SÃO JOÃO DO SÓTER - Secretaria de Cultura realiza evento com apresentação do Reisado

9.1.17
A Secretaria de Cultura de São João do Sóter, com o apoio da prefeitura Municipal, promoveu na noite de sábado (07/01), na Praça São João Batista, um evento cultural em comemoração ao dia dos Santos Reis . Na ocasião houve apresentação do Grupo de Reisado da Cidade de Caxias : Grupo Encanto da Terra .

Centenas de sotenses, da sede e da zona rural, estiveram prestigiando o evento. Também esteve acompanhando a apresentação a prefeita Josa Silva, além de secretários municipais, coordenadores e lideranças da região.

De acordo com o secretário de Cultura, Cícero Rocha, o objetivo desse encontro “é mostrar à população a riqueza das nossas manifestações folclóricas, valorizando assim a nossa cultura e anunciou a volta do pré Carnaval nos Bairros e Zona rural do Município”.

A prefeita Josa Silva, falou da valorização da Cultura Sotense e destacou a importância de eventos como este para o fortalecimento das tradições do município, “que são fundamentais para o fortalecimento das tradições culturais e proporcionam entretenimento para o nosso povo”.

Conheça a origem e tradição do Dia de Santos Reis

O “Dia de Reis”, ou “Dia dos Santos Reis”, comemorado em 6 de janeiro, tem origem na tradição católica que lembra o dia que Jesus Cristo, recém-nascido, recebeu a visita de três Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar, que vieram do oriente, guiados por uma estrela.

O evangelista Mateus narrou o acontecimento: Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra. (Mt, 2,11).

A “Folia de Reis”, grupo que reúne cantadores e instrumentistas para celebrar a data, tem origem portuguesa e chegou ao Brasil no século XVIII. Em Portugal, a manifestação cultural tinha a principal finalidade de divertir o povo. Aqui no Brasil, passou a ter um caráter mais religioso.

Nas localidades que ainda preservam a tradição da “Folia de Reis”, no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro, o grupo percorre a cidade entoando versos alusivos à visita dos Reis, passando de porta em porta em busca de oferendas, que podem variar de um prato de comida a uma simples xícara de café. Em cada casa que é acolhida, a Folia apresenta-se cantando e tocando músicas de louvor a Jesus e aos Santos Reis, em volta do presépio, com muita alegria.

O grupo é liderado pelo Capitão e carrega a Bandeira com o símbolo da Folia. Geralmente feita com tecido e decorada com figuras que representam o menino Jesus, a Bandeira é enfeitada com fitas e flores de plástico, tecido ou papel, sempre costuradas ou presas com alfinetes, nunca amarradas com “nós cegos”. Segundo a crença, é para não “amarrar” os foliões ou atrapalhar a caminhada.

A tradição originada na religiosidade popular, traço marcante de todo continente latino-americano, nos ensina que em 6 de janeiro termina para os católicos os festejos natalinos e, nesse, dia devemos desmontar os presépios e as árvores de Natal. (Com informações do Blog Flankinoticias)


1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Queremos a apresentação do grupo novamente

Postar um comentário