Corredor junino itinerante 2019: sucesso na cidade e na zona rural de Coelho Neto

30.6.19

A Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizou o Corredor Junino Itinerante 2019. Foram seis dias de festa no interior e na cidade (de 24 a 29/06).

Na zona rural, as festividades aconteceram nos Polos Olho D'água Grande, Santa Maria, Taboca da Santa Paz e Carmo; na cidade, os lugares contemplados foram Bairro Bela Vista e Quadra de Esportes Tancredo Neves.

O Junino Itinerante reuniu grande público e contou com apresentações culturais locais: quadrilhas juninas, bandas, bumba meu boi e várias apresentações de danças e quadrilhas juninas, com a participação de alunos das escolas municipais. A festa teve também barracas com comidas e bebidas típicas.

O Corredor Junino Itinerante resume-se em uma palavra: SUCESSO. Os eventos, feitos dentro das possibilidades financeiras da Prefeitura Municipal, os não deixaram a desejar, pois a tradição foi mantida. Todos que fazem a cultura local tiveram espaço e deram o melhor de si nas apresentações. O real objetivo foi atingido: a valorização da cultura local.

O prefeito, Américo de Sousa, esteve presente e destacou a importância do evento. “Realizamos um evento, que é tradição em nosso município, e que sem sombra de dúvida propiciou lazer e diversão aos coelhonetenses. Foi uma festa organizada, bem acolhida pela população, que prestigiou em clima de paz e tranquilidade os artistas locais tanto das quadrilhas juninas quanto das bandas e bumba meu boi. O evento teve uma programação bastante diversificada e divertiu o público que compareceu e fez uma bela festa. Na oportunidade, agradeço todos que contribuíram para a brilhante realização do evento”.

Para a equipe de organização, o Corredor Junino Itinerante garantiu diversão e atingiu o real objetivo que foi proporcionar diversão e entretenimento a todos que prestigiaram os seis dias de festa.

Ontem, 29/06, última noite, o Corredor Junino Itinerante aconteceu na Quadra de Esportes Tancredo Neves, com as seguintes apresentações:
*Remix Nordestino - Escola Municipal Cristo Redentor.
*Dança do Carimbó - Escola Municipal Raimundo Guanabara.
*Dança Africana - Escola Municipal Torres Filho (Povoado Monte Alegre).
*Dança do Carimbó - Escola Municipal Cléber Sampaio.
"*Dança do Cacuxado - Escola Municipal Raimundo Bacelar (Povoado Buenos Aires).
*Dança do Carimbó - Escola Municipal Manoel Felipe de Oliveira (Povoado Bananalzinho).
* Junina Arco-íris do Cangaço.
* Bumba Boi Brilho Estudantil.
* Bumba Boi Brilho de Coelho Neto.

Prestigiaram o evento, o prefeito Américo de Sousa, acompanhado da primeira-dama, Iranete Sousa e da mãe, dona Benira, secretários e assessores municipais e público em geral.

X Enduro do Leste acontece nos dias 27 e 28 de julho em Caxias

29.6.19

O Enduro do Leste fará parte da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade 2019.

O Enduro do Leste, tradicional prova realizada em Caxias, sob supervisão do Trail Clube de Caxias - TCC, e da Federação Maranhense de Motociclismo, terá sua 10ª edição nos dias 27 e 28 de julho de 2019, sobe alguns degraus, incluindo agora uma nova modalidade em sua estrutura, Bikes, trazendo agora competidores de motos, e bikes.

O Enduro do Leste fará parte da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade 2019, pela união dos estados do Ceará, Piauí e Maranhão, valendo assim como 3ª e 4ª etapas da Copa.

O Enduro do Leste é também praticado com muito respeito à natureza, às leis de trânsito e regulamentos desportivos. Além de trabalhar em conjunto com os órgãos públicos e por onde passa, incrementa a renda da população local, aquece o comércio, promove a cultura e o esporte e incentiva o turismo da região, pois pilotos e suas equipes circulam em restaurantes, bares, hotéis, postos de combustível, entre outros, ajudando assim no desenvolvimento sócio econômico da cidade. O evento movimentou na sua última edição cerca de R$ 350 mil na economia local.

A prova terá início em Caxias e se deslocará num diâmetro de aproximadamente 30 km, na região do Leste Maranhense, onde haverá um neutralizado em postos de combustível e é onde espectadores locais assistem o entra e sai de pilotos na região, favorecendo assim um breve desenvolvimento local e aumento do nível de circulação no município. De lá se desloca de volta ao município de Caxias, onde terá muitos percursos técnicos e de muita adrenalina para os pilotos e demais participantes. (Da assessoria)

Vereador Catulé apoia festa junina no povoado Nazaré do Bruno

28.6.19

Foi realizado, na noite desta quinta-feira (27), o Arraiá da Unidade Integrada Municipal Nossa Senhora de Nazaré, no ginásio poliesportivo do povoado Nazaré do Bruno. Há 17 anos o evento é apoiado e prestigiado pelo vereador Catulé.

“O vereador Catulé nos ajuda em tudo, não só em eventos assim. Ele é mais do que o nosso intermediador, muitas vezes é ele mesmo quem resolve. Então, a importância do festejo junino na comunidade é marca registrada do trabalho dele”, declarou a diretora escolar Edna Sousa.

