CULTURA - Balaio Coletivo comemora 8 anos de resistência com novo espetáculo

22.10.18

Neste mês de outubro, o Balaio Coletivo de Teatro comemora seus oito anos de resistência na cena teatral caxiense. E, para essa festa, está em fase de conclusão o mais novo espetáculo do grupo, "A garota e o anjo".

"Viver essa nova fase do coletivo é muito gratificante, pois acompanhei e acredito que colaborei em todos os momentos, e ver o Balaio Coletivo chegar nessa nova fase, onde está começando a andar nos trilhos de um teatro mais profissional, é um sonho que se concretiza aos poucos e junto com essa nova fase vem essa mais nova montagem que me deixa muito confiante de que bons frutos iremos colher", ressalta a atriz Adriele Bezerra.

Livremente inspirado em uma lenda caxiense, "A garota e o anjo" tem a direção de André Ribeiro, na consultoria de cena, Marcelo Flecha. O elenco compõe-se por Adriele Bezerra, Igor Nascimento e André Ribeiro, e nos trabalhos técnicos Hedra Mariani e Helê Frazão.

"A diegese (narrativa) se alicerça entre um anjo em conflitos sentimentais por uma garota que carrega consigo um anseio de descobrir na existência do anjo sua própria verdade. Como pano de fundo a religiosidade católica romana representada pelo Pai, um homem religioso fanático com segredos desconhecidos e pelo Bispo, a representação maior da religião. É evidenciada na provinciana Caxias do Maranhão, sentimentos e desejos de um ser divino e humano se entrelaçam", explica o ator Igor Nascimento.

A pré-estreia do espetáculo está prevista para novembro ainda deste ano. O grupo está capitando recursos para o mesmo, e a colaboração pode ser livre, ou seja, qualquer pessoa pode contribuir com o espetáculo. "Em tempos de crises: econômica e política devemos dar as mãos e lutarmos juntos, A garota e o anjo está para nascer e seu nascimento se faz necessário nos dias de hoje, pois dialoga muito com a atual situação em que estamos vivendo", diz ator e diretor André Ribeiro.

Para contribuir com a nova montagem entrem em contato através do telefone/whatsapp (99) 99984-5988.

Balaio Coletivo

O Balaio Coletivo é uma companhia de teatro do interior do Maranhão, cuja origem está ligada ao desejo do fazer teatral de jovens atores maranhenses. Criado em 2010, até então com o nome de Grupo Fama de Teatro, o grupo hoje busca aliar múltiplas linguagens cênicas que vão desde o circo, o teatro de rua, o teatro de pesquisa, a performance e espetáculos com grande poder de comunicação com o público. Também desenvolve investigação da música em seus trabalhos.

Alimenta uma rede de encontros e vivências com grupos e artistas do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e da capital do Maranhão. No ano de 2018 firmam-se como Balaio Coletivo com o intuito de desenvolver pesquisas mais elaboradas para seus próximos trabalhos, defende o teatro de grupo, promove encontros, debates, reflexões e carrega em si o desejo de mudar o mundo através da arte.

É formado atualmente por cinco artistas: André Ribeiro, Adriele Bezerra, Igor Nascimento, Hedra Mariani e Helê Frazão.

Em seu currículo de oito anos traz algumas montagens como "Eita, a Coisa quer casar!" (2012), "Minha Fulô de mandacaru" (2013), "Matinta Perera" (2014), "Dona Flor e seu único futuro marido", de Jean Pessoa (2015), e cena curta "Experimento Sobre Cosme" 2017.

Mantém uma sede localizada na Rua Odorico Mendes, 410, bairro Trezidela, em Caxias, onde realiza seus trabalhos de pesquisas, ensaios, rodas de conversas e experimentações.

Fonte: Portal Noca

0 comentários:

Postar um comentário