Para Roberto Rocha, o Maranhão nunca teve o que merecia do PT…

13.5.16
Ao expor seu voto no impeachment da presidente Dilma, senador maranhense levantou um fato incontestável: em 13 anos de mandatos petistas, o estado nunca teve uma obra federal de vulto, mesmo sendo o que sempre deu a maior votação proporcional a Lula e Dilma


Do blog do Marco D’Eça - O senador maranhense Roberto Rocha (PSB) votou tecnicamente a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Tecnicamente por que se baseou em estudo detalhado de sua assessoria, apontando os fundamentos da argumentação de crimes de responsabilidade cometidos por Dilma. 

Mas Roberto Rocha deu um voto também político.

Ele mostrou, como liderança política do Maranhão, que os governos do PT – não só o de Dilma, mas também o de Lula, entre 2003 e 2010 – sempre tiveram apoio incondicional do povo maranhense, mas nunca honraram este apoio como deveriam.

 – Em 13 anos, nenhuma grande obra pública de infraestrutura foi inaugurada no estado do Maranhão ponderou o senador.

E ele tem razão.

Tanto Lula – e principalmente Dilma – esnobaram o Maranhão em suas ações.

Enganaram o povo maranhense com a obra da refinaria que não aconteceu; e enganam o povo maranhense com a duplicação da BR-135, que se arrasta há pelo menos três anos. E está parada atualmente.

Não há nenhum investimento estruturante no Maranhão nestes 13 anos, tem razão Roberto Rocha.

E nem mesmo o governo Flávio Dino (PCdoB), que se expôs irremediavelmente em defesa do PT, foi merecedor de qualquer gratidão por parte dos governos petistas.

Agora é hora de mostrar que o Maranhão precisa ser reconhecido.

E o próprio Rocha pretende fazer esta interlocução…

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Avaliação sensata. Na bucha! Mas, tem um porém, de todos os Estados da Federação, foi um dos poucos que teve uma única família, como detentora de todos os cargos Federais. Um feudo. Como essa família é movida por interesses individuais, pode-se avaliar que o Governo Federal tenha tido o fato como o bastante para o Estado do Maranhão. O povinho que se lasquem - que se contente com o programa bolsa família. Esta suficiente para tirar as mulheres do campo da quebra de coco babaçú.

Postar um comentário