Observatório do Turismo do Maranhão é referência internacional

9.1.21

Ferramenta da área do turismo é coordenada pela Setur em parceria com diversas entidades como instituições de ensino, institutos de pesquisa, secretarias estaduais e municipais.

Observatório do Turismo se destaca em 2020

O Observatório do Turismo do Maranhão é o responsável pelo levantamento e análise de dados e pesquisas, e mesmo não podendo ir a campo devido a pandemia da Covid-19, teve uma destacada produção em 2020, servindo de modelo para iniciativas similares no âmbito internacional. A ferramenta da área do turismo é coordenada pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) em parceria com diversas entidades como instituições de ensino, institutos de pesquisa, secretarias estaduais e municipais. 

Segundo a supervisora de Pesquisa do Observatório do Turismo, Hanna Coelho, o setor criou séries históricas sobre a oferta turística local. “Aproveitamos o momento que nos impossibilitou ir a campo para trabalhar nosso banco de dados, organizando informações como a taxa de ocupação hoteleira na capital, o artesanato, a movimentação na área nos aeroportos e a atratividade dos polos”, afirmou.

Além do fortalecimento das parcerias existentes, o Observatório do Turismo do Maranhão ganhou espaço na Rede Brasileira de Observatórios do Turismo, entrou para a listagem do Ministério do Turismo e ainda foi convidado para celebrar parcerias e servir de modelo à criação do projeto Observatório do Turismo de Cabo Verde. O país é promissor no campo do turismo, formado por um arquipélago localizado a 450 quilômetros do continente africano.

O secretário de Estado de Turismo Catulé júnior avalia que mesmo com a crise sanitária o Observatório de Turismo avançou e se consolidou como ferramenta importante para o setor em 2020. “Para este ano, temos como foco manter a periodicidade dos estudos, formalizar parcerias, ampliar as informações acerca da taxa de ocupação hoteleira e fluxo de visitantes e contribuir, assim, para o direcionamento das polícias públicas estaduais; o trabalho seguirá desenvolvendo oficinas que estimulem os centros de atendimento a adotar o modelo e agregar dados”, informou. 

Dados do Turismo

O Observatório iniciou um trabalho de aproveitamento dos dados coletados nos Centros de Atendimento ao Turista (CAT) do estado e seus parceiros municipais, padronizando o Perfil do Visitante a nível estadual. 

Em 2020 foram organizados 33 boletins sendo 5 acerca do Perfil e Satisfação do Visitante; 6 de fluxo de voos; 6 boletins acerca da Taxa de Ocupação Hoteleira – na capital; 6 boletins sobre Oferta Turística Regular – estadual e 6 sobre o Mapeamento do Artesanato – estadual, com destaque para séries históricas de 2015 a 2020.

Mais do que o alcance das metas, o setor se reinventou no período da pandemia da Covid-19, colaborando em pesquisas acadêmicas dos parceiros, auxiliando na interpretação do cenário atual e atendendo também ao trabalho intersetorial, fazendo análise de eventos em parceria com outros setores da Setur.

Foram produzidos 3 boletins acerca de eventos e atividades da Setur (Termômetro da Qualificação); 4 pesquisas de campo de alta temporada, 4 de baixa temporada e 5 em programações oficiais e feriados prolongados com aplicação de questionários nos principais pontos de fluxo de pessoas para identificação do perfil, tendo como público-alvo os próprios maranhenses à passeio, turistas nacionais e internacionais.

Além disso, a Setur contou com o apoio de outras entidades públicas como a Secretaria Adjunta de Tecnologia da Informação (Seati), que criou um portal interativo para a disponibilização das pesquisas e o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), que colabora com o fornecimento de dados e, em breve, atuará em pesquisas de campo. Todos os materiais disponibilizados podem ser acessados no portal www.observatorio.turismo.ma.gov.br.

(Fonte: Secom/MA)

0 comentários:

Postar um comentário