Governo investe mais de R$ 4 milhões para qualificar cooperativas da agricultura familiar no Maranhão

29.5.16
O Governo do Estado, por meio do Departamento de Cooperativismo e Associativismo da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), validou 15 propostas de cooperativas e associações, através de chamada pública, para participarem do Programa ‘Ater Mais Gestão’ do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

O programa tem o objetivo de implementar assistência técnica e extensão rural (Ater) direcionada para qualificar a gestão de cooperativas da agricultura familiar visando seu fortalecimento e o acesso qualificado à comercialização de seus produtos. O investimento do programa no Maranhão é da ordem de R$ 4.038.266,09 para ser executado durante 36 meses.

Esse tipo de trabalho é importante para que as cooperativas da agricultura familiar aprimorem suas práticas de gestão, de modo a alcançarem melhores resultados de mercado e renda para seus cooperados. A qualificação das cooperativas vai garantir o acesso a mercados, especialmente ao aberto pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Segundo o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, com o apoio do Governo do Estado a agricultura familiar vem crescendo e conquistando espaço no Maranhão. “Com o incentivo da gestão do governador Flávio Dino, podemos oferecer ao nosso agricultor a qualificação da gestão, apoio ao fortalecimento e a inserção de organizações econômicas da agricultura familiar nos mercados institucionais públicos e privados e, consequentemente, consolidar a participação do homem do campo como competidor no mercado”, afirmou.

Políticas e programas voltados para a geração de renda têm incentivado cada vez mais a agricultura familiar a fortalecer sua base produtiva, comercializar produtos e assim aumentar a competitividade no mercado. Uma das maneiras de alcançar esse patamar é investir na qualificação de cooperativas e associações.

Nos mercados privados, os produtos da agricultura familiar têm recebido cada vez mais reconhecimento, como resultado de acordos firmados entre o Ministério e redes nacionais e regionais de supermercados, com o objetivo de ampliar a oferta dos produtos da agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais, neste segmento”, explicou o coordenador do Departamento de Cooperativismo e Associativismo da SAF, Johnny Santos.

Para atender às 15 propostas validadas pela chamada pública, o Programa ‘Ater Mais Gestão’ vai dispor de uma metodologia com abordagem multidisciplinar que permitirá a identificação e, logo, solução de qualquer problema técnico. A metodologia ajuda a aumentar a competitividade e ainda promover a sustentabilidade social e econômica de organizações da agricultura familiar.

0 comentários:

Postar um comentário