Nomeação e queda de superintendente do governo Flávio Dino em Caxias mostra que Humberto Coutinho soube colocar Márcio Jerry no seu devido lugar

20.4.15
Márcio Jerry tentou impor um nome em Caxias
A recente nomeação do superintendente de Articulação Regional de Caxias, Francisco de Assis Ribeiro Costa Filho, o Duzuzinho, expõem, além de mais uma demonstração de soberba de Humberto Coutinho, quem é que manda em Caxias quando o assunto são os pedaços do organograma estadual em solo caxiense.

Humberto Coutinho mostrou quem manda no pedaço
O blog deu em primeira mão a nomeação de Duzuzinho em postagem publicada no último dia 21 de março (revejaaqui).

Indaguei se Humberto Coutinho teria dormido no ponto e que ele poderia não ser ‘dono’ total do governo do estado em Caxias.

Bem, simplesmente testei mais uma vez o orgulho do deputado, que todos sabem que de uns tempos pra cá tem aumentado significativamente.
Duduzinho foi atingido no meio 
do fogo cruzado

Não deu outra, caros leitores! Humberto Coutinho quase cai da cadeira quando viu a notícia aqui no blog.

Rapidamente, acionou sua artilharia e colocou o secretário de Articulação Política, Márcio Jerry, no seu devido lugar.

O blog do Ludwig Almeida deu em primeira mão que Duduzinho não havia esquentado lugar e que o empresário Antonio Barros havia sido nomeado para o cargo de superintendente de Articulação Regional de Caxias.

Quem esperava outro desfecho para o caso, enganou-se redondamente.

Tudo não passou de um cochilo de Humberto Coutinho, conforme este blog suspeitava.

Cochilo esse que Márcio Jerry tentou aproveitar, mas que deu com os burros n’água.

Mais uma prova de que o pedaço desse latifúndio maranhense pertence mesmo a Humberto Coutinho.

6 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    alguma novidade das demissoes do samu??

  1. Anônimo disse...:

    Bem Verdade Sabá, mas Humberto Coutinho, cochilou também com a retirada dos serviços de perícias em vivos e morto de Caxias, Aldeias Altas, São João do Soter, pois só a população foi prejudicada, pois, os serviços eram feitos aqui há muitos anos. Deveria Humberto Coutinho, interferir nessa decisão e com a maior brevidade possível, e voltasse imediatamente os serviços para serem realizados em Caxias.

  1. Anônimo disse...:

    Caro amigo Sabá, desculpe minha condição de anônimo, pois Caxias é terra de alguém, aqui (no anonimato) me sinto em casa, sei que você sabe quem somos, confiamos em você. Este espaço na verdade serve também para um bate papo, onde o proprietário permite as publicações e dar crédito, com a exclusão do comentário que fiz, que já indicava a bola da vez e com a afirmação da queda de duduzinho e ascensão de Antonio Barros no comentário de 4 de abril, não houve fé nem crédito. Peço que dê valor àqueles que consideram seu blog um espaço democrático e peço mais uma vez, considere nossa condição de anônimo.

  1. Anônimo disse...:

    manda quem pode ,obedece quem tem juízo.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkaguenta!! este é o grandão camarada

  1. Anônimo disse...:

    grandão de que mesmo, que mentalidade viu meu caro caxiense

  1. Anônimo disse...:

    Kd o comentário

Postar um comentário