Bancos só reabrem para atendimento ao público na Quarta-feira de Cinzas

28.2.17
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que as agências bancárias em todo o país permanecem fechadas para atendimento ao público durante os dias de ontem (27) e hoje (28). Elas reabrem na Quarta-feira de Cinzas (1º) às 12h.

A orientação da entidade é para que a população utilize os canais eletrônicos e correspondentes para o pagamento das contas. Os tributos que têm código de barras podem ter o pagamento agendado nos caixas eletrônicos, no internet banking e pelo atendimento telefônico do banco.

Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos por meio de Débito Direto Autorizado.

Ainda de acordo com a Febraban, contas de consumo como água, energia e telefone e carnês que tiverem os dias 27 ou 28 de fevereiro como data de vencimento poderão ser pagas sem acréscimo na próxima quarta-feira.

"Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais. Caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão é antecipar o pagamento", informou a entidade.

Para os clientes que vão passar a semana inteira viajando e não dispensam a ida até uma agência, a recomendação é consultar o endereço dos bancos no site Busca Banco da Febraban. Basta acessar o link www.buscabanco.com.br e fazer a busca de acordo com o estado e município desejado.

Fonte: Da Agência Brasil

Roberto Rocha: qual é a política de desenvolvimento do governo Dino?

27.2.17
Do Blog do Gilberto Léda

(Foto: Hilton Franco)

Em entrevista à revista Maranhão Hoje de fevereiro, que está nas bancas, o senador Roberto Rocha (PSB), que vem se manifestando como um dos principais críticos do governo, o que seria um indicativo de que estaria preparando terreno para entrar na disputa sucessória de 2018, diz que não fugirá de raia se convidado a disputar a sucessão de Flávio Dino (PCdoB) em 2018.

Entrevistado pelos jornalistas Aquiles Emir e Diego Emir, Roberto Rocha chega a ser irônico com o atual governo, quando, por exemplo, lhe foi pedida uma opinião acerca da política de desenvolvimento do Estado. “Qual  é essa política?”, devolveu.

Ele diz também que a vocação de desenvolvimento dos maranhenses prejudica os planos do PCdoB com sua política antidesenvolvimento e que o governo prometeu um choque de capitalismo, mas está dando um choque nos capitalistas.

Eis alguns trechos da entrevista:

O senhor acha que o atual governo tem sabido conduzir uma política de desenvolvimento para o Maranhão?

Roberto Rocha – Qual é essa política? Ampliar o que já existe, sem quebrar a lógica perversa que mantém o Maranhão no atraso? É muito pouco para o nosso potencial.

O senhor vem fazendo duras críticas ao governo Flávio Dino. É inegável perceber que exista um rompimento. Em 2018 podemos imaginar um confronto entre Flávio e Roberto na disputa pelo Governo Estadual?

Não depende de mim esse cenário. Depende muito mais do governo e do governador. Mas se, por atos e movimentações, ele acabar cevando uma nova via política para disputar o poder, não serei eu a fugir dessa raia.

Existe alguma possibilidade de o senhor se unir ao grupo Sarney em 2018?

Não está e nem esteve jamais em meus planos.

O senhor acredita que Flávio Dino chegará isolado em 2018 com apoio de apenas partidos da esquerda?

É um risco real o PCdoB perceber um dia o seu verdadeiro tamanho.

Leia mais no Maranhão Hoje.

CAXIAS - Bloco Caminhando e Cantando faz desfile em homenagem a Papete e Chagas Júnior

O bloco "Caminhando e Cantando", que já é uma das tradições do carnaval caxiense de rua, tem como sua marca principal o uso em seu repertório das tradicionais marchinhas carnavalescas, bem como de fantasias por parte dos seus foliões. No desfile desse ano, o bloco homenageará o cantor e compositor maranhense Papete e o ex-integrante do bloco, o músico, advogado e professor Chagas Júnior.

Papete
Este será o 9º ano de desfile do bloco. Como nos anos anteriores, o "Caminhando e Cantando" desfilará nesta segunda-feira de carnaval, dia 27.

Nos últimos anos, o bloco tem aumentado o número de foliões, e, segundo os seus organizadores, Antônio Luís, Gilvaldo Quinzeiro e Jorge Luís, a expectativa para o desfile desse ano, é que haja um maior número de brincantes.

Chagas Júnior

"O Caminhando e Cantando, além de reunir poetas, professores e artistas locais, também tem atraído um público formado de crianças e de pessoas da terceira idade - um bloco, portanto, pluralista", afirma Jorge Luís.

Fonte: Portal Noca

Carnaval 2017 - Confira a programação momesca em Caxias neste sábado de carnaval

25.2.17
Neste sábado de carnaval, em Caxias, a folia toma conta do Centro Histórico e da Avenida Alexandre Costa, a "Avenida Folia". Confira a programação:

Circuito Centro Histórico

15h - Circuito Folia com Banda de Sopro Frevo Folia na Jardineira. Canta Legal Folia na Praça São Benedito com a cantora Cecilia Leite (de São Luís), o cantor caxiense Adelmo José e a Banda Bandida.

