Catulé reitera denúncias contra Fundação que vai fazer concurso público em Caxias

12.6.13
Catulé reforça denúncias contra Sousândrade
Na sessão desta quarta-feira, dia 12, na Câmara Municipal, o vereador Catulé voltou a abordar a denúncia feita na sessão anterior, de que o concurso público feito em Caxias durante o governo de Humberto Coutinho teria sido fraudado.

“O primeiro concurso público realizado por essa Fundação Sousândrade teve gente que ficou em 5° lugar e depois saltou para o 1° lugar”, disparou Catulé afirmando ainda que “os mais prejudicados foram aqueles que não tinham padrinho político”.

“E tem mais”, continuou Catulé: “Esse mesmo concurso teve 70% dos aprovados que não foram chamados para preenchimento das vagas”.

O vereador reforçou a denúncia e falou mais uma vez da oferta que a mesma Sousândrade fez ao prefeito.

“A Fundação ofereceu ao prefeito que indicasse as vagas que quisesse”, disse Catulé não sendo contestado por nenhum dos vereadores da base governista.

Catulé pediu ainda que a secretária de Educação, Silvia Carvalho, supervisionasse as provas que serão feitas.

“Gostaria que nas provas desse concurso, para preservar as vagas para os moradores de nossa cidade, fossem feitas com 70% do conteúdo sobre a história de Caxias e que a secretária Silvia Carvalho supervisionasse as mesmas”, pediu Catulé ressaltando a seriedade e a honradez da titular da pasta de Educação do município.

A vereadora Tays Coutinho, que foi citada na sessão anterior como beneficiada quando da realização do concurso público feito pela Fundação Sousândrade na gestão de HC, não estava presente no parlamento.

A denúncia de fraude no concurso público feito na gestão do ex-prefeito Humberto Coutinho e a possibilidade disso se repetir agora é assunto recorrente por toda a cidade.

Acredita-se que diante da gravidade da denúncia de Catulé, é imprescindível uma investigação do Ministério Público e coloca, desde já, suspeitas gravíssimas sobre a lisura do concurso público que será feito pela Sousândrade no município de Caxias.

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Gostei de tua materia,muito boa.

  1. Unknown disse...:

    É PLAUSÍVEL A DENÚNCIA DO VEREADOR CATULÉ QUANTO AS FRAUDES OCORRIDAS NO CONCURSO ACIMA REFERENCIADO. PORÉM, CONTAR COM A "COLABORAÇÃO" DE SÍLVIA CARVALHO, QUE MORRE POR HUMBERTO CUTIA JÁ SIGNIFICA QUE NÃO VAI DAR EM NADA. ASSIM COMO ACREDITAR QUE MINISTÉRIO PÚBLICO EM CAXIAS, PRESTE PRA ALGUMA COISA. SÓ LAMENTO...

  1. Unknown disse...:

    É PRECISO QUE AS DENÚNCIAS FEITAS PELO VEREADOR CATULÉ SEJAM APURADAS. MAS POR QUEM? EM CAXIAS/MA NÃO EXISTE MINISTÉRIO PÚBLICO, POIS SE EXISTE É PRA LÁ DE OMISSO. HUMBERTO CUTIA VEM ULTRAPASSANDO TODOS OS LIMITES E NINGÚEM FAZ NADA. DÁ A IMPRESSÃO QUE O DINHEIRO PÚBLICO MUNICIPAL VEM SERVINDO TAMBÉM PRA CALAR CERTOS "BRAÇOS" DO JUDICIÁRIO...

  1. Anônimo disse...:

    Saba, aqui surge uma grande duvida. Levando em consideracao que o concurso foi realizado em 2006, salvo engano, e o vereador catule sabia de tais fraudes, por qual razao o mesmo so veio a denunciar tais irregularidades somente agora, sete anos depois do ocorrido??? Essa nem freud explica!!!! So muito oleo de peroba na cara dessa turma???

Postar um comentário