100 famílias receberão títulos de suas propriedades na Vila Esperança

4.3.21


A Coordenação de Regularização Fundiária em Caxias (MA), localizada na Rua Siqueira Campos no Centro, realiza na próxima terça-feira (09), a entrega de títulos de propriedades a mais de 100 famílias da Vila Esperança. A entrega dos títulos vai acontecer na escola da comunidade durante a manhã e tarde. Pela manhã, serão entregues os títulos de propriedade às pessoas que tiverem iniciais de A até M; e, na parte da tarde, serão entregues os títulos de propriedade a pessoas com iniciais de N até Z.

“Cada morador vai se dirigir até a escola onde a gente vai fazer a entrega do título de propriedade individualizada de cada lote. A entrega será feita por ordem alfabética, onde na parte da manhã será das iniciais A até M e, na parte da tarde será das iniciais N até Z. É importante que somente as pessoas que vão receber compareçam, que é pra a gente controlar pra que não haja aglomeração”, destaca Ronyara Pimentel, coordenadora da Regularização Fundiária.

A comunidade passou por um cadastramento e foi analisado o perfil de cada família. “Foi feito um trabalho minucioso de cada família, identificando quem fazia parte do critério social e, quem fazia parte do perfil específico. Quem se enquadrou no perfil social teve a gratuidade de todo o processo, do começo ao final, até o registro da matrícula no Cartório, o custo foi todo da Prefeitura. Tivemos também casos específicos onde o morador arcou com sua planta georreferenciada e com a taxa de regularização fundiária”, lembra Ronyara Pimentel, coordenadora da Regularização Fundiária.

A regularização das famílias está permitindo que as pessoas, antes chamadas de invasoras, agora sejam as verdadeiras proprietárias dos locais onde vivem.

“Antes os moradores da Vila Esperança eram vistos como invasores, hoje, após a entrega desse título, eles vão ser considerados proprietários dos seus lotes. E, com essa documentação em mão, eles podem buscar crédito, junto aos bancos e, poderão fazer inúmeras ações em seus imóveis, enfim, uma série de benefícios”, reforça Ronyara Pimentel, coordenadora da Regularização Fundiária. (Da assessoria)

0 comentários:

Postar um comentário