Avenida Folia

21h às 23h30 - Papazum (de Caxias)

23h30 às 01h30 - Seu Menino Elétrico (do Ceará)

23h30 às 01h30 - Chicana (da Bahia), no trio elétrico

01h00 às 03h30 - Pepê Júnior (do Maranhão)

Caxias - Blocos "Lá Vem Ellas" e "Sou Social" abrem programação carnavalesca na Avenida Folia

24.2.17

Os blocos "Lá Vem Ellas", da Secretaria da Mulher, e "Sou Social", da Secretaria de Assistência Social, vão abrir a programação oficial do Carnaval 2017 em Caxias nesta sexta-feira (24).

A concentração dos blocos será às 15h em frente ao Centro de Cultura. De lá, a Jardineira, ao som da Banda Frevo Folia e do caxiense Rafael Barone, levará os foliões pelas ruas do centro até à praça da UEMA. Em seguida, o arrastão segue para a Avenida Alexandre Costa, a "Avenida Folia", onde a cantora cearense Hannah Vanessa estará os aguardando no trio elétrico.

Mais

Ainda na programação do primeiro dia de festa momesca na Avenida Folia, a banda baiana "Chicabanada", e as cearenses, apresentando repertório "elétrico", "Brasas do Forró" e "Seu Menino".

Fonte: Portal Noca

"Canta Legal Folia": firmada parceria entre município e bloco carnavalesco

O Canta Folia é um dos blocos mais tradicionais de Caxias. A folia momesca é conhecida por animar o Centro Histórico no sábado de carnaval. Em reunião entre prefeitura e organização do evento, a Turma da Vaspp, nesta quinta-feira (23), uma parceria foi firmada e deu origem a programação do "Canta Legal Folia".

Um documento formalizou a parceria e foi assinado pelo secretário municipal de Cultura, Arthur Quirino, e um dos representantes da Turma da Vasp, Cícero Lopes Lima Júnior.

Pelo acordo firmado, além das atrações que a Prefeitura de Caxias já havia programado no Circuito Histórico, com a Jardineira, Banda Frevo Folia e a cantora Cecilia Leite, de São Luís, agora o evento vai contar ainda com o show do cantor caxiense Adelmo José e a Banda Bandida.

"Governo democrático e participativo. Ouvimos a igreja, o dono do bar que dá nome ao evento, o senhor Cantarelli, e agora o pessoal que o organiza. Quem ganha com isso é o povo", afirma o secretário Arthur Quirino.

O Canta Legal Folia acontece nesse sábado (25), na Praça São Benedito, a partir das 12h.


Secretário Adelmo Soares intermedia reunião entre líderes da Diocese de Caxias e SINFRA

Com o objetivo de buscar melhorias para as ações eclesiásticas, a comitiva católica da Região Leste do Maranhão – guiada pelo Bispo Dom Vilson Basso e Padre Jan, reuniu-se com o secretário Clayton Noleto (SINFRA) na última quarta-feira (22) em São Luís. 

O encontro ocorreu por meio do encaminhamento do governador Flávio Dino, e do gestor da pasta de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, que se fez presente na reunião, acompanhando os representantes da diocese.

A comitiva analisou juntamente com o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, o projeto de construção de um estacionamento no Santuário “Alto do São Francisco”, localizado no município de São João do Sóter, que recebe todos os anos cerca de 50 mil fiéis que participam dos festejos e romarias em louvor ao padroeiro, consagrando-se como um dos principais locais de peregrinação da fé. 
 No encontro, os gestores também trataram da construção de uma quadra poliesportiva na Fazenda Esperança – a qual atende inúmeros jovens e adultos que sofrem com o vício para o uso das drogas pelo uso de drogas. O centro de reabilitação e ressocialização foi inaugurado em Caxias em 2014 e trata-se de um projeto social de iniciativa da Igreja Católica. De acordo com o secretário Adelmo Soares, que já atuou como secretário de esportes em Caxias, a quadra poliesportiva servirá como estímulo e distração para os internos. “A prática de esportes poderá ajudar estes jovens a canalizar suas energias, além de servir como lazer para eles e as famílias que vão visita-los”, afirmou Adelmo.

As conquistas e o diálogo são resultado de uma solicitação feita ao final do ano passado, junto ao governador Flávio Dino, que além dos pedidos para o Santuário do Alto São Francisco e a Fazenda Esperança, comprometeu-se também com as obras para melhoria da estrutura do Centro de Ensino Cônego Anderson, que foi prontamente atendida e já tem seus obras finalizadas, tendo agora nova vida para atender aos quase 700 alunos de 1º e 2º grau. (ASCOM-SAF)

Flávio Dino não repassa recursos para a Saúde de Caxias e população protesta nas ruas

23.2.17
Denúncia: Governo comunista esquece Caxias e não transfere recursos

De tanta falta de atenção que vem passando a Saúde de Caxias o Conselho Municipal resolveu ir as ruas manifestar para chama a atenção das autoridades competentes para o descaso. Com o tema "A saúde é SUS, o direito é seu" o Conselho Municipal de Saúde de Caxias, por meio da comissão organizadora da mobilização popular em prol da saúde do município realizou na manhã desta quinta-feira (23) um caminhada de conscientização que teve início na frente da Igreja da Catedral e seguiu pelas principais ruas do centro até a praça Gonçalves Dias.

O município de Caxias vem perdendo recurso financeiro que mantém o funcionamento de diversas unidades de saúde além de alguns programas meramente por questões políticas, é o que foi dito por vários manifestantes durante a caminhada.

