Live de Lula e Flávio Dino é marcada por críticas a Bolsonaro

29.6.20

O ex-presidente Lula (PT) afirmou hoje(29), durante live com a participação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que falta o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), alguém como o comunista, ao seu lado, para que ele pudesse “fazer o certo” na condução do país.

“Seria extremamente positivo para o país se o atual presidente [Bolsonaro] tivesse ao seu lado pessoas tão sérias como o Flávio [Dino]”, disse.

Dino e Lula marcaram a transmissão para falar de “políticas sociais e economia no Brasil”, mas passaram grande parte do tempo criticnado o atual presidente.

Em outro ponto da live, o ex-presidente elogiou a atuação de Flávio Dino, e de governadores do Nordeste, no combate à pandemia da Covid-19 – aproveitando, mais uma vez, para alfinetar Bolsonaro, a quem chamou de incompetente.

“Tenho orgulho de vocês, governadores do Nordeste. Aproveito a ocasião para parabenizar o teu trabalho, Dino. É uma crise que sem dúvida demorará a passar ainda e somente se resolverá com a vacina”, afirmou Lula, acrescentando que o atual presidente não precisa gostar do governador do Maranhão, ou de qualquer chefe de Executivo, estadual ou municipal, mas trabalhar em conjunto com os gestores.

“Bolsonaro não tem que gostar de Flávio Dino para governar. E, sim, ele precisa ser o condutor, o líder no processo de retirada da crise. E precisa, também, saber que ele tem que contar com a ajuda de governadores e prefeitos, que sabem mais do que ele onde estão os problemas da população”, afirmou.

Dino também criticou o que considera falta de articulação de Bolsonaro para a construção de uma coordenação central – encabeçada pelo governo federal – capaz de organizar ações contra o novo coronavírus.

“Quando o Supremo [Tribunal Federal] deu a autonomia para que os governadores tomassem suas decisões, em nenhum momento ele falou que a presidência estaria excluída deste processo”, disse. (Do blog do Gilberto Léda)

0 comentários:

Postar um comentário