Dino prevê ações no Tribunal Penal Internacional após pandemia no Brasil

29.4.21

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), avaliou hoje (29), em debate com o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão, que o atual governo brasileiro deve ser levado ao Tribunal Penal Internacional, “em algum momento”, após o fim da pandemia da Covid-19.

Os dois debateram numa live promovida por estudantes de Direito da UFRJ

“Hoje em debate com o ex-ministro Temporão, a convite dos estudantes de Direito da UFRJ, externei a minha avaliação jurídica de que, em algum momento, a pandemia no Brasil vai resultar em ações no Tribunal Penal Internacional, em face de crimes contra a humanidade”, escreveu Dino nas redes.

O comunista, é claro, mira no presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao fazer tal avaliação.

(Fonte: Blog do Gilberto Léda)

1 comentários:

  1. bocadoinferno disse...:

    Bem, em número de mortos por milhão de habitantes, o Brasil é o 23.o colocado em óbitos. Em vacina, hoje é o 4.o colocado. Antes do Brasil Bélgica, Itália, França, Estanha, Suécia, onde morreram, levando em contaa a populaçao, na lógica do Comuma, deevem ir primeiro, não. Ah! Ladrão-Governador que comprou respirador e não recebeu, vai antes ou depois?

Postar um comentário