Tadinhos!!!! Lavadores de carro em Caxias estão sendo ameaçados se continuarem trabalhando na avenida beira-rio

1.4.16
Lavadores de veículos em Caxias estão aflitos diante da ameaça de 
serem impedidos de continuar trabalhando

O caxiense de boa memória lembra quando o SAAE de Caxias usou a justificativa de que, os lavadores de carros das praças da cidade, não poderiam continuar usando água com flúor no serviço.

A alegação do SAAE, por sinal muita justa, indicava a avenida beira-rio como local adequado para que esses trabalhadores continuassem a exercer a atividade.

O argumento do SAAE era de que, em Teresina, os flanelinhas utilizavam as margens do Rio Parnaíba para trabalhar.

Segundo a autarquia caxiense, deslocar os trabalhadores caxienses para a margem do Itapecuru era a solução perfeita.

Era. Hoje, parece que não é mais.

Nesta quarta-feira, 30, os rapazes que ganham a vida honestamente foram surpreendidos com uma equipe da secretaria do meio ambiente do estado fazendo-lhes uma inconveniente visita.

Alegando estarem prejudicando o meio-ambiente do planeta, os fiscais da Sema estadual informaram que, caso continuem trabalhando na margem do Itapecuru, os lavadores caxienses poderiam ser presos e terem o material de trabalho apreendido.

Desesperados, muitos deixaram de trabalhar, enquanto outros insistem em continuar no local, mesmo correndo o risco de prisão.

Antes que o bajulador de rede social venha defender a ação da secretaria de meio-ambiente e a inércia da prefeitura de Caxias, que determinou que seria a avenida beira-rio o local adequado para que veículos fossem lavados, por conta da suposta poluição do Itapecuru com óleo e combustível que saíam dos automóveis durante a lavagem, lamento informar que isso pode até ter sentido, mas o dano ao meio-ambiente é mínimo.

O serviço feito por esses trabalhadores em Caxias não contempla a lavagem de motor, sendo somente a retirada da poeira acumulada na pintura nos veículos, a única ação feita por eles.

Portanto, é bom alguém tomar consciência que, impedir que dezenas de pais de família ganhem honestamente seu pão de cada dia lavando carros na avenida beira-rio, é de uma maldade sem tamanho.

11 comentários:

  1. Unknown disse...:

    Faço técnico meio ambiente no senac e acho justo a secretária do meio ambiente esteja fazendo essa ação pois ali é falta de respeito com meio ambiente as vezes passava ali ficava indignado por falta de desrespeito com meio ambiente eles mesmo deveria se conscientizar com esses atos absurdos

  1. Em 2007 o Dr: Humberto Escroutinho prometeu a revitalização da avenida beira-rio, ele disse que o local iria ganhar uma área de lazer com pista de caminhada e quiosques. Pelo visto, obras públicas não fazem parte do repertório dos Escroutinhos!

    Caxias: A cidade de 160.000 habitantes MAIS ATRASADA do BRASIL, vc anda pela cidade inteira e não enxerga um prédio maior que 4 andares!! CÚMULO DO ABSURDO!!!

  1. Anônimo disse...:

    Aqui tem áreas sobrando idiota. As construções verticais acontecem, geralmente, onde os espaços(os terrenos) ficam escassos. Sai do mato bicho.

  1. Anônimo disse...:

    Encontra sim surfista os prédios da Facema!

  1. Anônimo disse...:

    Local de lavar carro é ali mesmo na beira rio, o que falta é a prefeitura adapta-la, ou seja, fazer com que a água suja que sai da lavagem dos carros voltem para o rio limpa, nós temos tecnologias baratas, para isso. Assim fez a prefeitura de Teresina as margens do Rio Parnaiba, onde estão os lavadores e de carros, aqui em Caxias o prefeito não quer gastar e tira o pão de cada dia dos lavadores de carros sem lhe dar opçao de vida.

  1. Anônimo disse...:

    Sabá, é só os lavadores de carro apelar para a Thays, ou Ximenes. Bem aí na frente onde se lava os carros tem um irmão do motorista do Dep. Humberto Coutinho que tem um ponto de lavagem e é cabo eleitoral do Ximenes.

  1. Anônimo disse...:

    A maior falta de respeito com o meio ambiente foi o Vilage devastar as margem do riacho e do rio. E ninguém se indignou. Será pq Sabá.

  1. Caro Blogueiro boa tarde. Muito valida sua explicação em relação a uma trajetória dos trabalhadores desse seguimento. Na verdade o SAAE estava e está correto, pois devem cuidar da água que nos permite viver. A situação imediato dada pelo SAAE naquele tempo, não tira da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de continuar sua fiscalização hoje, pois esta corretíssima. Ai nós apoiamos. O único plano que vai nos garantir o futuro chama-se SUSTENTABILIDADE, e é isso que os orgãos competentes devem fazer sempre. Não haverá jamais sustentabilidade se, mesmo ganhando o pão de cada dia, se essa forma for causando danos ao meio ambiente, esta tem que ser reparada. Certamente a Secretaria deve ter apresentado uma proposta para esses trabalhadores, será? o que você disse não prejudicar as águas do rio, não é bem assim. Aquela água que eles puxam e devolvem de imediato ao rio com sujeiras de sabão, óleo sim, pois estão lavando carro e outros veiculos são de grande relevancia na degradação não só da água mas tambem do solo e mananciais. Então nesse momento me identifico como ambientalista que sou. A tecnologia disponível a toda a sociedade que lhe permitiu expressar seu pensamento sobre o assunto aqui tratado, deverá ser a mesma a qual nós leitores do seus blog e de tantos outros, temos para contribuir no questionamento das matérias. De que valeria você administrar um blog e não permitir que nós fizéssemos nossas considerações? voce não quer que todas as pessoas tenham a mesma concepção sobre um assunto tão importante e abrangente, pois não tratamos apenas sobre a contaminação da água do rio, mas acima de tudo estamos falando de seres humanos que trabalham dessa forma e não podem realmente como falaste no inicio da matéria ficar sem trabalhar. Eis o grande desafio!! evitar a degradação do meio ambiente e evitar também que o homem perca seu meio de vida. So nos resta amigo blogueiro juntos criar soluções para que continuemos viver. Todos nós. Contudo temos que saber se não aceitar, ao menos tentar compreender o que as pessoas pensam em relação a cada assunto nas redes sociais explicitados ao grande público. (Francisca Ramos)

  1. Anônimo disse...:

    O único problema que ocorreu é que aqueles pobres trabalhadores por se concentrarem em um único local chamou a atenção do órgãos de fiscalização. Todo e qualquer lava-jato produz substâncias que degradam o meio ambiente, as casas inclusive a da Francisca Ramos, os hospitais, os desmatamentos nos leitos dos rios e riachos que levam dejetos para os rios. O que falta é um planos de tratamento de esgotos em vários bairros.

  1. Anônimo disse...:

    Já presenciei o carro da TV Sinal Vende dos Coutinhos lavando seu veiculo no local, na Beira Rio.

  1. Então vc acha que Caxias -MA não possui prédios altos porque existe espaços (terrenos)? Eu fico perplexo com um pensamento tão inútil, vc é muito BURRO, antes de discutir um assunto, esteja preparado com bons argumentos, pois, o que vc falou pra mim é uma total demonstração de ATRASO mental!!

    Tenho todos os dados de todas as cidades do porte de Caxias, se quiser discurtir comigo, vc vai ter que ralar!!!

    Abraços!!

Postar um comentário