Em discurso na Câmara, vereador Neto do Sindicato relata o drama da falta d’água na zona rural de Caxias

22.9.15
O vereador Neto do Sindicato (PT) trouxe ao conhecimento dos vereadores, e do público em geral, a grave realidade por que passam várias comunidades da zona rural de Caxias com a forte estiagem que assola o campo.

O protesto do vereador aconteceu na sessão desta segunda-feira, 21, da Câmara Municipal de Caxias.

Na oportunidade, Neto enfatizou que o carro-pipa disponibilizado pela Secretaria de Agricultura do município, “não está conseguindo atender a demanda”.

As comunidades passam privação de água até mesmo para beber. Muitas vezes o secretário Manoel Silveira, atendendo o pedido de outros colegas desta Casa, faz uma programação para atender vários povoados, mas um carro-pipa apenas, é impossível atender todos as comunidades”, revelou o vereador, acrescentando que a falta de água “atinge os três distritos do município, e aqui no 3º distrito, por exemplo, no povoado Malhada de Areia, se o carro-pipa não vai, eles [os moradores] tem que caminhar até 3km pra pegar água no balde, na cabaça, para poder beber e muitas vezes essa água não serve pro consumo humano”, protestou o parlamentar que disse ainda que o problema atinge vários outros povoados.

A perfuração de poços, por meio de recursos da Codevasf, e que, após muito tempo, ainda não foram concluídos, também foi abordado pelo vereador. “Num povoado do 1º distrito, um poço que chegaram a furar mais de 100 metros, tá lá o buraco aberto no chão e água não tem e o que temos é a informação de que, [durante a perfuração] a empresa quebrou uma haste dentro e por isso retirou as máquinas e até agora não foi concluso para atender as comunidades”, disse.

No mesmo discurso, Neto disse que tem andando nos últimos dias nos povoados de Caxias observando a qualidade da água das comunidades e que a situação é grave. “Pude ver que a água que aqueles companheiros estão bebendo, quando você olha a água tá branca, parecendo até aquele tempo que se pegava água da cacimba e esperava minar pra poder tirar a água pra consumo”, relatou Neto pedindo uma solução urgente para o problema da falta d’água na zona rural do município.

Vários vereadores se sensibilizaram com o discurso de Neto do Sindicato, pois são conhecedores do problema, já que todos tem atuação em diversos povoados da zona rural de Caxias.

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Rapaz eles só "relata"e a população da zona rural fazer é sofre e ele e nem o prefeito não fazem nada para amenizar o sofrimento so sertanejo que sofre a falta de água

Postar um comentário