A festa junina reuniu centenas de moradores da região e autoridades do Município, entre elas, a coordenadora de Educação no Campo, Sandra Moura; o diretor de operações do SAAE, Reinaldo Ferreira; o coordenador da Secretaria de Administração Alderico Neto; o assistente Nemias Negreiro e o secretário adjunto da Secretaria de Indústria e Comércio, Cafifa.

O evento contou com apresentações de xaxado; da quadrilha Flor Junina; do Grupo de Dança Nordestina; da Zumba Junina do CRAS de Nazaré do Bruno; da quadrilha Espaia Braza; da quadrilha Tradição Junina, e; do bumba-meu-boi O Prometido, da cidade de São João do Sóter.

Catulé avaliou positivamente a festividade. “É tradição dessa localidade os professores e a comunidade festejarem São João e São Pedro com quadrilhas, bumba-meu-boi, apresentações diversas. A população prestigia aqui no ginásio, nas ruas, nas escolas, sempre presente; e se está sempre presente apoiando é por que aqui as coisas são organizadas. É por essa razão que patrocinamos essa grande festa popular”.

Audiência do Orçamento Participativo é realizada em Caxias

27.6.19

O evento foi promovido pelo Governo do Estado.

Nesta quinta-feira (27), representantes dos municípios de Caxias, Aldeias Altas, Coelho Neto, Duque Bacelar, Buriti Bravo e São João do Sóter tiveram a oportunidade de opinar sobre o destino dos recursos públicos e quais são as prioridades. O evento, realizado no auditório do Centro de Estudos Superiores de Caxias (Cesc/Uema), foi promovido pelo Governo do Estado.

Representantes dos mais diversos segmentos sociais estiveram na audiência pública que discutiu o Orçamento Participativo 2019 e Plano Plurianual 2020/2023 para a microrregião de Caxias.

O secretário de Estado de Turismo, Catulé Júnior, esteve no ato representando o governador Flávio Dino. “Nosso governo democrático vem a todas às regiões do estado do Maranhão ouvir quais são as demandas e as prioridades de cada localidade, para depois inseri-las no nosso orçamento e executarmos aquilo que a população espera”, destacou o gestor.

Representando a Câmara Municipal de Caxias, o vereador Ximenes disse “da satisfação em participar do evento, que não é o primeiro na cidade, e parabenizar o Governo do Estado pela iniciativa. Nada melhor do que uma reunião como essa, onde temos muitas inteligências, sabemos da realidade das nossas regiões e podemos, ao final do encontro, fazer com a nossa realidade possa chegar bem mais próxima do Estado”.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, também elogiou a ação. “Eu sempre tenho dito que as melhores decisões são aquelas tomadas de forma coletiva. Em momentos como esse é que mostram a importância daquilo que é mais necessário nos municípios, e da parceria com a esfera estadual para as coisas funcionarem”. (Portal Noca)

COELHO NETO - Corredor junino itinerante contagia público no povoado Taboca da Santa Paz


Muita música, forró, comidas típicas e animação fizeram parte da terceira noite junina, no Povoado Taboca da Santa Paz, realizada pela Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. 

A programação cultural da festa contou com apresentações do povoado e região, Bumba Meu Boi Brilho de Coelho Neto (Coelho Neto), Junina Beija-flor do Barreto e Junina Bakacana Civilizados (Coelho Neto-MA), atração musical: Forrozão o Som dos Paredões (Coelho Neto-MA).

As Escolas Municipais do Povoado Taboca da Santa Paz e região deram um show de arte e emoção, e encantaram o público com as belíssimas apresentações:

Escola Municipal Papa João XXIII – Apresentação das tradições culturais do Estado de Sergipe.
Escola Municipal Vanda Bacelar (Povoado Vila de Fátima) - Dança da Peneira.
Escola Municipal José Dias Torres Filho (Povoado Monte Alegre) – Dança Africana.
Escola Municipal Santa Rosa (Povoado Taboca dos Bois) – Dança Country.

“Podemos dizer que a festa junina se concretiza também em um ato de confraternização entre as pessoas, pois o que se tem visto durante os eventos é um clima de paz e harmonia entre as comunidades, ou seja, a festa se caracteriza em um importante momento de socialização e diversão da população”, destacou o secretário Adjunto de Cultura, Toinho da Cultura.

Em seu pronunciamento, a Diretora do Boi Brilho de Coelho Neto, Kinha Santos, enfatizou: “O nosso Batalhão e toda comissão organizadora se sente feliz em voltar aos arraiás e poder participar dessa festa maravilhosa que traz cultura e alegria para a zona rural. Parabenizamos a Prefeitura de Coelho Neto por realizar essa festa, nos orgulhamos de trazer para o corredor junino itinerante o resultado de um trabalho feito com muito amor, que é a apresentação do nosso boizinho”.

