Prefeito vai aos bairros – Fazer o que e levar o que?

8.6.13
Estado de letargia do governo terá que
mudar de agora em diante
Numa tensa e longa reunião ocorrida na última quinta-feira, dia 06, no Palácio da Cidade, onde participaram além do prefeito Léo Coutinho todos os secretários municipais, o desgaste das recentes investidas da oposição foi tratado como uma ferida que se não receber o devido tratamento, tem potencial para matar o moribundo governo.

Entre cobranças de resultados em todas as pastas ficou acertado que algo deve ser feito urgentemente para reverter a crescente impopularidade.

Dados de uma pesquisa de opinião em que o governo foi avaliado negativamente não foi tratado, mas todos os presentes sentiram nas entrelinhas das falas do prefeito e de seus principais auxiliares que o governo cada vez melhor não está avaliado “assim como uma Brastemp”.

A primeira medida é colocar em prática uma ideia que, apesar de pouco tempo de governo, já era considerada antiga. É o projeto Prefeito no seu bairro.

O primeiro bairro que será ‘contemplado’ com o projeto será o esquecido e sofrido Salobro.

Muita gente graúda do governo vai estar por lá. Médicos e remédios que o cidadão não encontra no posto de saúde serão oferecidos numa fartura que nunca se viu.

A ordem é trabalhar (foto ilustrativa)
A limpeza nas ruas será feita por centenas de garis. Máquinas estarão recolhendo o lixo e os entulhos acumulados, assim como meio-fio e sarjetas serão pintados e ficarão um brinco.

A ideia é impactar e passar a imagem do agonizante governo como moderno e inovador.

Com isso, avaliam os mais otimistas, em dezembro o governo Léo Coutinho vai estar com os mesmos índices de aprovação que Humberto Coutinho terminou seu mandato.
Lixo será recolhido. (Mas só agora?)

Parece que ninguém ainda percebeu que a medida é paliativa, pois 3 ou 4 dias depois os moradores dos bairros visitados irão sofrer dos mesmos males dos demais dias do ano: a falta de médico, remédio e a sujeira acumulada nas suas ruas.

A prática política ensina que o pior político não é aquele que engana os outros, mas sim aquele que engana a si mesmo.


9 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Ação como essa demonstra mais uma vez como o Gov. subestima a inteligência da população, medidas estanques, uma demonstração de total despreparo para governar, é muita incompetência, para completar esse circo, sugiro que convide a Sec de Assistência Social para nesse dia fazer uma festinha.

  1. Marcia disse...:

    ei como agente faz pra ele vim no nosso bairro e decisão propia ou a pedidos dos moradores pois eu e a populaçao do sabia gostariamos desta visita pois nem agente de saude temos acho que e por q o sabia nao esta no mapa da cidade.

  1. Anônimo disse...:

    Camaradas,nesta guerra, não haverá vencidos nem vencedores,APENAS UM PERDEDOR,O POVO! Seria mito importante que o governo tomasse essa iniciativa de fazer um governo participativo,visitando os bairros, e vendo in loco como estão as ruas,a sujeira,os braços,ouvir o clamor do povo,visitar por exemplo o Hospital geral,a Carmosina Coutinho,Olhar de perto como estão sendo tratadas as Gestantes,as crianças,os acidentados, visitando as escolas no horário da merenda escolar,vendo a qualidade da merenda que oferecida as crianças.Mais, ao mesmo tempo, levando solução a todos os problemas,e aqui, em nome do povo desta cidade,faço um apelo a esses homens e mulheres,que mesmo comprando votos, são hoje legítimos representantes,deste povo, e com tais, precisam agir sem demagogia,sem interesse próprio,acabem logo com essa guerra entre vocês,sejam capazes de descobrirem o certo e o errado,aprovem aquilo que venha ser bom par ao governo e par a povo, reprovem aquilo que venha ser bom apenas para o governo,sejam governo,mais sejam coerentes,votem para o beneficio do povo,a oposição a mesma coisa,façam o papel de vocês,sem paião, e sim pela razão, esta guerra entre os colegas,não os levam a lugar nenhum,esta guerra implantada entre vocês, por A ou B,só eleva ainda mais o sofrimento de nossa gente,O prefeito quer acertar,vamos oportuniza-lo,vejo que as coisas estão erradas,muita coisa está errada,porém tem alvo positivo,mais, tem jeito.Humberto Coutinho, vive um inferno político,os amigos do poder começam a desaparecer,não precisam mais de sues favores que os levaram a serem homens ricos, e hoje atiram pedras naquele que um dia foi santo,é a vida Humberto Coutinho,muitas lágrimas serão derramadas,muitas cairão sobre seu rosto,mais nenhuma delas doerá mais do que aquelas sairão de seu coração ao imaginar o que catulé e Fabio gentil,e muitas outras pessoas estão fazendo com Você, em sua frente,tentam lhe confortar,na sua ausência o pau come.Que amigos são esses? aqui fica a minha esperança de que tudo volte a normalidade, que nosso povo volte a sorri na esperança de dias melhores principalmente se os vereadores assumirem a postura de verdadeiros representantes de nossa gente,já que foram legitimados com a eleição de cada um.
    POVO DE CAXIAS PRECISA DE UM GOVERNO COM POLITICAS PÚBICAS, VOLTADAS PARA ATENDEREM SUAS EXPECTATIVAS. EU SOU COBRA CORAL AMIGOS, PRONTA PARA DAR O BOTE

  1. Anônimo disse...:

    Carissimo Cobra Coral seu comentário foi preciso, mas a cobra que da bote é a cascavel.

  1. Anônimo disse...:

    Amigo, meu veneno é letal,ou mais letal do que o da cascavel.

  1. Anônimo disse...:

    Amigo, meu veneno é letal,ou mais letal do que o da cascavel.

  1. Anônimo disse...:

    Como esperiencia em ofidio posso afirma que o veneno da coral verdadeira e 9 vezes mais mortal que a c?asManual de orientação para elaboração de estudos de análise e avaliação de riscos. São Paulo: Cetesb, 1994cavel.

  1. Anônimo disse...:

    Não é atoa que sou Cobra Coral!!!ta vendo cobra sucuri!!inclusive teu nome ta no blog do irmão Inaldo,no chamado G7,

  1. Cobra sucuri disse...:

    Meu nobre cobra coral, nao fique inventando nome pra mim, saiba apenas que sou um critico contundente no que diz respeito a minha opinião, ao contrario de vc que só pensa em denegrir a imagem do governo, qdo na verdade vc faz parte dele .....cobra sucuri

Postar um comentário