"Com relação ao objetivo da mobilização, é mostrar que, mostrar não! exigir que os entraves políticos, os acordos políticos... Que a população de Caxias não pague por isso! Que a gente sabe, Saúde, a Carmosina Coutinho, a UPA é tripartite. Caxias tem sua responsabilidade, o governo federal tem sua responsabilidade. Mas, o governo do estado também tem sua responsabilidade. E a gente está exigindo aqui hoje essa contraparte do estado porque está deixando de mandar para Caxias. O último repasse feito do governo do estado para a Carmosina Coutinho foi em dezembro do ano passado. Desde lá até hoje não caiu um tostão do governo do estado”, denunciou o manifestante Marcos Silva. (Do Blog do Ludwig Almeida)

Lançado novo site da Prefeitura de Caxias

Está no ar o novo site da Prefeitura de Caxias. A página eletrônica dispõe das principais informações municipais como obras, educação, saúde, transparência e serviços aos funcionários públicos, cidadãos e empresas do município.

Novo site da Prefeitura de Caxias

No portal, é possível ter acesso ao perfil dos secretários e diretores das autarquias vinculadas à Prefeitura de Caxias.

Além de um layout mais dinâmico, o site é de fácil navegação e usa o chamado "design responsivo", ou seja, uma página adaptada para ser mostrada nas telas de celulares smartphones e tablets.

"Nosso objetivo é aumentar a acessibilidade às informações e serviços on-line que o Executivo Municipal oferece", destaca o coordenador de Comunicação, Augusto Neto.

Confira o novo site no link a seguir: caxias.ma.gov.br.

Fonte: João Lopes/ Portal Noca

Governo beneficia 62 famílias de Mirinzal e Presidente Juscelino com entrega de títulos de terra

22.2.17
Governador Flávio Dino, entregou títulos de terra coletivos quilombolas.
Foto: Handson Chagas/Secap

Com o sorriso no rosto de quem esperava a realização de um sonho há anos, 62 famílias dos municípios de Mirinzal e Presidente Juscelino receberam, das mãos do governador Flávio Dino, títulos de terra coletivos quilombolas, em solenidade realizada no Palácio dos Leões, na tarde desta quarta-feira (22). Foram beneficiados agricultores da Associação Comunitária Quilombola da Santa Tereza, em Mirinzal, e da Associação dos Moradores Rurais Quilombolas do Povoado de Mirinzal da Julita, em Presidente Juscelino.

A entrega de títulos de terra é política permanente do Governo do Estado, por meio do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), e objetiva reconhecer a propriedade plena da terra, pelos agricultores que a ocupam, buscando promover a dignidade e o fortalecimento da agricultura. Esta rodada de entrega de títulos beneficiou 62 famílias, sendo 37 famílias no município de Mirinzal e 25 em Presidente Juscelino, com a entrega de mais de 592 hectares de terra.

De acordo com o governador Flávio Dino, o título de terra significa segurança jurídica, ganho econômico – porque as terras passam naturalmente a valer mais na medida em que estão regularizadas –, além de oportunidade de acesso a crédito nos bancos de fomento, pois o documento é uma garantia.

“Todos esses ganhos vão à direção principal que é a valorização da produção, porque os indicadores sociais do nosso estado só vão continuar a melhoria que nós estamos alcançando, na medida que a nossa economia cresça, e o caminho mais rápido, efetivo para a economia do Maranhão crescer não há dúvida que é por intermédio da produção”, enfatizou o governador, reiterando que os maranhenses precisam dessas políticas públicas para que os produtores possam crescer e se desenvolver ainda mais.

Governador Flávio Dino, entregou títulos de terra coletivos quilombolas.
Foto: Handson Chagas/Secap

Para o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o Governo do Estado está tratando como prioridade o programa de regularização fundiária, e, em dois meses deste ano, já entregou outros 677 títulos de terra. “Vamos continuar com esse trabalho nas Agritecs, como na próxima em Açailândia. Porque mostra o compromisso e a linha de trabalho de um órgão que era esquecido no Estado. E esse compromisso é forte, pois leva dignidade às famílias”, pontuou.

A presidente da Associação Comunitária Quilombola da Santa Tereza de Mirinzal, Ana Lourdes, disse que a entrega desses títulos é um sonho que se tornou realidade. “Agora vamos requerer outros benefícios para nossa comunidade”, comemorou a agricultora.

“Esse título muda a comunidade. Dá mais segurança, mais respeito. Agradeço a Deus e ao governador”, disse Raimundo Diniz, presidente da Associação dos Moradores Rurais Quilombolas do Povoado de Mirinzal da Julita, em Presidente Juscelino.

Agricultura - Prefeitura adquire quase R$ 840 mil da agricultura familiar caxiense

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Agricultura e Pesca, adquiriu alimentos produzidos pela agricultura familiar local que serão utilizados no abastecimento da Maternidade Carmosina Coutinho, do Hospital Infantil João Viana e Hospital Geral Gentil Filho.

Secretário Ney Jefferson

Na manhã desta terça-feira (21), produtores da agricultura familiar de Caxias presentes foram contratados e irão fornecer, juntos, nos próximos doze meses, cerca de R$ 840 mil em alimentos. Cada família de agricultores recebe o valor aproximado de até R$ 6.500,00.