Visivelmente emocionado, o professor Wilson Júnior, da Escola Municipal Papa João XXIII, deixou claro em suas palavras a alegria de receber o Corredor Junino Itinerante: “A nossa comunidade e região vivência algo que nunca existiu por aqui. Uma festa bonita que traz para nós o brilho das festas juninas. Aqui nos mobilizamos e reunimos a região deste polo para receber o corredor junino em nosso povoado. Agradeço cada escola do polo, cada morador e parabenizo o prefeito Américo de Sousa por lembrar da gente e trazer para cá a programação junina que além de nos dar alegria, dá espaço para os moradores venderem comidas e bebidas, gerando renda extra por meio da festa”.

O prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa, ressaltou que a Prefeitura de Coelho Neto, com apoio das secretarias municipais, está realizando um Junino Itinerante bem participativo, organizado e com sucesso de público, levando alegria e diversão à zona rural do município. “A realização do Corredor Junino Itinerante é uma forma de mantermos viva as manifestações culturais do nosso município, sendo essa também uma forma de movimentar o comércio local, gerando renda, com significativa valorização da cultura popular e resgate das nossas tradições”.

A Escola Municipal da Taboca dos Bois e região realizaram belíssimas apresentações. A Secretária de Educação e Cultura, Williane Caldas, agradeceu gestores, coordenadores, professores, pais, alunos e comunidades pelo empenho, participação e dedicação, nesses dias de festa, uma visível homenagem das nossas escolas à cultura popular.

Marcaram presença no evento o prefeito Américo de Sousa, o vereador Júnior Santos, secretários e assessores municipais, lideranças da região, artistas e integrantes do Som dos Paredões e quadrilhas juninas, escolas municipais participantes, moradores do povoado e público em geral. (Da assessoria)

Zé Gentil destaca festa junina organizada em Caxias pela prefeitura


O parlamentar também comemorou a antecipação da folha de pagamento dos funcionários municipais.

Em pronunciamento na sessão plenária dessa terça-feira (25), o deputado Zé Gentil (PRB) destacou o lançamento da festa junina no município de Caxias. Para ele, a nova estrutura do São João deixou a cidade mais moderna. O parlamentar também comemorou a antecipação da folha de pagamento dos funcionários municipais e falou da inauguração de obras na área de Educação.

Em seu discurso, Zé Gentil apresentou aos parlamentares a sua satisfação em representar o povo de Caxias pelos benefícios que a cidade vem recebendo na gestão do atual prefeito Fábil Gentil e apontou a modernidade da festa junina no município como um dos pontos de aceitação dos caxienses.

“Sinto-me parabenizado pela aceitação do povo de Caxias com o São João. Organizamos uma festa que poucas cidades fizeram. Realizamos um São João moderno, um São João onde houve a participação mais ou menos de 23 quadrilhas de outros municípios”, comemorou o deputado.

Na ocasião, Zé Gentil anunciou a antecipação da folha de pagamento dos funcionários de Caxias devido ao período junino. Segundo ele, a iniciativa não prejudicará os trabalhos da gestão municipal, apenas aquecerá a economia local.

“A minha maior satisfação é que tivemos a iniciativa sem que  prejudicasse o trabalho do município, com a folha de pagamento em dia. Portanto, na semana passada, já tínhamos pago a metade do décimo terceiro e, agora, essa semana, antes do inicio do São João, pagamos o salário de Junho, antecipando  como sempre o salário com a folha de pagamento em dia. Isso para mim é um orgulho e uma satisfação. Deus tem nos ajudado. São poucas as cidades ou talvez nenhuma cidade do Brasil tenha feito isso, mais Caxias fez”, declarou.

Obras na cidade

Ainda na tribuna, Zé Gentil aproveitou para destacar a inauguração de uma escola com 1.560 metros de área em homenagem a Ezíquio Barros, ex-prefeito de Caxias, e a construção de um espaço com três mil metros quadrados para práticas de esportes e lazer na Vila Paraíso.

“Fizemos a inauguração de um colégio com 1.560 metros de área, com vários tipos de esportes, com salas ampliadas aonde colocamos o nome em homenagem ao nosso grande amigo Ezíquio Barros, ex-prefeito de Caxias, lá da Vila Paraíso. Estamos construindo no Parque da Cidade, onde foi feito o São João, um espaço com três mil metros quadrados para todo tipo de esporte”, finalizou.

(Fonte: Agência Alema)

Espaços abandonados em Caxias viram grandes cartões postais


Espaços que antes serviam de abrigo para vândalos na cidade, o Mirante da Balaiada, no Morro do Alecrim, e a Praça da Chapada (Dom Luís Marelin) são considerados hoje os maiores cartões postais de Caxias. Os locais foram revitalizados na gestão do prefeito Fábio Gentil e costumam receber diversos caxienses e turistas todos os dias.

Alunos, turistas e o público em geral. Todos passam diariamente ou já passaram por esses locais e conseguem perceber a diferença. O Mirante, além de valorizar o monumento símbolo da Balaiada, concentra hoje grande área de lazer, jardim botânico, praça de alimentação e quiosques para a comercialização do artesanato local, Casa de Leitura e Biblioteca, minizoológico e córrego artificial.

Conta também com o Memorial da Balaiada, que foi reformado à época da inauguração do Mirante e abriga uma sala de exposição permanente com um acervo eclético de caráter histórico, mobiliário de época e materiais encontrados durante as prospecções arqueológicas realizadas no local. O espaço fechou 2018 com mais de 70 mil visitantes após a inauguração do Mirante.

