Cadê a saúde que tava aqui? Fantástico mostra prefeito preso por estrangular saúde pública para beneficiar seu hospital particular; Calma! Foi em Minas Gerais!

25.4.16
Cidade de Minas Gerais tem prefeito preso por estrangular saúde pública da cidade para 
beneficiar seu hospital particular

O programa Fantástico deste domingo deixou muitos caxienses estupefatos com as similaridades de um caso ocorrido em Montes Claros –MG, onde o prefeito foi preso por, entre outras coisas, estelionato, falsidade ideológica e prevaricação, com alguns aspectos que lembram, e muito, a nossa cidade.

O prefeito da cidade mineira é marido da famosa deputada federal Raquel Muniz (PSD-MG), que ganhou notoriedade nacional ao dar seu voto favorável ao impeachment e exaltar o exemplo de político que era seu marido. “O meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso pra todos nós com sua gestão”, disse ela antes de dar o voto “Sim” pelo impedimento da presidente Dilma e em menos de 12 horas ver o exemplo de gestor que é o seu marido ser preso pela Polícia Federal.

Na justificativa do delegado federal que comandou as investigações contra o prefeito, uma revelação que deixou os caxienses pensarem, por alguns minutos, que ele estava falando de Caxias, onde o deputado Humberto Coutinho é proprietário de hospital particular e onde os recursos da saúde são destinados em muitos milhões todos os meses para sua Casa de Saúde. “Prefeito cometeu crime de estelionato, falsidade ideológica, prevaricação, e desvio/ou/apropriação de recursos públicos. O objetivo do prefeito de Montes Claros era basicamente ESTRANGULAR A SAÚDE DO PRÓPRIO MUNICÍPIO PRA PODER BENEFICIAR O SEU HOSPITAL”, justificou o delegado.

Perplexo com a revelação de que o prefeito teria estrangulado a saúde pública de Montes Claros para beneficiar o seu hospital particular, o apresentador do Fantástico pegunta: “Como é que é?

Delegado: “Ele fazia retensões nos recursos destinados a saúde. Ele fazia essas retensões alegando pequenas questões, justamente para poder gerar um caos no sistema de saúde e, por consequência, beneficiar a sua própria instituição, ou seja, o Hospital das Clínicas Mário Ribeiro, vinculado ao seu grupo econômico”.

Em seguida a reportagem do Fantástico exibe imagens do Hospital das Clínicas, onde o apresentador Tadeu Schmidt ressalta que as instalações, estão todas “tinindo”. “É particular. O mais avançado do norte de Minas.”

Na sequência, o apresentador mostra que ônibus e vans trazem pacientes de dezenas de cidades para Montes Claros e os corredores da Santa Casa da cidade, que tem que atender pacientes no chão, numa cena corriqueira em Caxias.

De acordo com a reportagem, o prefeito possui atuação comercial também na área da educação, onde tem várias empresas. Um avião particular também foi mostrado como sendo pertencente ao gestor mineiro, mas ressaltando que os bens não estão em seu nome.

Assim como o blogueiro, muita gente em Caxias deve ter encontrado um enredo muito parecido com a princesa do sertão. 

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    sabá você acha que o ministério público do Maranhão ou Policia Federal tem coragem de investigar o ex Prefeito de Caxias? naõ digo nem coragem mais força judicial?

Postar um comentário