"É uma ação que vem no sentido de atender uma das demandas da agricultura familiar que é a questão da comercialização. Os agricultores precisam melhorar a sua produtividade, precisam de tecnologias, mas se nós não criarmos canais e mecanismos para eles comercializem, que é o resultado final do seu trabalho, não conseguiríamos fazer muita coisa", explica o secretário de Agricultura e Pesca, Ney Jefferson.

Raimundo Rufino

Ao todo, estão sendo beneficiadas 135 famílias, que irão fornecer frutas, verduras e hortaliças para distribuir nas unidades de saúde do município num primeiro momento. Os recursos para a compra destes produtos são provenientes do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), uma parceria com o Governo Federal.

O agricultor Raimundo Rufino é um dos contemplados com o PAA. Ele tem uma roça no povoado Santa Rosa, no 3º distrito de Caxias. "É um programa beneficente para aqueles que querem e precisam trabalhar, ele vem em boa hora. Aqueles que aderiram a esse programa e disser que não se deu bem, ele não soube valorizar aquilo que ele ganhou", afirma.

Raimundo Rufino

Luiz Gonzaga é outra referência na agricultura familiar caxiense. Morador do povoado Lagoa dos Pretos, situado no 2º distrito, Luiz elogia a iniciativa da prefeitura. "Importante esse apoio da prefeitura, pois nos ajuda a desenvolver nosso trabalho que é o que dá o sustento de nossa família", disse o produtor rural. (Fonte: João Lopes/Portal Noca)

“Timon cada dia mais perto de ter seu primeiro Viva”, afirma Rafael Leitoa

21.2.17
Duarte Júnior apresenta ao deputado Rafael Leitoa e a Daniel Coimbra, modelo de estrutura como exemplo para posto de atendimento do Viva em Timon (Foto: Nonato Castro)

Recentemente, um dos maiores e mais completos serviços do Governo do Maranhão, o Viva (Antigo Viva Cidadão), foi incorporado à estrutura administrativa do Procon Maranhão. Em Timon, o deputado Rafael Leitoa (PDT), em parceria com o Procon e a prefeitura do município, vem buscando junto ao governo do estado a instalação de um Viva, ainda para o primeiro semestre deste ano.

Na tarde desta terça-feira (21), o deputado Rafael, em companhia de Daniel Coimbra, Coordenador do Procon em Timon, participaram de uma reunião em São Luís com o presidente do Procon Maranhão, Duarte Júnior. Na pauta, o deputado Rafael Leitoa defendeu a instalação da unidade do Viva em Timon.

Segundo Rafael Leitoa, o espaço do Viva abrangerá diversas atividades que visam trazer cidadania aos moradores de Timon. Num mesmo local, poderão fazer a emissão da Carteira de Identidade (RG) e Antecedentes Criminais; inscrição e consulta do Cadastro de Pessoa Física (CPF), consultas do NIT, PIS/PASEP e bolsa família, dentre outros.

Rafael Leitoa defende instalação do Viva em Timon. Na foto o Coordenador do Procon em
Timon, Daniel Coimbra e o Presidente do Procon Maranhão, Duarte Júnior (Foto: Nonato Castro)

O Presidente do Procon Maranhão, Duarte Júnior, confirmou a previsão para instalação do Viva em Timon para os primeiros meses de 2017, tendo como meta de local para a instalação o Shopping Cocais, na Avenida Piauí. Em São Luís, conforme informações de Duarte Júnior, somente o posto de atendimento instalado no Shopping da Ilha proporciona ao espaço o trânsito de 2300 pessoas/dia, movimentando o atendimento tanto no posto estadual de serviços, quanto nas lojas, restaurantes e lanchonetes do local.

“Buscaremos parceria para a instalação do Viva em Timon. A preferência é que seja no Shopping Cocais, pois desta forma o Viva funcionaria de segunda a domingo no horário de funcionamento do shopping, como acontece em São Luís, das 10h às 22h, facilitando o acesso de quem trabalha durante a semana e não pode faltar serviço para tirar documentos e resolver outros pormenores”, comentou Rafael Leitoa.

Diocese de Caxias divulga nota de esclarecimento sobre o Cantafolia

A Diocese de Caxias emitiu, nesta terça-feira (21), nota oficial para manifestar a posição da Igreja Católica com relação a realização do Cantafolia.

Em reunião realizada no Palácio Episcopal, o bispo diocesano Dom Vilson Basso leu e distribuiu o comunicado para a imprensa local.

Veja abaixo a nota de esclarecimento da Diocese de Caxias.

Prefeitura de Caxias divulga programação oficial do Carnaval 2017


Para você se programar para "A folia que a gente quer", a Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Cultura, divulga a programação oficial do Carnaval 2017 na Princesa do Sertão.