“Aqui era um local abandonado mesmo, servia de ponto para vândalos e drogados. Depois da revitalização ficou um espaço bonito, agradável de se estar. Quando eu saio da escola, sempre venho para cá sentar com os amigos e jogar conversa fora”, destaca a estudante Laís Gomes.

A Praça Dom Luís Marelim, mais conhecida como a Praça da Chapada, foi reinaugurada em dezembro de 2017. O local é hoje um dos mais belos logradouros públicos do estado do Maranhão.

Com um investimento que ultrapassou os R$ 2 milhões e 800 mil, a Praça conta hoje com sete playgrounds; fonte luminosa musical e interativa; 11 aparelhos de academia; 13 lixeiras seletivas; refletores em cada árvore plantada; 32 bancos; internet gratuita; 44 luminárias em LED; busto de Dom Luís Marelim; 02 quiosques, além de um belíssimo espaço com arquibancada coberta para apresentações culturais e manifestações religiosas; e pista de cooper. Tudo isso com total segurança.

“O Mirante da Balaiada, que há bem pouco tempo era um local deserto e servia de abrigo de vandalismo, hoje serve para receber turistas e caravanas de estudantes de outras de cidades. A Praça Dom Luís Marelim, que também era um espaço meio que perdido no centro, hoje é um verdadeiro palco de apresentações e manifestações culturais. É o Prefeito Fábio Gentil, com suas brilhantes e assertivas ideias, juntamente com toda sua equipe da SINFRA, transformando Caxias na cidade que a gente quer”, conclui o secretário de Infraestrutura Murilo Novais. (Da assessoria)

Em artigo na Folha, Flávio Dino aponta ‘corrupção da Lava Jato’

26.6.19

A corrupção da Lava Jato

Fernando Haddad
Flávio Dino
Guilherme Boulos
Ricardo Coutinho
Roberto Requião
Sônia Guajajara

“Canalhas! Canalhas!”, bradou o saudoso Tancredo Neves ao ver o Congresso ser utilizado como instrumento para o golpe de 1964. Em 2018, o Brasil viveu cenário análogo, só que o golpe se materializou pela atuação de um juiz, o que justifica indignação similar à manifestada por Tancredo naquela tenebrosa noite.

Não se trata de questionar a justa e necessária luta contra a corrupção —que também é nossa, desde muito antes da Lava Jato. Mas, sim, temos indignação com o uso desta causa como manto para ocultar e atender interesses políticos e ideológicos escusos, inclusive com grave violação à soberania nacional mediante “combinação com americanos”, conforme revelado em um dos diálogos publicados pelo site The Intercept.

Temos a certeza de que não foi um julgamento justo que ocorreu em 2018, na medida em que o objetivo principal era tirar Lula das eleições. Está evidente, mais do que nunca, que não houve tratamento igualitário às partes. O estranho andamento do processo estava à vista de todos: PowerPoint, condução coercitiva ilegal, escuta abusiva de advogados, correria desesperada para realizar os julgamentos. Tudo agora está explicado por intermédio das conversas publicadas pelo Intercept.
O juiz tinha animosidade pessoal contra o acusado, fornecia provas à acusação fora dos autos, combinava previamente petições e decisões. E havia um gritante desrespeito aos argumentos da defesa, que não eram verdadeiramente ouvidos. Afinal, tudo era um “showzinho”, nas palavras do então juiz.

Dizer que as condutas de Sergio Moro foram “normais” constitui uma agressão à Constituição, ao Código de Processo Penal e ao próprio Poder Judiciário. Não é normal um processo de fachada, em que o juiz presidia a investigação, ajudava a formular a acusação, indicava e produzia provas e, depois, sentenciava com base nos seus próprios conselhos e orientações transmitidos ao procurador amigo. Tampouco é normal um juiz atuar influenciando um resultado eleitoral e depois dele se beneficiar pessoalmente, ganhando o cargo de ministro da Justiça.

Flagrado nesse escândalo, Moro vive imerso em contradições. Ora diz que era tudo normal, portanto reconhece o teor dos diálogos; ora não confirma o teor das conversas. E se refugia, logo ele, na ilegalidade de interceptações e vazamentos.

Ocorre que não há provas, até o momento, de que os diálogos foram obtidos de forma ilegal, com ajuda de um hacker ou espionagem. Grupos de mensagens em aplicativos têm muitos participantes; qualquer um deles pode inclusive ter copiado arquivos e entregado legalmente, visto que o sigilo de fonte é garantido à imprensa. Ademais, a doutrina e a jurisprudência admitem o uso de qualquer prova, mesmo que tenha sido ilegalmente obtida, para preservar ou reestabelecer a liberdade de um acusado, em face do princípio da proporcionalidade.

Não se pode admitir que, escancarada a trama, permaneçam os envolvidos a ocuparem funções relevantes, podendo inclusive atrapalhar ou direcionar investigações. Moro perdeu completamente as condições políticas e morais de ocupar o Ministério da Justiça, que comanda a Polícia Federal. Deve ser imediatamente afastado do cargo.
Quanto ao ex-presidente Lula, este devia ter sido julgado por um juiz imparcial, que presidisse o processo e acompanhasse a produção de provas com seriedade e isenção.

