Andrea Murad questiona aplicação de prova da PMMA

18.12.17

A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) considerou absurda a decisão de inscritos no concurso da PMMA fazerem provas em Teresina por causa de indisponibilidade de locais em Caxias, como informado pelo Governo do Maranhão.

“Vejam o absurdo! O Governo do Maranhão realizará prova em Teresina para o concurso da Polícia Militar. Inacreditável! Um concurso estadual e sob a fraca argumentação de que não tem espaço disponível para os inscritos, simplesmente resolveram jogar maranhenses para o Piauí”, comentou a parlamentar numa rede social.

Para a deputada Andrea, maranhenses foram prejudicados em detrimento dos piauienses.

“Afinal, quantos residentes de Teresina estão sendo beneficiados em detrimento dos nossos? Dizer que faltou espaço em Caxias e o nosso Maranhão com 217 municípios, pra que fazer os maranhenses se deslocarem até Teresina? Decisão ridícula e de muita falta de respeito com o nosso povo. Agora, imagino o nível de fiscalização para um concurso do Governo do Maranhão sendo realizado no Piauí!!!! Absurdo!!!!”, finalizou.

1 comentários:

  1. Ricardo Almeida disse...:

    Faltou a interpretação da senhora deputada. A resposta, do Governo do estado, a postagem dela está clara. Não entendi o porque do "grifo" para "tentar" iludir leitores ao erro.
    Somente os candidatos que declararam seu endereço de inscrição na na capital piauiense, e que colocaram sua opção de local de prova a cidade de Caxias, é que foram direcionados a Teresina. Maranhenses NÃO FORAM JOGADOS PARA O PIAUÍ... Maranhenses NÃO TIVERAM DE SE DESLOCAR A TERESINA... Concordo que o mais correto seria, no edital, ter mais locais de provas aqui no Estado do Maranhão. Como não teve, acredito que a decisão de incluir Teresina, foi sensata.

Postar um comentário