São grandes atrações em cinco dias de festa, começando na próxima sexta-feira (24), a partir das 19h, na Avenida Senador Alexandre Costa. Nos demais dias, a folia terá início às 21h. Segue a programação:

24 de fevereiro - sexta-feira

Hannah Vanessa
Chicabanada
Brasas do Forró
Seu Menino

25 de fevereiro - sábado

Papazum
Seu Menino
Chicana
Pepê Júnior

26 de fevereiro - domingo

Rafael Barone
Canários do Reino
Oz Bambaz
Skema 10

27 de fevereiro - segunda-feira

Forró no Grau
Fabrícia e Banda
Pegada dos Plays
Axefona

28 de fevereiro - terça-feira

Pra Mexer
Chicabanada
Jack Brasil
Bonde do Maluco

Fonte: João Lopes/Portal Noca

Sistema SAF participa de Seminário realizado na FETAEMA

20.2.17
Representantes do Sistema SAF, participaram na última quinta-feira (16), na sede da Federação de Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Maranhão – FETAEMA, do Seminário Nacional sobre a Seguridade e a Previdência Social Rural. O evento teve o objetivo de promover um profundo debate sobre o sistema previdenciário que ampara o trabalhador rural brasileiro, visando a importância da sua manutenção como forma fundamental de inclusão social e redistribuição de renda.

O seminário contou com a participação de quase 400 pessoas, dentre elas, 62 secretários municipais de agricultura, 60 vereadores, 7 prefeitos, 3 deputados federais e 2 deputados estaduais, além de representantes de outras entidades ligadas às atividades produtivas.

“Compreendemos a importância deste seminário como instrumento de empoderamento dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, de modo que possam conhecer e se apropriar de informações esclarecedoras, fortalecendo cada vez mais a luta social do campo, para que assim, consigam dar conta das demandas cotidiana, sobretudo, as que se referem à previdência social rural”, destacou Adelmo Soares, Secretário de Estado da Agricultura Familiar.

O Sistema SAF é formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma).

Chico Leitoa faz revelação surpreendente sobre as origens de sua mãe

18.2.17
Em seu mais novo artigo, o ex-prefeito de Timon, engenheiro Chico Leitoa faz uma revelação inédita sobre sua mãe, dona Nazaré Rodrigues, já falecida e que completaria nesta semana 90 anos de vida.

O artigo é extenso, mas prende o leitor e vale a pena pela revelação surpreendente que o ex-prefeito faz sobre as origens de sua genitora.

Confira a íntegra abaixo:

90 ANOS DE DONA NAZARÉ

Em 18 de fevereiro de 2017, DONA Nazaré ( minha māe ), faria 90 anos. Só que, já se väo 43 que ela se foi, exato no dia 09.07.1.974, por uma fatalidade, no dia do meu aniversário de 20 anos.

Nazaré tinha uma história muito peculiar. Sua mãe, segundo dizem, uma preta bonita ainda jovem foi trazida do povoado Chapadinha, ( hoje anexado á zona urbana de Teresina, através da Santa Maria da Codipe), para trabalhar como doméstica na casa dos patrões. Chapadinha era propriedade da família Castelo Branco, uma das mais ilustres e abastadas do Estado do Piauí. Pois bem, Francisca caiu nos encantos de um dos membros da família e engravidou. Imediatamente a devolveram para Chapadinha. No ventre, uma filha que viria a ser batizada com o nome de Nazaré. Todos os membros da família de Francisca eram e são de cor preta. Nazaré nasceu branca como são seus parentes sanguíneos paternos, como se diz: pra tirar a mãe da culpa.

Francisca veio a casar-se com Honório Eduardo das Neves, que criou Nazaré como se fosse sua filha, ( mas não registrou ) e tiveram outros cinco filhos e filhas ( todos de cor preta )

Nazaré foi, portanto, criada praticamente confinada em Chapadinha e nunca estudou, sequer aprendeu ler ou escrever.

Ainda muito nova, conheceu Estevam, um lavrador galanteador que morava do outro lado do rio Parnaíba, no povoado São Gonçalo, do lado maranhense, que atravessou o rio e conquistou seu coração jovem, com quem começou a namorar. Namoro ia firme, mas Estevam, mulherengo, arrumou outra namorada em São Gonçalo ( De nome Francisca ), com quem se casou. Do casamento nasceram cinco filhos e filhas: Joåo, Maria do Carmo, Luciano, Teresinha e Francisca.

O casamento durou dez anos, e Francisca ( esposa de Estevam ) veio a falecer.

Nazaré sempre em sua vida pacata, estava prestes a casar-se, quando Estêvam, viúvo, dez anos mais velho e cheio de filhos pequenos, apareceu novamente e com seus encantos, convenceu Nazaré a casar-se com ele. Coisas do destino e do amor.

Estevam e Nazaré tiveram seis filhos: Eu, Célia, Alberto, Estevinho, Socorro e Orcélia. Nazaré , portanto, criou e ajudou na criação de 11 crianças. Nos 12 primeiros anos em São Gonçalo, numa vida dura cuidando da casa com tanta gente, e depois, outros 10 anos na zona urbana, quando o casal resolveu se deslocar para que pudéssemos dar sequência aos estudos. Implantaram 18 canteiros suspensos no quintal de nossa casa na beira da linha férrea que nos entregaram para cuidarmos puxando água de um poço cacimbão. Meu pai foi vender numa pequena quitanda na Avenida Maranhão com rua Lisandro Nogueira e dona Nazaré colocou uma banca para venda de verduras no mercado central em Teresina, onde sempre que possível eu a ajudava.

NAZARÉ, algum tempo depois começou a se queixar de dor de cabeça, sua saúde foi debilitando e se agravando de médico em médico, de hospital em hospital, veio a falecer aos 47 anos.

Sempre tive curiosidade,  pois no meu registro de nascimento não constava o nome do meu avô paterno. Minha mãe nunca permitiu falar do assunto. Os outros membros da família também sempre se recusaram a tratar da questão.