Ninguém está acima da lei, mas também ninguém deve estar fora do seu âmbito de preservação de direitos. O processo que aconteceu em 2017 e 2018 é viciado desde a origem, e as “provas” usadas até aqui são totalmente nulas. Logo nulos são todos os julgamentos baseados no indevido conluio. Ódios políticos não podem ser maiores do que as leis. E, segundo as leis, a nulidade é imperativa, por ação dolosa e fraudulenta da dupla Moro e Dallagnol. Por consequência, Lula deve ser libertado e novamente julgado, desta vez segundo critérios justos.

A Lava Jato se ergueu em torno do tema da corrupção. Agora, mesmo os que a defendem têm o dever de afastá-la deste mesmo pecado: o da corrupção. Pois não há outra palavra para definir o que ocorreu nesse lamentável episódio. Os fins não justificam os meios. E fraudar os meios corrompe o direito e a Justiça.

Fernando Haddad
Ex-candidato à Presidência da República (PT)
Flávio Dino
Governador do Maranhão (PC do B)
Guilherme Boulos
Ex-candidato à Presidência da República (PSOL)
Ricardo Coutinho
Ex-governador da Paraíba (PSB)
Roberto Requião
Ex-senador da República (MDB)
Sônia Guajajara
Ex-candidata à Vice-Presidência da República (PSOL)

"Não sabemos se o governador do Maranhão também é governador de Caxias”, dispara Ximenes


"Não sabemos se o governador do Maranhão também é governador de Caxias”, disparou o vereador Ximenes (PR) no pequeno expediente da sessão de segunda-feira (24) na Câmara Municipal.

Ximenes iniciou o seu discurso lembrando que participou de um grupo de vereadores convidado para um almoço com o governador, “quando ele estava precisando do apoio para se reeleger. Nesse almoço, o governador prometeu para Caxias o céu e a terra, de restaurante popular à asfaltamento e aeroporto, prometeu tudo. Ainda disse mais: se passar de 60% dos votos em Caxias, aí eu vou transferir a capital para Caxias, porque lá é meu lugar. Acontece é que aqui tem três deputados estaduais, mas não aconteceu absolutamente nada ainda depois da eleição".

Ao apontar intrafegabilidade das estradas vicinais do município, o vereador disse que o governador prometeu ajudar o prefeito a refazer as vias. “Nem sabemos mais para aonde recorrer. Somente com recursos do município para fazer todas as estradas que Caxias precisa hoje é humanamente impossível. Ou paga servidor ou faz estrada”, observou.

O parlamentar sugeriu tentar mais uma audiência com o governador, “para que realmente ele ajude à terra que lhe deu a mão. Quando ele chegou aqui não era nada, apenas um juiz com o intuito de passar para a vida pública como deputado federal”.

Mais

Quando se trata de ajuda na saúde, segundo Ximenes, o governador alega grande gasto mensal no Hospital Macrorregional. “Eu duvido que um cidadão qualquer de Caxias chegue no Hospital Macrorregional para ser atendido, é impossível! Nós estamos sofrendo, porque a nossa saúde poderia está bem melhor com o Macrorregional e a rede municipal”, acrescentou.

Sobre a rodovia estadual que vai até o povoado Baú, o vereador disse que há anos acontece uma ação tapa buraco. “Uma medida paliativa, mas que não resolve os problemas da cidade”. (Ascom/CMC)

CULTURA – Explode Coração é a junina campeã do Maranhão Junino realizado no São João que a Gente Quer em Caxias

25.6.19

Foram três noites de disputas no Parque da Cidade, em que Caxias se tornou a capital das quadrilhas estilizadas do Maranhão. Promovido pela Federação de Quadrilhas Juninas do Estado, o Maranhão Junino Etapa Estadual 2019 foi completamente financiado pela Prefeitura de Caxias, que ofereceu toda a estrutura para que as juninas pudessem apresentar a riqueza da cultura das quadrilhas estilizadas.

As competições iniciaram na sexta-feira (21), com as apresentações de: Flor de Mandacaru (Açailândia); Saia Rasgada (São José dos Basílios); Os Garapas (Bacabal); Renascer do Sertão (Codó) e Zé da Roça (Caxias). No sábado (22) houve as apresentações das juninas:  Estrela da Manhã (Igarapé Grande); Unidos pelo São João (João Lisboa); Matutos do Rei (Açailândia); Beija Flor dos Cocais (Caxias); e nesse domingo (23), as quadrilhas: Bacanas Civilizados (Coelho Neto); Asa Branca (Pedreiras). Asa Branca do Sertão (Codó); Explode Coração (Duque Bacelar) e Sai de Baixo (Caxias).

“Eu quero parabenizar ao povo caxiense que tem um prefeito desse, que está trabalhando. A gente veê pela alegria do povo caxiense, a gente vê por esse arraial, vocês estão de parabéns”, disse Peres Teixeira, marcador da Quadrilha Bacanas Civilizados de Coelho Neto.

