Em visita ao Povoado Baú, Rafael Leitoa constata que empresa começou trabalhos para asfaltar a BR 226

31.1.17

Do Blog do Elias Lacerda - Não tem político em Timon hoje mais antenado com as obras para asfaltamento da BR 226 que o deputado estadual Rafael Leitoa, do PDT. Indagado por onde anda na cidade sobre o andamento do asfaltamento da rodovia, obra que é um antigo sonho dos timonenses, Rafael tem demonstrado nos últimos dias preocupação em acompanhar todos os passos da obra.

Dia 12 de janeiro ele esteve na sede do DNIT, em São Luis onde conversou com o diretor Gerardo Fernandes e este lhe garantiu que pelo contrato a obra terá duas frentes de serviço.

Com formação em engenharia civil,  Rafael Leitoa voltou a se movimentar para saber mais sobre a obra. Acompanhado do presidente da Câmara Municipal de Timon, Uilma Resende e do ex-vereador Kenedy Gedeon, foi pessoalmente até o povoado Baú na última sexta-feira (27) para saber mais sobre a instalação de um dos canteiros de obra da Hytec, a construtora que ganhou a licitação para fazer a estrada.

O canteiro principal da obra está mesmo sendo instalado no povoado Baú. Segundo apurou o deputado, a Hytec alegou que iniciou a obra pelo local porque naquela região tem matéria prima para ser utilizada no asfaltamento e, além disso, o Contorno Rodoviário de Timon, o segundo canteiro que deverá ser instalado, ainda tem pendências para que os trabalhos sejam liberados.

Segundo Rafael Leitoa foi constatado que a obra já começou tendo em vista que a empresa iniciou a mobilização de máquinas para o serviço. “Tratores, máquinas, alojamento, instalação de laboratório, dentre outros equipamentos estão sendo colocados naquele povoado e a mobilização de máquinas é um item da planilha contratada, significa então que a empresa já iniciou a execução da obra”, avalia Rafael Leitoa.

Mesmo com boa parte da classe política olhando sem muita fé que a construtora Hytec possa terminar a obra, tendo em vista que já iniciou vários trabalhos sem conclusão no estado, Rafael Leitoa é um otimista. Ele não acredita que a empresa não consiga executar os serviços. “Existem em conta garantidos 50 milhões de reais. Esse dinheiro é suficiente para terminar o asfaltamento que resta fazer a ligação do povoado Baú ao asfalto de Presidente Dutra, tendo em vista que naquele trecho faltam apenas 26 KM para a conclusão, e com o restante do dinheiro ainda fazer o Contorno Rodoviário de Timon e asfaltar parte da rodovia do município timonense até o povoado 89. Isso até que sejam enviadas novas emendas da bancada de deputados maranhenses para conclusão da obra”, avalia Rafael Leitoa.

O deputado aproveitou sua passagem pelo Baú para conversar com encarregados da obra, oportunidade que informou existir em Timon duas usinas particulares de asfalto que podem fornecer para a empresa quando começarem os serviços no município timonense.

Contorno Rodoviário

Avaliado em 11 milhões de reais, o Contorno Rodoviário de Timon na visão de Rafael Leitoa não deverá ter muitos entraves burocráticos para sua realização, como alguns temem devido a indenização de proprietários de terras por onde passará a obra. Segundo Rafael Leitoa o Contorno Rodoviário é o local onde vai ser instalado o segundo canteiro da obra e as indenizações dos proprietários de terrenos por onde passará a obra  serão feitas pela empresa gerenciadora e fiscalizadora a ser contratada pelo DNIT agora no mês de fevereiro, quando haverá a licitação para tal.

“A partir da contratação, ela fará os estudos de avaliação para pagar as indenizações. Sendo pago, logo a obra será iniciada em Timon. Pelas nossas previsões isso deverá acontecer em meados de junho e julho deste ano”, informou o deputado.

0 comentários:

Postar um comentário