Sem mordaça!!! Chapa apoiada por Léo Coutinho é derrotada na eleição da OAB caxiense

20.11.15
Integrantes da Chapa 36 comemoram vitória

Os advogados caxienses deram uma demonstração que a OAB local não pode continuar sendo uma entidade apática e atrelada a interesses políticos.

A Chapa 36, encabeçada pelo advogado Agostinho Neto, venceu a eleição da subseção local por 80 votos contra 77 computados para a Chapa 37, que tinha Felipe Lebre como candidato a presidente.

Nesta segunda-feira, 16, o signatário do blog começou uma série de postagens alertando os causídicos locais sobre o risco que seria a OAB caxiense entregue ao prefeito Léo Coutinho.

Procurei esclarecer aos advogados os reais interesses que estavam por trás da movimentação frenética, e as vezes fanática, dos advogados da Prefeitura no apoio à Chapa 37.

Diante da forte repercussão das postagens deste blog, outros colegas da blogosfera foram ‘convidados’ para também entrar no assunto e tentar reverter a tendência de derrota que se anunciava para os advogados da Prefeitura. Como não tinham argumentos plausíveis, a repercussão das postagens pró-chapa 37 não tiveram nenhum efeito e só escancarou mais ainda o que, e quem, estava por trás de tudo.

Próximo ao final da votação desta tarde, Léo Coutinho chegou a se dirigir até o prédio da entidade, onde não desceu do seu carro, mas teve um “pé de orelha” com o procurador do município, Vinicius Machado Filho, para saber as novidades da eleição, que não devem ter sido as melhores, como se mostrou logo em seguida.

Ao sair o resultado final, os integrantes da Chapa 36 explodiram de alegria e se abraçavam na comemoração da vitória mais significativa da seccional da OAB em Caxias.

Barba, cabelo e bigode

No embalo da vitória, a Chapa de Tiago Diaz, apoiada pelos membros da Chapa 36 no município, também venceu em Caxias, ficando com 79 votos contra 74 conferidos para Valéria Lauande, que era apoiada pelos advogados da Prefeitura.

Tiago Diaz também venceu a eleição estadual.

Daqui a pouco mais informações sobre os bastidores da eleição da OAB.

0 comentários:

Postar um comentário