continuação de um erro ou a defesa de algo que vá contra a lei, que é bem clara no seu Artigo 1º, que diz que “nas parcerias entre a administração pública e organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação, para a consecução de finalidades de interesse público e recíproco, mediante a execução de atividades ou de projetos previamente estabelecidos em planos de trabalho inseridos em termos de colaboração...” e que no Artigo 39, que trata das vedações, deixa bem claro (para os bem-intencionados) que “Ficará impedida de celebrar qualquer modalidade de parceria prevista nesta Lei a organização da sociedade civil que...” e estende ainda o impedimento entre a APAE caxiense e o município, por conta do parentesco do seu presidente e o vereador Jerônimo, no seu inciso III, é clara: “tenha como dirigente membro de Poder ou do Ministério Público, ou dirigente de órgão ou entidade da administração pública da mesma esfera governamental na qual será celebrado o termo de colaboração ou de fomento, estendendo-se a vedação aos respectivos cônjuges ou companheiros, bem como parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o segundo grau.

Embora os ‘proprietários’ da APAE aleguem uma suposta perseguição da atual gestão, essa ilação não se sustenta diante dos fatos, pois no início dos trabalhos da Comissão de Inquérito os vereadores destacaram ainda a parceria mantida entre o município e a entidade de assistência aos excepcionais, que vai de vigia a professores, pagos pela Secretaria de Educação. Vale ressaltar ainda a existência de outro recurso transferido via Secretaria de Educação, que são as verbas do PDDE, dinheiro para arcar com as pequenas despesas de materiais e pequenos reparos.

A Comissão Especial de Inquérito instaurada na Câmara Municipal para apurar as denúncias contra a APAE deve apresentar seu relatório final nos próximos dias. Sabendo disso, os dirigentes da entidade já preparam o clima, onde a vitimização é a única alternativa diante do que está por vir.

Foi uma encenação, só que muito mal feita, pois assim que o relatório for apresentado na Câmara Municipal, os indícios de irregularidades encontrados numa auditoria interna da Secretaria de Saúde ganharão fé pública e poderão ensejar processos ou apontar responsáveis pelas irregularidades que porventura venham a ser encontradas.

Todos poderão ver quem está com a razão.

Façam suas apostas...

Prefeito de Caxias, Fábio Gentil, se reúne com representes do Governo do Estado e do Ministério da Saúde para tratar da abertura da UNACON

25.7.17
O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, e a secretária Municipal de Saúde, Socorro Melo, receberam na última quinta-feira (20/07) uma equipe técnica formada por profissionais do Ministério da Saúde e do Governo do Estado. O esforço no sentido de colocar em funcionamento a Unidade de Atendimento de Alta Complexidade (UNACON), foi a pauta da reunião, que aconteceu no prédio da Secretaria de Infraestrutura, no Bairro Pirajá, após visita técnica.

“Nós conversamos sobre a necessidade da implantação de imediato do Centro de Oncologia para posterior habilitação. A ideia é que o funcionamento possa iniciar para que possamos requisitar a habilitação. Pedimos que eles mostrassem a necessidade da adequação que precisa ser feita na estrutura. Com essa ampliação que nós estamos fazendo no Hospital Geral para que o hospital possa ser autossuficiente, vai compor aquilo que o Ministério da Saúde quer em relação à abertura do Centro de Oncologia. Eu não tenho dúvidas que logo logo a gente vai estar abrindo o Centro de Oncologia”, destacou Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Durante a reunião, foram abordadas as responsabilidades de cada ente federativo no processo de abertura do Centro de Oncologia. A ideia inicial é que o Governo do Estado mantenha o funcionamento até que haja a habilitação junto ao Ministério da Saúde.

