Téodulo Aragão confirma que Governo do Estado realizará muitas melhorias em Caxias a partir do mês de junho

1.6.22

O presidente da Câmara Municipal de Caxias (CMC), vereador Teódulo Damasceno de Aragão (PP), anunciou que no próximo mês de junho a cidade de Caxias será contemplada com diversos investimentos, como resultado da parceria existente hoje entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Caxias, que começou a ser alinhavada quando o governador Carlos Brandão ainda era vice-governador na gestão do ex-governador Flávio Dino. O anúncio foi feito nas considerações finais da sessão ordinária dessa segunda-feira, 30.

Segundo o presidente do legislativo, estão previstos 30 quilômetros de asfalto para recuperar as vias urbanas de Caxias; a instalação de uma policlínica com várias especialidades médicas nas dependências do hospital do médico Helton Mesquita; uma clínica especializada em tratamento dentário (Clínica Sorrir) no local onde funcionou a agência do Banco do Brasil, no bairro Cangalheiro; e a inauguração do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Leste Maranhense, a primeira unidade do gênero a ser instalada no interior do Estado, além da revitalização da UPA do Pirajá e da Maternidade Carmosina Coutinho, no bairro Campo de Belém,

Esses investimentos em saúde, conforme garantiu Teódulo Aragão, irão cobrir todas as deficiências ainda existentes na área da saúde de Caxias, e serão também um valioso auxílio ao trabalho ora desenvolvido pelo Hospital Macrorregional Everaldo Ferreira Aragão, cuja administração foi reformulada para realizar o atendimento regulado da forma mais ampla, humanizada e indistinta possível à população de todos os municípios do leste do Maranhão em sua área de cobertura.

O presidente da Câmara de Caxias anunciou que o pacote de determinações do governador Brandão alcançara também o legislativo caxiense, e favorecerá uma reforma nas dependências da casa, permitindo a implantação de novos gabinetes plenamente equipados para 21 vereadores, além de uma recuperação total do auditório que voltará a funcionar normalmente após receber um elevador de acesso para usuários portadores de deficiência física. O auditório vai ser utilizado para os trabalhos das comissões permanentes da casa, realização de audiências públicas e também em ações de parcerias com as instituições de ensino caxienses.

A sessão dessa segunda-feira, que também foi transmitida pelo sítio da CMC e pelas redes sociais, recebeu numeroso público, com destaque para professores e alunos da faculdade Unifacema, que no curso de Direito estão trabalhando a disciplina que ensina as práticas ligadas ao processo legislativo, especialidade da CMC. Acompanhados da presidente da seccional da OAB/Caxias, advogada Amanda Glauca, alunos e professores conversaram com o presidente Teódulo Aragão e alguns vereadores antes da sessão ter início e, ao final, posaram para fotos com todos os parlamentares presentes na sessão.

No contato com os estudantes, antes da sessão, o presidente da CMC disse-lhes que o legislativo caxiense está de portas abertas para todos e pronto a receber também as sugestões legislativas que os discentes acharem por bem enviar à apreciação dos vereadores, por intermédio do banco de ideias da casa que foi criado na atual legislatura para aproximar mais o poder à população da cidade.

Na ocasião, os vereadores Thyago Vilanova (Avante), Charles James (Solidariedade), Antônio Ramos (Republicanos), Mário Assunção (Republicanos), Irmã Nelzir (Republicanos), Luís Lacerda (PCdoB), Antônio Ximenes (Republicanos) e Catulé (Republicanos) falaram aos estudantes sobre o trabalho que é realizado por toda a bancada, tanto nas oito comissões permanentes que avaliam as proposições para as diversas áreas em que se apoiam as decisões administrativas do município (constituição e justiça, saúde, meio ambiente, educação, assistência social, etc), como também a atividade desenvolvida no plenário, local de manifestações, apresentação, votação e aprovação de matérias que podem proporcionar benefícios para a comunidade ou virem a se tornar leis. Catulé reforçou que a profissão abraçada pelos estudantes era muito importante para a comunidade e que o sucesso profissional só depende do empenho de cada um.

O vereador Teódulo enfatizou para os estudantes que a CMC prima pela transparência, e que a prova maior disso é que faz questão de abrir espaço para a OAB/Caxias participar com sugestões que balizem melhor as decisões legislativas da casa. Sem informar ainda o exato momento, o presidente garantiu aos estudantes de direito que a CMC irá promover brevemente um concurso público, para oxigenar mais o seu quadro de pessoal, inclusive a Procuradoria Jurídica que atualmente é dirigida pelo advogado Felipe Lebre.

No final da sessão, através do sistema eletrônico de informações da CMC, os vereadores Teódulo e Torneirinho comunicaram aos atiradores registrados de Caxias a sansão do prefeito Fábio Gentil ao projeto de lei que lhes dá direito de, portando documentação e equipamentos específicos, conduzirem suas armas a locais de reunião e treinamento, tema que foi objeto de uma audiência pública promovida recentemente pelo legislativo caxiense. (Da assessoria)

0 comentários:

Postar um comentário