Na beira da linha, conheci dona Rosa, uma preta que lavava roupa para os ricos em Teresina. Soube de minha curiosidade, sobre meu misterioso avô paterno, e me falou que sabia parte da história, alcançada através de convivência em tarefas caseiras, na casa de um dos Castelo Branco. Contou-me o que sabia ( ou o que podia ). Conversei superficialmente com uma tia e guardei mais algumas informações.

Depois de muitas batalhas e já formado em Engenharia, no final da década de oitenta, já ensaiando a entrada na política, fui dar uma entrevista na TV clube. Terminada a entrevista, fiz algo que havia decidido depois das investigações. Atravessei a Avenida Valter Alencar e entrei naquela casa em frente, que tem dois leões no muro. Tomado por um sentimento de muita curiosidade. Fui recebido pelo dono da casa, um senhor simpático, pelas informações se tratava do Médico Dr Mariano Castelo Branco. Ele estava sentado na varanda e tinha assistido a entrevista. Depois da apresentação conversamos por alguns minutos. E veio o momento: Perguntei àquele senhor se ele se lembrava de Nazaré, egressa de Chapadinha, e que por um tempo foi vendedora de verdura no mercado central. Ele imediatamente lembrou. Aí eu falei: sou filho dela. Ele tomou um susto e acrescentou que na verdade quem conhecia Nazaré era uma irmã sua (Bizinha, se nāo me engano ), que morava na ladeira do Uruguai. Falei que queria apenas saber das minhas origens. Mas o Doutor interrompeu a conversa e fui embora. Parece que ele julgou que eu estivesse atrás de algo, talvez de interesse material, coisa que nunca nos moveu. Queria apenas checar as coisas. e se possível conviver. Mas apesar do desapontamento, confesso que vi naquele homem os “traços” de minha mãe.

Passados alguns anos, eu estava no primeiro mandato de Prefeito de Timon e fui convidado para uma festa de lançamento de um jornal numa casa de eventos em Teresina. Muita gente, inclusive o Reitor da UFPI, Dr Anfrisio Neto ( Anfrisio Lobāo Castelo Branco Neto ), que na arrumação da festa, acabamos ficando na mesma mesa. Falei que tinha sido, durante sete anos, aluno da Escola Industrial e Escola Técnica Federal, ( depois Cefet e hoje IFIP ) e que tinha à época assistido a uma palestra proferida por ele ainda muito jovem, que versava sobre Jornada Problemática da Juventude. Ele ,claro, achou interessante eu guardar detalhes. Em seguida, numa agradável conversa e depois de alguns goles de whisk, falei sobre a Chapadinha e perguntei se por acaso ele já tinha ouvido falar em uma pessoa de nome Nazaré que seria filha de um dos membros de sua família com uma preta chamada Francisca. Ele não lembrava direito, mas deu a entender que sabia algo e levou na esportiva. Em tom humorado, passou a me chamar de parente. Foi o único momento que senti a presença, mesmo superficialmente de um “parente” sanguíneo do avô paterno que nunca conheci. Pelo que sei, mesmo tāo perto, Nazaré nunca conviveu com nenhum deles.

Minha mãe era uma criatura maravilhosa. Tinha um coração de ouro. Mesmo pobre, sempre que vinha do mercado, o pouco que lhe sobrava ainda dividia com quem precisava mais.

Depois que ela se foi, a rede globo exibiu uma novela, cujo título era o do personagem principal ( dona Xepa ) que era interpretado por Iara Cortes e eu sempre via nela, DONA NAZARÉ.

...Sempre quis, e fez tudo que pôde para eu me formar, mas partiu sete anos antes do que seria de certa forma, um dia de resgate da sua “origem nobre” que lhe foi negada conviver. Sendo originária das duas extremidades da pirâmide social só lhe foi possível conviver com um. Mas a sua luta propiciou que avançássemos na busca de espaço como que em recompensa à sua história de Vida.

Dia 18/02/2017 ( um sábado ), seria seu aniversário de 90 anos e com certeza teria uma grande festa, hoje já com dezenas de netos e netas, e vários bisnetos e bisnetas. Dois dos Netos com mandatos ( Luciano e Rafael ).

Que DONA NAZARÉ não me recrimine por externar essa história que até então pouca gente conhecia, mas o faço em homenagem à sua história de superação e bondade.

Que Deus a tenha, pois há 42 anos e sete meses, fomos privados de sua bondosa convivência.

Eng Chico Leitoa

Fevereiro de 2017

Sabiá Dá Sorte com R$ 20 mil reais em prêmios neste domingo

E PRÊMIOS DE R$ 100,00 NAS RODADAS DA SORTE

O Sabiá dá Sorte traz neste domingo R$ 20 mil reais em dinheiro dividido nas várias faixas de premiação.

E tudo isso por apenas R$ 6,00 (seis reais) no seu termo de doação.

Confira a premiação completa:

1º PRÊMIO: 01 poupança de R$ 1.000,00 reais

2º PRÊMIO: 01 poupança de R$ 1.000,00 reais

3º PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2.000,00 reais

4º PRÊMIO: 01 poupança de R$ 15.000,00 reais

Isso mesmo. Uma poupança de R$ 10 mil reais no prêmio principal.
Ao adquirir sua cartela do Sabiá dá Sorte, você estará ajudando o projeto da escolinha de base do Sabiá Futebol Clube.