Depois da avaliação dos jurados, foi revelado o resultado do Maranhão Junino 2019.
• Marcador: 1º lugar com 40 pontos, Junina Explode Coração; 2º lugar com 39.9 pontos, Asa Branca de Pedreiras.
• Casal de noivos – Junina Matutos do Rei, com 159.4 (Representará o Maranhão na cidade de Santa Rita da Paraíba, no concurso das estrelas do Nordestão); e a Junina Zé da Roça com 159.9 pontos (Representará o Maranhão no Nacional de Noivos da Confebrac).
• Rainha G: 1º lugar – Maria Laborine, da Beija Flor dos Cocais com 159.2 em (Representará o Maranhão no Concurso Nacional de Rainha da Diversidade); 2º lugar – Tairine Fox – Asa Branca de Pedreiras com 157.8 (Representará o Maranhão no Concurso das Estrelas em Santa Rita na Paraíba).
• Majestade (Rainha Junina): 1º Lugar – Valdéria Mirele da Junina Beija Flor dos Cocais com 159.7 pontos (Representando o Maranhão no Concurso Nacional de Rainhas); e 2º lugar – Ingrid Maria da Junina Asa Branca com 158.9 (Representará o Maranhão no Concurso das Estrelas do Nordestão).

“Para mim é uma satisfação muito grande. Foram meses e meses de ensaio e tivemos um trabalho muito árduo. Com isso, o casal de noivos Lutércio e Jaqueline, a gente possa representar o Maranhão lá na Paraíba, e que a gente possa levar a cultura da gente para colocar o Maranhão no pódio”, pontua Lutércio Lopes, noivo da Junina Zé da Roça.

Quadrilhas Juninas vencedoras:
• 1º lugar com 238.8 pontos, Junina Explode Coração de Duque Bacelar
• 2º lugar com 238.6 pontos, Junina Matutos do Rei de Açailândia
• 3º lugar com 238.1 pontos, Junina Flor de Mandacaru de Açailândia.
• 4º lugar com 237.6 pontos, Junina Zé da Roça de Caxias.
• 5º lugar com 237.4 pontos, Junina Asa Branca de Pedreiras.

“Nós somos de um grupo católico de Duque Bacelar, estamos fazendo 35 anos de existência, mas de estilizada temos 9 anos. Nós somos um total de 110 integrantes e viemos para mostrar um contexto social, aquele povo que não se cala e vai à luta, somos a vigília. Estamos muito felizes com o resultado”, lembra Edimara Miranda, presidente da Junina Explode Coração de Duque Bacelar.

“Primeiramente queremos agradecer a Deus e à Prefeitura de Caxias por essa parceria com o prefeito Fábio Gentil, o prefeito que abraçou a cultura do Maranhão. Muito obrigado pelo carinho, pela receptividade”, destacou o Fabrício Monteiro, presidente da Federação das Quadrilhas Juninas do Estado do Maranhão.

“Caxias se transformando no centro dos festejos juninos do estado é realmente uma coisa muito importante. Está de parabéns toda a equipe que organizou uma estrutura de primeiro mundo, não tem no Maranhão nada igual e o evento em si muito engrandece a cidade”, reforça Paulo Marinho, ex-prefeito de Caxias.

Prefeito de Caxias, Fábio Gentil
“O nosso objetivo maior é mostrar ao Maranhão o quanto a nossa cidade abraça a cultura, o quanto a nossa cidade se desenvolveu, o quanto a cultura é importante. Eu tenho certeza que mais uma vez acertamos, porque oferecemos toda a estrutura para que as quadrilhas se apresentassem e mostrassem o que elas têm de melhor. Todas as pessoas que passaram por aqui se apaixonaram pela cidade”, disse Fábio Gentil, prefeito de Caxias. (Da assessoria)

A polícia federal investigou e se surpreendeu ao descobrir quem pagou o advogado do homem que esfaqueou Bolsonaro

24.6.19
(Ricardo Moraes | Reuters)

Jair Bolsonaro não se conformou com a decisão da Justiça de absolver Adélio Bispo por considerá-lo inimputável. “Jogadinha de ser maluco”, chegou a dizer Bolsonaro sobre o veredicto.

Vai gostar menos ainda do que a PF tem a dizer sobre outra investigação, desta vez acerca de Zanone Júnior, o advogado do seu esfaqueador. Bolsonaro já disse mais de uma vez que o suposto mandante da facada estaria por trás do pagamento dos honorários do advogado.

Zanone sustentou desde o início que o dinheiro para defender Adélio lhe foi dado por “um religioso de Montes Claros (MG)”, que não queria aparecer. Só que a investigação da PF, em fase final, aponta para uma novidade: ninguém pagou pela defesa. O advogado resolveu assumir o caso de graça e inventou uma história.

A motivação foi a mesma que o levou a defender gratuitamente Bola, o ex-policial que se envolveu no caso do goleiro Bruno. Zanone queria faturar com os holofotes de um caso supermidiático.

Do blog do Lauro Jardim

Corredor junino itinerante: Prefeitura de Coelho Neto leva alegria e diversão às comunidades do município


Pela segunda vez consecutiva, a Prefeitura de Coelho Neto realizará a Festa Junina na Zona Rural. Essa inovação, implantada na gestão do prefeito Américo de Sousa, é uma forma de valorizar a cultura local e proporcionar lazer e muita diversão aos povoados do município.

