CAXIAS – Muito forró e arrocha na 2ª noite do São João que a Gente Quer

24.6.19

No tablado montado no Parque da Cidade, 14 quadrilhas do Estado concorrem ao Festival Estadual de Quadrilhas Estilizadas – O Maranhão Junino.

Nesse sábado (22), segunda noite de apresentações, as quadrilhas: Junina Estrela da Manhã, de Igarapé Grande; Junina Unidos de São João, de João Lisboa; Junina Matutos do Rei, de Açailândia; e Junina Beija Flor dos Cocais, de Caxias, encantaram o público.

A escravidão e a liberdade do povo negro foi o tema escolhido pela Junina Estrela da Manhã, de Igarapé Grande, que abriu a sequência de apresentações do Festival Maranhão Junino. Já a Junina Unidos de São João, de João Lisboa, destacou o preconceito contra pessoas com deficiência e o amor, além de ressaltar a ave de rapina que inspirou o compositor maranhense João do Valle, o Carcará.

A fé em Nossa Senhora de Nazaré e a religiosidade foram encenadas pela Junina Matutos do Rei, de Açailândia, que trouxe personagens LGBT para o tablado em um espetáculo de dança e alegria.  E fechando a noite de apresentações de quadrilhas estilizadas, a caxiense Junina Beija Flor dos Cocais ressaltou a temática de cooperativas de reciclagem de lixo.

E a animação da segunda noite do São João que a Gente Quer continuou no palco principal com o melhor do arrocha de Ellane Amorim. A cantora caxiense fez o público dançar coladinho. O importante era aproveitar o sábado no Parque da Cidade.

A atração mais esperada da noite subiu ao palco mais de meia-noite. Tony Guerra e Lygia Raquel do Forró Sacode trouxeram o repertório que estava na boca do público, com destaque pro sucesso da música “Cachaça Amuada”, que arrastou a multidão que acompanhava a noite de shows. E com muito forró, o caxiense viu o domingo chegar na Vila Junina de Caxias, no Parque da Cidade. (Da assessoria)

0 comentários:

Postar um comentário