E atenção!

O sorteio será transmitido ao vivo pela TV Sinal Verde canal 11, a partir das 9h e por rádios nas cidades de São João do Sóter (FM Nova Cidade), Codó (FC FM), Coelho Neto (Cidade Livre FM e Rádio a Cabo Vitrine) e Aldeias Altas (Ômega FM).

Não fique de fora!

Ministro da Saúde garante a prefeitos rever questão da per capita no MA

Em reunião realizada na última quinta-feira (16) com prefeitos e deputados maranhenses, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu a revisão do teto da saúde no estado, atendendo à reivindicação da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, cujo presidente, prefeito Cleomar Tema (Tuntum), destacou ser a hora de uma força tarefa para que estabeleça pelo menos a média nacional quanto aos valores repassados às cidades.

O encontro com o ministro foi parte de um movimento deflagrado pela FAMEM, que levou 90 prefeitos à Capital Federal e, no dia anterior, recebeu a adesão do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. O parlamentar disse que iria se empenhar pessoalmente para que o Governo Federal venha a equacionar o problema mostrado pelos gestores municipais do Maranhão.

No Ministério da Saúde, Tema destacou que o Maranhão está sendo penalizado ao figurar na 25ª posição no ranking nacional em relação aos valores da per capita. O diretor administrativo da FAMEM, Gildásio Ângelo da Silva, mostrou dados estatísticos mostrando a falta de critérios da União quanto à divisão dos recursos entre os estados.

Os deputados federais Juscelino Filho (coordenador da bancada), Pedro Fernandes e Cleber Verde, que acompanharam os prefeitos, fizeram gestões junto ao ministro e garantiram que estão empenhados em pavimentar caminho para um encontro da Federação com o presidente Michael Temer.

“Vamos atuar  em diversas frentes. Na parte técnica, a FAMEM começará, a partir de agora, a elaborar estudos quanto às demandas médicas hospitalares e também para a formatação de uma nova PPI, já que estamos atrasados nesse quesito”, destacou o líder municipalista.

No encontro com o ministro da Saúde, o grupo municipalista recebeu também o reforço da suplente de deputada federal Rosângela Curado; da secretária de Saúde de São Luis, Helena Duailibe; e dos deputados estaduais Rogério Cafeteira (líder do Governo na Assembleia), Rafael Leitoa, Levir Pontes, Antônio Pereira e Stênio Resende.

Presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Vinícius Araújo também se manifestou, ressaltando a necessidade de se estabelecer uma plataforma de trabalho urgente com vistas a reverter o quadro em que se encontra o Maranhão com relação ao teto da saúde.

Diversos prefeitos aproveitaram a ocasião para mostrar problemas de seus respectivos municípios. Ao final da reunião, o Cleomar Tema se mostrou esperançoso quanto ao futuro, destacando ainda que os deputados federais foram importantes, por conta do auxílio que deram aos prefeitos na jornada.

Ele também agradeceu o apoio dos deputados estaduais que acompanharam os prefeitos.

Tema disse ser inconcebível que o Piauí, com praticamente a metade da população do nosso estado, seja contemplado com uma per capita de R$ 225,00, enquanto que o Maranhão recebe apenas R$ 158,00.

“Isso vem mostrar claramente que tal distribuição não obedece a critérios técnicos, mas políticos, levando-se em conta que, antes do atual ministro da Saúde, a pasta foi ocupada, pelo período de três anos, por um deputado federal do Piauí”, destacou o presidente da entidade municipalista. (ASCOM FAMEM)

Em Caxias, ruas começam a ser decoradas para o carnaval

17.2.17
As ruas da Princesa do Sertão começaram a receber os primeiros enfeites alusivos ao carnaval. Neste ano, a festa momesca acontecerá entre os dias 24 e 28 de fevereiro, com prévias marcadas para esse fim de semana, dias 18 e 19.

A decoração teve início pelo Centro Histórico. Ela valoriza os elementos tradicionais do carnaval como as máscaras, a imagem simbólica dos passistas de frevo e a multiplicidade de cores das fitas representando a alegria da folia.

Segundo a Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo, Esporte e Juventude, os adereços carnavalescos estão sendo colocados nos locais onde ocorrerá a programação do carnaval "Folia que a gente quer", da Prefeitura de Caxias.

"Hoje o centro amanhece com cara do novo carnaval de Caxias. Nossa ornamentação remete aos antigos carnavais, aqueles com marchinhas, das famílias. Folia e alegria na cidade, essa é a proposta do prefeito Fábio Gentil", frisa o secretário de Cultura, Arthur Quirino.

O carnaval de Caxias contemplará o Centro Histórico, a Avenida Senador Alexandre Costa e o Complexo Turístico de Veneza.

Fonte: João Lopes/Portal Noca

"Jardineira" anima prévias do carnaval de Caxias nesse fim de semana

A Princesa do Sertão está pronta para a temporada oficial do reinado de Momo. E para abrir as prévias carnavalescas, que acontecem já nesse fim de semana, o município recebe pela primeira vez a "Jardineira" (veículo adaptado que serve de palco para uma banda de música animar a comunidade).