(Foto Arquivo/Secretaria de Comunicação)

Realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Cultura, a primeira noite junina terá início hoje, 24/06, no Povoado Olho D’Água Grande, com apresentações de bumba meu boi, quadrilhas juninas, danças folclóricas e show da Banda Forró da Ostentação, que darão brilho e animação à festa.

(Foto Arquivo/Secretaria de Comunicação)

Além de proporcionar alegria e diversão, o evento é também uma oportunidade para que os moradores possam vender seus produtos, gerando renda às comunidades. (Da assessoria)

CAXIAS – Muito forró e arrocha na 2ª noite do São João que a Gente Quer


No tablado montado no Parque da Cidade, 14 quadrilhas do Estado concorrem ao Festival Estadual de Quadrilhas Estilizadas – O Maranhão Junino.

Nesse sábado (22), segunda noite de apresentações, as quadrilhas: Junina Estrela da Manhã, de Igarapé Grande; Junina Unidos de São João, de João Lisboa; Junina Matutos do Rei, de Açailândia; e Junina Beija Flor dos Cocais, de Caxias, encantaram o público.

A escravidão e a liberdade do povo negro foi o tema escolhido pela Junina Estrela da Manhã, de Igarapé Grande, que abriu a sequência de apresentações do Festival Maranhão Junino. Já a Junina Unidos de São João, de João Lisboa, destacou o preconceito contra pessoas com deficiência e o amor, além de ressaltar a ave de rapina que inspirou o compositor maranhense João do Valle, o Carcará.

A fé em Nossa Senhora de Nazaré e a religiosidade foram encenadas pela Junina Matutos do Rei, de Açailândia, que trouxe personagens LGBT para o tablado em um espetáculo de dança e alegria.  E fechando a noite de apresentações de quadrilhas estilizadas, a caxiense Junina Beija Flor dos Cocais ressaltou a temática de cooperativas de reciclagem de lixo.

E a animação da segunda noite do São João que a Gente Quer continuou no palco principal com o melhor do arrocha de Ellane Amorim. A cantora caxiense fez o público dançar coladinho. O importante era aproveitar o sábado no Parque da Cidade.

A atração mais esperada da noite subiu ao palco mais de meia-noite. Tony Guerra e Lygia Raquel do Forró Sacode trouxeram o repertório que estava na boca do público, com destaque pro sucesso da música “Cachaça Amuada”, que arrastou a multidão que acompanhava a noite de shows. E com muito forró, o caxiense viu o domingo chegar na Vila Junina de Caxias, no Parque da Cidade. (Da assessoria)

Matões: servidores são coagidos a participar de ato do PDT e do PCdoB

22.6.19

As eleições para prefeito ocorrem apenas em outubro do ano que vem, mas em Matões, no interior do Maranhão, o uso da máquina já começou.

Nesta semana, o ex-deputado Rubens Pereira, uma das principais lideranças políticas da região, foi flagrado coagindo servidores da Prefeitura Municipal a participar do ato de filiação do prefeito Ferdinando Coutinho ao PDT.

O evento ocorre amanhã (22).

Num grupo de WhatsApp criado exclusivamente para arregimentar aliados, Rubão, como é conhecido, reclamou da saída de um dos integrantes. Ele mandou que o servidor fosse novamente adicionado e o desafiou a sair novamente.

Na sequência, fez uma ameaça a todos os demais: “Vamos deixar uma coisa bem clara aqui: aquele companheiro que não quiser participar do grupo da mobilização e que exerça cargo comissionado da Prefeitura, na hora que ele adicionar pedindo para sair, ele faça logo o pedido de demissão da Prefeitura. Para ficar as coisas bem entendido e bem explicado”. (Do blog do Gilberto Léda)

São João que a Gente Quer começa hoje (21) em Caxias e segue até dia 30 de junho

21.6.19

Começa hoje (21) o maior São João do Maranhão! Estamos falando do São João que a Gente Quer, que será realizado de até o dia 30 de junho no Parque da Cidade de Caxias. Caxias se torna a capital da cultura do Maranhão com milhares de pessoas e dezenas de apresentações de Quadrilhas, Bumba Bois e o Concurso de Quadrilhas Juninas do Maranhão.

O Parque da Cidade foi transformado em uma Vila Junina para bem receber a todos os espectadores, o local vai abrigar a representação da cultura e simula uma pequena cidade interiorana, permitindo às pessoas registrarem suas memórias em fotografias. Um parque de diversão faz a alegria de pessoas de todas as idades que vão visitar com seus familiares as atrações que vão passar pelo tablado montado no Centro do Parque da Cidade.

Além das danças folclóricas, as quadrilhas caipiras e estilizadas, o São João que a Gente Quer valoriza a cultura local, tanto na sua gastronomia, com mais de 70 barracas com comidas típicas, quanto na reserva de locais destinados aos artesãos e vendedores em isopores, gerando com isso uma economia alternativa que circula em Caxias.

O São João que a Gente Quer é promovido pela Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude, em parceria com outras secretarias municipais, a exemplo da Secretaria Municipal de Infraestrutura, que contribui com a organização do trânsito, com a urbanização e limpeza do Parque da Cidade, e as demais secretarias que desenvolvem ações educativas e de conscientização ao longo do São João.