“A saúde é tratada nos três âmbitos, o Município entra com uma parte, o Estado com outra e o Governo Federal com outra. Neste momento, como precisamos da habilitação, deve entrar o Município e o Governo do Estado. O Governo do Estado assumiu o compromisso conosco para manter o funcionamento da UNACON até que a gente consiga a habilitação junto ao Governo Federal. Eu tenho certeza que essa parceria é extremamente necessária para que possamos atender aos pacientes de Caxias e de toda a região que precisam de tratamento”, ressaltou Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

“A solicitação foi do Estado para a questão da habilitação. Nós estamos aqui para visitar o Hospital por solicitação do Estado para um futuro credenciamento e habilitação na oncologia”, disse Ângela, representante do Ministério da Saúde.

Desde 2015, a cidade de Caxias conta com um Centro de Oncologia pronto para funcionar, e dispõe de 20 poltronas para quimioterapia, farmácia, consultórios médicos, sala de serviço social, bancada de atendimento de enfermagem na área de poltronas e 16 leitos de enfermagem. A UNACON está situada em um local estratégico, ao lado do Hospital Geral Municipal Gentil Filho.

O prefeito Fábio Gentil tem buscado junto ao Governo Estadual e ao Governo Federal, desde que assumiu a Prefeitura de Caxias em 2017, cumprir todas as exigências para que a administração municipal reúna as condições para colocar o serviço oncológico em funcionamento visando beneficiar centenas de pessoas de Caxias e da região leste, que ainda precisam se deslocar a outros estados para seguir com o tratamento contra o câncer. (Fonte: Ascom/Caxias)

Prefeitura de Coelho Neto mantém em dia salário dos servidores públicos mesmo diante da crise

Por Homero Lima

Hoje o Governo Municipal de Coelho Neto anunciou pagamento, de forma antecipada, de todos os servidores municipais. Essa seria uma notícia corriqueira para o dia a dia da cidade, se não fosse por um detalhe. 

No início do mês o Governo Federal anunciou um corte no recurso do FUNDEB repassado para Estados e Municípios, só em Coelho Neto o corte foi de mais de R$ 1,5 milhões de reais. Tal medida criou uma crise em muitas cidades, e obrigou diversos municípios a não pagarem os salários de servidores da educação. Em Chapadinha por exemplo, o Governo lançou nota anunciando que não teria condições de honrar os pagamentos da educação até que o Governo Federal cumprisse o acordo feito. 

Mas em Coelho Neto o quadro é diferente, e tudo graças a boa gestão que a Administração Municipal vem fazendo os recursos públicos. Mesmo com o Município sofrendo com o corte do FUNDEB por parte do Governo Federal os servidores da educação da cidade não serão prejudicados, e terão seus pagamentos como dever ser. 

Não custa lembrar que só esse mês o Governo Municipal já realizou o pagamento do 1/3 de férias dos servidores, e agora pagou os salários. Duas grandes folhas pagas no mês, mostrando que o Município vem superando a crise nacional com muita tranquilidade, tudo graças a boa gestão que hoje comanda a cidade. 

Coelho Neto agradece.

TRANSPARÊNCIA- Portal da Transparência da Prefeitura de Caxias tem 2ª avaliação positiva pelo TCE/MA em 2017

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) divulgou, pela segunda vez este ano, os resultados a respeito da fiscalização realizada no Portais da Transparência das prefeituras. Mais uma vez, o Portal da Transparência da Prefeitura de Caxias respeitou a todos os critérios exigidos e obteve uma avaliação positiva, mantendo-se no ranking dos governos transparentes.

A avaliação é feita a cada trimestre. Segundo informações constadas no site do TCE/MA, os critérios analisados referem-se ao cumprimento da Lei Complementar nº 131/09, que estabelece obrigatoriedade a todos os entes federativos da divulgação, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira em meios eletrônicos de acesso público, determinando, ainda, a adoção de sistema integrado de administração financeira e controle.

