Técnicos da Agerp são capacitados para realizar Cadastro Ambiental Rural na região da Baixada

8.5.16
Técnicos da Agerp, do Mais IDH e do STTR são certificados para atuar no CAR

Dando continuidade às capacitações sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), vinte e seis técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), do Plano ‘Mais IDH’ e movimentos sociais, que atuam na Regional de Viana, estão aptos para efetuar o CAR na região após serem certificados por meio de curso que iniciou dia 03 e encerrou neste sábado (07), em Viana.

Durante o curso, promovido pelo Sistema de Agricultura Familiar (SAF, Agerp e Iterma) em parceria com o Instituto Federal do Maranhão de Viana (Ifma), os técnicos tiveram aulas teóricas e práticas, ministradas pelo geógrafo da Agerp, David Gonçalves.

A realização do curso do CAR coincidiu com a Medida Provisória assinada na última quinta-feira, 05, pela presidente da República, Dilma Rousseff, que prorrogou para maio de 2017, o prazo para inscrição no CAR dos imóveis com até quatro módulos fiscais.

De acordo com o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, a prorrogação vai dar mais uma oportunidade para aqueles que não conseguiram inscrever suas propriedades no CAR e a capacitação dos técnicos do órgão, do Mais IDH e do Sindicato Rural vai contribuir para que todos os agricultores familiares sejam beneficiados.

"Temos mais um ano para alcançar o maior número de propriedades de até quatro módulos fiscais se inscreverem para não perderem os benefícios que vêm com esse registro. A região de Campos e Lagos, apesar de muito bela é muito carente, e a capacitação dos técnicos da região permitirá que os pequenos agricultores se cadastrem e, assim, se habilitem a ter acesso às linhas de créditos e outros programas da agricultura familiar," ressaltou o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça.

O secretário da SAF, Adelmo Soares, destacou a importância de capacitar a equipe técnica para dar prosseguimento no registro dos imóveis no CAR com a prorrogação das inscrições.

"O CAR está agora sob coordenação do Sistema da Agricultura Familiar e a Agerp é nossa parceira nessa missão. Com o decreto da nossa presidente Dilma estendendo o prazo dará condições de nossos técnicos ajudarem os agricultores a inscrever no CAR, haja visto que a partir de 2017 a adesão ao CAR será requisito para acesso ao crédito rural. Então entendemos que essas capacitações são fundamentais para ampliarmos o número de imóveis no CAR e desenvolver a agricultura no estado," disse o secretário Adelmo Soares.

O técnico agrícola da Agerp de Viana, Evaldo Soeiro, um dos participantes do curso, contou que os técnicos da Regional estão aptos para ir à campo e fazer o CAR. "Muitos técnicos têm a noção de como é feito o CAR, mas faltava alguns pontos que não sabíamos, por exemplo, o conhecimento de Leis e de como é feito a demarcação de terras, e, agora, que estamos capacitados, é nosso dever cadastrar e ajudar os agricultores," falou o técnico Evaldo.

Pelo Plano ‘Mais IDH’, a técnica do município de Cajari, Vanessa Lago, explicou que o curso permitiu relembrar assuntos estudados na graduação e aprender novos que irão contribuir para atender melhor as famílias de agricultores. "Em Cajari, cadastramos 120 famílias no ‘Mais IDH’ e estamos capacitados para emitir CAR no município que não possui nenhum," pontuou Vanessa.

O Maranhão, conforme o geógrafo David Gonçalves, possui 45% de áreas cadastradas no CAR e com a prorrogação do prazo a meta é atingir 100%. "As capacitações estão sendo realizadas nas regionais que compõem o Sistema SAF e os técnicos que prestam Assistência técnica e extensão rural (Ater) vão auxiliar no cadastro. É uma premissa do Novo Código Florestal que os órgãos estaduais que coordenam o CAR realizem o cadastramento direto aos proprietários de imóveis rurais de até quatro módulos," finalizou David Gonçalves.

No curso, dividido entre aulas teóricas e práticas, os técnicos aprenderam sobre cartografia, cartografia digital e programas como Google Terra, além de noções do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar) e da Lei do Novo Código Florestal, conheceram o manuseio do GPS e foram a campo realizar o CAR.

Cadastro Ambiental Rural (CAR)

O CAR é o registro eletrônico das informações dos imóveis rurais com o objetivo de realizar planejamento, monitoramento, combate ao desmatamento ilegal e regularização ambiental. A inscrição dos imóveis é obrigatória para todas as propriedades rurais, sejam elas públicas e privadas, assentamentos da reforma agrária e áreas de povos e comunidades tradicionais. Devidamente inscritos no CAR, o proprietário passa a ter vantagens, como o acesso ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), Comercialização de Cotas de Reserva Ambiental (CRA) e acesso ao crédito rural.  

Até o dia 05 de maio de 2017, por meio de Medida Provisória assinada pela presidente Dilma Rousseff, prorroga o prazo de inscrição dos imóveis de até quatro módulos no CAR. E, a partir de 28 de maio de 2017, as instituições financeiras não poderão conceder crédito agrícola para os agricultores que não possuírem o CAR.

0 comentários:

Postar um comentário