Matões – Insistência em lançar Ferdinando Coutinho candidato a prefeito pode ser fim do poder de Rubens Pereira no município

17.9.15
Enrascada: Por pressão política, Rubens Pereira tem que lançar contra forte candidato 
de oposição, Elinaldo Colaço, o nada carismático Ferdinando Coutinho

A união do grupo do ex-deputado Rubens Pereira, de Matões, ao deputado Humberto Coutinho há cerca de 12 anos, trouxe muitos benefícios políticos para ambos os lados.

Essa união das famílias Pereira e Coutinho em solo matoense garantiu a hegemonia dessas duas forças no município.

Antes representando a família Coutinho no município, o caçula Edmundo, um advogado sem expressão, conseguiu a incrível façanha de ser vice-prefeito do lugar.

Sem jeito pras labutas políticas, Edmundo Coutinho foi ‘substituído’ pelo ex-vereador caxiense, Ferdinando, para representar a parte coutinhiana naquele pedaço de latifúndio maranhense.

Tão sem jeito como o irmão caçula, Ferdinando é do tipo de político que não é muito amado pelos mais humildes e que não desperta nenhum tipo de carisma entre as crianças.

Receioso de que possa perder as eleições no seu quintal por não ter um candidato muito palatável, Rubens Pereira põe as mãos na cabeça todos os dias em não saber qual a melhor saída. O desastre administrativo de Léo Coutinho em Caxias, que se reflete em toda a região, só piora o temor lá pras bandas de Matões, pois esse péssimo exemplo na princesa do sertão é um argumento a mais à oposição matoense na busca pelo voto.

E as oposições em Matões tem um nome com chance de fazer frente ao poder das duas famílias naquele município.

O ex-vereador Elinaldo Colaço comanda as oposições em Matões e juntos com outras lideranças podem surpreender nas eleições do próximo ano.

O apoio do deputado estadual Alexandre Almeida ao grupo oposicionista será fundamental na sucessão de Suely Pereira.

A rejeição das contas de Ferdinando Coutinho pelo TCE, no período em que ele comandou a Câmara Municipal de Matões, só aumentam a desconfiança de Rubens Pereira em continuar insistindo num nome considerado pesado demais para ser apresentado aos eleitores matoenses como o futuro administrador do município.

Fico só imaginando as fotos da campanha, onde possivelmente teremos imagens de Ferdinando Coutinho abraçando crianças.

Tadinha das crianças!

Corre, Rubens! O tempo está passando.

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Acho muito difícil isso acontecer,pois aquela região de Matões ainda funciona como "curral eleitoral" dos Coutinho,e ninguém peita eles lá.

  1. Anônimo disse...:

    Existem duas lideranças em Matões: a família pereira e a Coutinho. agora o chefe da clã pereira e empregado da assembleia, sobe o comando dos Coutinhos, sendo empregado do H.C ele Rubens Pereira vira refém dos Coutinhos e tem que tolerar o valentão Ferdinando Coutinho. Que Pena.

  1. Anônimo disse...:

    Existem duas lideranças em Matões: a família pereira e a Coutinho. agora o chefe da clã pereira e empregado da assembleia, sobe o comando dos Coutinhos, sendo empregado do H.C ele Rubens Pereira vira refém dos Coutinhos e tem que tolerar o valentão Ferdinando Coutinho. Que Pena.

  1. Anônimo disse...:

    Matões é também feudo do H.C. lá os Pereiras por ter se aliado aos Coutinhos vão levar vara como aqui em Caxias. Acabou o reinado do Rubens Pereira.

Postar um comentário