Na avaliação dos portais da transparência, verifica-se o atendimento aos seguintes critérios:

Existência do sítio eletrônico: verifica-se a existência do sítio eletrônico informado no sistema FINGER;

Nome Padrão (NP): o Portal da Transparência do município deve ser encontrado a partir da busca pelo nome padrão do sítio eletrônico do município: www.nomedomunicipio.ma.gov.br;

Tempo Real Atendido (TRA): o prazo para disponibilização da informação não poderá ser superior a trinta dias;

Padrão Mínimo de Qualidade (PMQ): a análise do PMQ refere-se à avaliação qualitativa e quantitativa das informações mínimas relativas aos atos praticados no decorrer da execução orçamentária e financeira, de que trata o art. 7° do Decreto nº 7.185/10.

Os resultados mostraram que a Prefeitura de Caxias leva à população, com qualidade, as aplicabilidades dos recursos públicos que são oriundos do contribuinte conforme exigem o Inc. II do § único do art. 48 da LRF e ao Inc. II do § 2º do art. 2º do Decreto nº 7185 de 27 de maio de 2010, mostrando assim o seu compromisso com os caxienses.

Feirantes são capacitados pelo SEBRAE e se preparam para a Feirinha da Gente que acontece próximo domingo, dia 23

21.7.17

Feirantes de diversos segmentos, a exemplo de agricultura, gastronomia e artesanato, participaram de uma capacitação na manhã desta quinta-feira (20/07), no auditório do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Nos últimos preparativos para a inauguração da Feirinha da Gente, os profissionais receberam orientações sobre atendimento, venda, acolhimento da clientela, dentre outras informações que serão úteis na recepção dos caxienses e turistas que irão visitar as barracas, as mesmas vão ser instaladas no largo da Igreja de São Benedito, próximo domingo, dia 23.

“É uma ótima oportunidade, é uma vitrine, porque tem muita gente que não tem onde expor, onde vender, trabalha em casa. A feira chamará muitas pessoas que estão em casa, que vêm na cidade passar um domingo e terão essa oportunidade de ir à feira e conhecer os produtos da cidade”, afirma Rosilene de Moraes, floricultora.

“Eu acho muito importante essa oportunidade aos artesãos de Caxias estarem expondo os seus produtos, fazendo com que a feira dê certo para que se torne conhecida, porque tem muita gente profissional aqui em Caxias. Hoje nós estamos em um evento para termos mais conhecimentos, está sendo muito importante este evento”, destaca Marleyde Sousa, artesã.

“A gente fica muito feliz quando o SEBRAE é chamado para estar realizando uma capacitação que é o nosso forte. Estar proporcionando aos empreendedores momentos de conhecimento para que eles possam colocar em prática durante o evento, é oportunizar que eles possam levar para a realidade deles, aplicar e ter sucesso. Nós elaboramos uma capacitação que envolve a temática do atendimento, vendas, gerenciamento desse negócio, além de características empreendedoras, para que seja um momento de grande valia”, explica César Guimarães, gerente da Unidade Local do SEBRAE/Caxias-MA.

A Feirinha da Gente acontece das o8h da manhã às 15h. Realizada pela Prefeitura de Caxias por meio da Secretaria Ajunta de Turismo e Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres; a feira também conta com o apoio logístico da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca; Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social; Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil; Secretaria Municipal de Saúde; Academia Caxiense de Letras e o apoio do SEBRAE.

“Nós estamos entrando com as barracas. Metade nós cedemos para a Secretaria da Mulher para que seja desenvolvido o trabalho com as mulheres, as artesãs, e o restante das barracas nós estamos trazendo 15 agricultores familiares para comercializarem os seus produtos. São trabalhadores que fornecem seus produtos para o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), vamos estar criando esta oportunidade para que eles possam comercializar além do PAA. É mais uma janela de oportunidade para o agricultor, para que eles possam comercializar e dinamizar a economia do município”, ressalta Ney Jefferson, secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca.