No sábado (18), a festança com a Jardineira começa às 16h, com concentração no Excelsior Hotel. De lá, segue em cortejo por ruas do Centro Histórico, que contarão com grupos de reisado, escolas de samba, tambor de crioula e capoeira. (Veja abaixo o percurso).

A folia continua no domingo (19), dessa vez no Complexo Turístico de Veneza. Das 13h às 16h30, a Jardineira fará a animação dos visitantes e banhistas do balneário.

Outra novidade é que na Jardineira, a Lira Municipal (banda de música do município) se transformará na "Banda Frevo e Folia". Ela é quem vai animar o público com as tradicionais marchinhas carnavalescas.

O evento faz parte da programação momesca "Folia que a gente quer", promovida pela Prefeitura de Caxias, através da Secretaria de Cultura, Esporte, Juventude e Turismo. "Hoje começamos a ornamentar as vias que a Jardineira vai passar. Pretendemos com a Jardineira fazer o resgate do carnaval antigo, que as pessoas possam se fantasiar, uma festa para toda a família", destaca o secretário de Cultura, Arthur Quirino.

Folia que a gente quer

O carnaval da Prefeitura de Caxias acontecerá entre os dias 24 e 28 de fevereiro. Segundo a Secretaria de Cultura, a programação oficial com locais, horários e atrações será divulgada na próxima semana.

Fonte: João Lopes/Portal Noca

Rafael Leitoa desmente Alexandre Almeida e desconstrói circo armado pela oposição

16.2.17
"Taca é bicho que dói e dói mesmo", brincou Rafael Leitoa sobre a derrota por mais de
10 mil votos sofrida por Alexandre Almeida em 2016 (JR Lisboa/Agência AL)

A visita do secretário de infraestrutura do estado, Clayton Noleto, à Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira, era vista pelos deputados de oposição como uma justificativa para a derrota nas últimas eleições. Convidado via Requerimento do deputado Edilázio Júnior (PV) para esclarecer dúvidas sobre o Mais Asfalto, Clayton Noleto se apresentou ao circo armado pela oposição.  Com "pegadinhas" de todos os tipos e sendo abordado por diversos temas, o secretário manteve um tom de respeito e procurou responder o que foi questionado.

Alexandre Almeida, Mais Asfalto e Eleições de Timon

Com participação de diversos deputados, após a fala de Alexandre Almeida (PSD), uma das viúvas chorosas das últimas eleições, o deputado Rafael Leitoa (PDT) subiu à tribuna para suas considerações e questionamentos. O deputado pedetista discordou da pauta de que o Mais Asfalto seria um programa eleitoreiro, reforçando que em Timon, fonte das reclamações de Almeida, as obras de asfaltamento iniciaram no primeiro semestre de 2015. Outro ponto rebatido por Rafael Leitoa é o discurso cansativo de Alexandre sobre os recursos oriundos do BNDES.

“Em Timon, o Asfalto do programa do BNDES, sob a ordem de serviço do dia 17 de junho de 2014, apenas 15 dias antes do início do período eleitoral, nobre colega Alexandre, que não se encontra mais no Plenário, a oposição criticava tanto esse empréstimo em 2014 porque esse recurso era para isso, para fazer campanha eleitoral naquele ano. E olhem só, no final de setembro tem uma ordem de paralisação da obra, este contrato é da Construtora HS, que por sinal é a única obra de asfaltamento em Timon com recurso do BNDES”, alertou Rafael Leitoa.

Rafael Leitoa apresentou documentos onde o início das obras e as paralisações, em Timon, ainda no governo de Roseana Sarney, foram, coincidentemente, antes e depois das eleições, respectivamente. O deputado Rafael criticou a postura de omissão de Alexandre Almeida, quatro anos deputado líder de Roseana na Assembleia e presidente da Comissão de Constituição e Justiça, período que o deputado não se preocupou em destinar recursos para asfaltamento em Timon.

“Taca é bicho que dói, dói mesmo, e Alexandre Almeida não se conforma que mais de 11 mil timonenses não lhe querem como prefeito da cidade e ele fica procurando argumentos, mas isso tudo é praxe do deputado, inclusive o linguajar e as encenações aqui na Assembleia”, completou Rafael Leitoa.

Prefeito de Caxias concede piso salarial acima da média nacional para professores

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), encaminhou à Câmara de Vereadores, nesta quarta-feira (15), o projeto de lei que dispõe sobre o reajuste do piso salarial do magistério municipal.

Conforme o projeto de lei, o percentual a ser reajustado anualmente para os professores municipais de Caxias é de 9%, acima da média nacional, que é de 7%.

"O aumento concedido pelo prefeito precisava ser regulamentado. Eu encaminhei o projeto de lei à Comissão de Constituição de Justiça para dar o parecer, porque ele tramitou em regime de urgência urgentíssima", explicou o presidente da Câmara Municipal, o vereador Catulé.

Após apreciação dos vereadores e votação, o projeto foi aprovado por unanimidade e agora vai para sanção do prefeito.

Mais

Na tribuna, o vereador Magno Magalhães (PSD) parabenizou o aumento dado pelo executivo municipal. "Investir naquilo que é mais essencial para desenvolvimento da educação, que é o professor. Isso o nosso prefeito foi para frente. Com esse aumento de 9% já demonstra a boa vontade e a capacidade de reconhecer que a educação é a saída desse país".

Fonte: João Lopes/Portal Noca