O secretário de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude, Arthur Quirino, esteve na manhã dessa sexta-feira (21) no programa Pela Manhã, convidando a população para prestigiar e conferir as dezenas de atrações, sendo que somente atrações musicais são 20, entre locais, regionais e de renome nacional, que vão se apresentar no palco principal da Vila Junina.

“Nós ficamos organizando até 2h30 da madrugada o Parque da Cidade para que possamos oferecer um São João à altura da população de Caxias, sendo que já estamos preparando o São João que Gente Quer há alguns dias. Nós convidamos a todos os caxienses a comparecerem ao Parque da Cidade para conferir as atrações e a valorização da nossa cultura”, destacou o secretário.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, já destacou que Caxias vai oferecer o maior São João do Maranhão, mesmo com as situações adversas da economia nacional. O prefeito destacou que já pagou a primeira parcela do Décimo Terceiro e já pagou o salário do mês de junho, para garantir que a animação e alegria seja melhor com dinheiro no bolso, e convida a população caxiense a prestigiar o São João que a Gente Quer.

“Nós estamos fazendo o maior São João do Maranhão, tirando a capital, porque sabemos a importância da valorização da cultura. Vamos receber o concurso de quadrilhas juninas estilizadas em Caxias, dando uma demonstração de compromisso com a cultura. Nós valorizamos os artistas locais e regionais, dando as condições para que todos se apresentem e mostrem aquilo que têm de melhor. Nós estamos de braços abertos para receber os turistas e os caxienses no Parque da Cidade no maior São João do Maranhão”, disse Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Confira as atrações da primeira noite do São João que a Gente Quer:

Fonte: Ascom

Turistas são recebidos em clima de São João no aeroporto de São Luís


Quem desembarca no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís, tem sido surpreendido com o ritmo contagiante do Bumba-Meu-Boi e uma decoração especial que expressa a alegria típica da tradição junina maranhense. Trata-se de ação promocional para divulgar o São João do Maranhão a quem visita o estado durante essa época do ano.

A ação é fruto de iniciativa da Secretaria de Estado do Turismo (SETUR) em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (SECMA) e a Prefeitura de São Luís. Para receber os turistas em clima de São João, cinco áreas do aeroporto receberam enfeites juninos e foi instalado um novo Centro de Atendimento ao Turismo (CAT) no terminal de desembarque. No final do mês, turistas de outros voos também serão recepcionados no aeroporto.

Logo no saguão de desembarque, os visitantes foram recepcionados com música, atores caracterizados com tradicionais personagens da cultura popular maranhense e distribuição de matracas. A promoção tem por objetivo dar as boas-vindas ao turista e despertar o sentimento da festividade junina.

Além desses atrativos, nesta terça (18) e quarta-feira (19) os visitantes estão sendo recepcionados com o repertório e a dança da Companhia Encantar e o Bumba-Meu-Boi Encanto da Ilha. A ideia é deixar o ambiente com a cara do São João e fazer com que o turista que chega já entre no clima da festa, como explica o secretário de Turismo, Catulé Júnior.

“É a forma que encontramos de receber os nossos turistas e dizer que eles são bem vindos aqui ao Maranhão e em São Luís. Nós preparamos uma grande festa e estamos recepcionando os turistas dizendo que a presença deles aqui é um componente especial”, ressalta o secretário.

O professor Leonardo Caldeira veio de Belo Horizonte (MG) para assistir ao show de Alceu Valença, na abertura da programação oficial do São João. Pela primeira vez no Maranhão, o educador parabenizou a receptividade.

“É muito interessante ter esse tipo de expressão da cultura popular. Eu acho que é fundamental principalmente para quem tá chegando pela primeira vez”, destacou.

De Vitória (ES), a psicóloga Letícia Escarpate vai passar uma semana de suas férias no São João maranhense. Ela elogiou a ação e disse que nunca tinha sido recepcionado dessa forma em uma cidade.

“Achei excepcional. Você chega na cidade e já entra na cultura. Achei muito bacana. Nunca tinha visto nada assim dentro de um aeroporto”,  destacou.

O corretor de seguros Adamar Júnior acaba de chegar com a família de Lisboa, em Portugal. Ele mora em São Luís e acha que esse tipo de estratégia promocional é “extremamente importante” para divulgação da cultura local.

“É extremamente importante para mostrar nossa cultura. Isso faz com que os próprios turistas divulguem o São João. É sempre importante essa divulgação. O Governo do Maranhão está de parabéns”, disse.

Centro de Atendimento ao Turismo (CAT)

No Centro de Atendimento ao Turismo (CAT) instalado no aeroporto, os turistas recebem orientações sobre os principais pontos e polos turísticos do estado. Não recepção, além da programação completa do São João 2019, os visitantes também têm acesso a mapa com as principais rotas no Parque Nacional dos Lençóis e informações turísticas sobre passeios em São José de Ribamar, na Raposa e em São Luís.

A Setur mantém outros cinco CATs fixos espalhados pela capital maranhense – na Península da Ponta D’Areia, o CAT oferece aos visitantes óculos de realidade aumentada, para proporcionar uma experiência única pelos principais destinos turísticos maranhenses.

Para o período junino, também foram instalados balcões de atendimento a turistas no Arraial do Ipem e no Centro Histórico. (Setur/MA)