“A gente escolheu através do workshop que a gente fez em duas sextas-feiras, convidando os artesãos, o pessoal da culinária, o pessoal da agricultura familiar, e depois da escolha, nós direcionamos para os instrutores do SEBRAE para que pudessem fazer a capacitação dessas pessoas para que a Feirinha da Gente seja bem organizada. A gente vai começar com um público menor, mas o nosso intuito é aumentar a Feirinha. É uma feirinha permanente. O primeiro domingo vai ser agora dia 23 das 8h às 15h e todos os domingos vai estar funcionando na Praça Vespasiano Ramos, que é a conhecida Praça da Igreja de São Benedito”, explica  Taniery Cantalice, secretária de Políticas Públicas para as Mulheres.

MEIO AMBIENTE – Estudantes da Escola Dr. João Viana participam de atividade pedagógica na Piscina do Ponte



Estudantes da Unidade Escolar Municipal Dr. João Viana, do Bairro João Viana, visitaram na manhã desta quinta-feira (20/07) a Piscina do Ponte, um dos tradicionais pontos turísticos da cidade, que está passando por um processo de revitalização, sendo o primeiro passo a limpeza realizada há aproximadamente um mês.

O passeio com os alunos do 5º ano da unidade de ensino faz parte da culminância de um projeto desenvolvido que visa à conscientização sobre a importância da preservação do meio ambiente. Daiane da Silva, de 11 anos, destacou a importância do trabalho de campo.

“É muito boa a aula aqui. Nós aprendemos a reciclar, a preservar, sobre a importância do meio ambiente. Nós aprendemos que não se deve jogar o lixo na rua, não jogar o óleo na pia, pois pode prejudicar a água e os seres vivos”, disse Daiane da Silva, estudante.

“Estamos trabalhando a culminância de um projeto. Trouxemos os nossos alunos aqui na Piscina do Ponte para ver, conhecer e despertar para a preservação do meio ambiente. É uma aula prática e nós repassamos isso na sala de aula, mas hoje é um momento ímpar para eles. A gente fica feliz em vê-los aprendendo de uma forma diferente”, destacou Antônia Cardoso, diretora da Escola Dr. João Viana.

A atividade pedagógica, que envolveu toda a comunidade escolar da Escola Dr. João Viana, contou com a parceria do Núcleo de Educação e Vigilância em Saúde, Centro de Controle de Zoonoses, Secretaria Ajunta de Limpeza Pública e o apoio da Organização Não Governamental Riacho do Ponte, que também luta pela despoluição e revitalização do manancial de água doce que abastece a piscina. Durante as palestras e explanações sobre o processo de coleta e destinação correta do lixo, jovens atendidos pelo Centro da Juventude do Bairro Ponte também apresentaram uma performance teatral, ilustrando o cuidado com a riqueza hídrica, a fauna e a flora.

“Essa é uma política que diz respeito a toda a sociedade. Ela representa a nossa sobrevivência. A água depende por sua vez da preservação das matas e dos biomas que hoje temos que preservar. Essa mobilização envolve principalmente o poder público, porque é ele que detém toda a política institucional que rege essa área, os recursos e organizações administrativas que colaboram com as questões ambientais” afirmou Prof. Arimatéia, educador.

“É uma luta que temos há dois anos. Estamos no começo, mas o movimento ganha força. A Piscina estava abandonada, mas hoje a todo o momento que você passa na piscina, você vê pessoas olhando e relembrando como era este local no passado. Mas esse é o nosso desejo, a despoluição, para que possamos tomar banho na Piscina do Ponte”, lembrou Anita Barbosa, da ONG Riacho do Ponte.

“A preservação é muito importante para nós da sociedade, porque é neste meio que nós vivemos. A visita dos alunos da escola Dr. João Viana nos dá uma alegria. São crianças que vieram ouvir o eco das vozes da sociedade. Nós temos que preservar os nossos mananciais, pois esses mananciais que dão vida a todos nós, esse é o motivo de nós estarmos aqui hoje”, finalizou Natanael dos Reis Pereira, coordenador do CCZ.