Mais tentativas e novas esperanças:a ELA não é fácil

18.11.19

Por Chico Leitoa

Chico Leitoa cuida com carinho e dedicação da
esposa, Berta Leitoa, portadora de ELA
Ao lidarmos com a literatura da esclerose lateral amiotrófica (ELA) doença degenerativa do neurônio motor, da qual dona Beta é acometida, tomamos a decisão de desafiarmos a situação associando Ciência e religião, sendo que por tudo que buscamos, a conclusão é única: estamos nas mãos de Deus. Como ele mesmo disse: faz por ti que ti ajudarei, fomos à luta. E estamos desafiando as estatísticas pois elas apontam que os portadores de ELA (uma a cada 100 mil pessoas no mundo) em geral morrem num tempo de dois a cinco anos. Os raros casos que resistem, vão para o imobilismo, traqueotomia, colostomia etc. e passam a movimentar apenas com os olhos... dependência total !

Pois bem, 10 anos e meio depois da primeira manifestação da doença, Beta ainda consegue comer mesmo com alguns engasgos, se locomover, mesmo com dificuldades, pequenas distâncias, já tendo que usar aparelho que ajuda na respiração na hora de dormir, com ajuda de Deus estamos enfrentando o grande desafio.

De 05/10 a 08/10, cumprimos mais uma etapa dessa grande batalha. Domingo 06/10 pela quarta vez fomos à missa da cura, na Igreja de Pai Santo em Santo Amaro, com Padre Eugênio Maria. 07/10 as 13 h uma avaliação com testes de espirometria com a especialista em fisioterapia de doenças do neurônio motor, Dra Celiana.

De 14:30 as 16 h, uma minuciosa consulta com Dr Pedroso. No final, apenas uma preocupação, a necessidade do uso mais intenso do bipap e uma medicação específica para fortalecer os músculos do pulmão. Mas no geral, a doença não evoluiu, ou evoluiu muito lentamente, o que já é um milagre.

Além da maratona de médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas e vez por outra, especialistas, dona Beta, há um mês, dois dias na semana, pratica hidroginástica com leves exercícios, o que com certeza trarão efeitos positivos.

No campo da ciência, poucas novidades, apenas a esperança nos avanços do  oligonucleotídeo, já com efeitos positivos nos portadores de ELA, que tiveram origem genética, (menos de 5 % dos casos)  infelizmente não é o caso de Beta.

Nossa consulta coincidiu com o momento em que roda freneticamente na internet, um vídeo sobre um suposto tratamento da doença, a partir da indução de proteínas através de choque térmico.

Claro que é algo que faz nascer uma esperança, porém, sobre o assunto, a Associação Brasileira dos portadores de ELA, ABRELA, emitiu a seguinte nota:

“Não existem dados disponíveis na literatura vigente, comprovando que tal abordagem possa, reverter ou mesmo atenuar os danos provocados pela ELA.

Dr. Marco Orsini ressalta que a fisiopatológico das doenças citadas no vídeo (ELA, alzheimer e parkinson) é completamente diferente. Sendo assim, como seria possível o mesmo tratamento abarcar todas as doenças degenerativas? Não podemos tirar a esperança dos pacientes, mas não podemos dar informações precipitadas que possam prejudicar os tratamentos atuais.

Em relação ao vídeo apresentado, esclarecemos que toda pesquisa em ELA é bem vinda. Realmente o estudo da indução de proteína por choque térmico tem aberto novas perspectivas de entendimento e de tratamento. Entretanto, até o momento, o que foi apresentado não preenche os requisitos mínimos para que o procedimento seja considerado terapêutico.

Quanto à melhoria relatada na paciente com transtorno de movimento, qual era seu diagnóstico ?

Embora, com vídeo curto, o transtorno de movimento mais parece está relacionado a comprometimento funcional, e não orgânico.

Dr Acary de Sousa Bulle de Oliveira, alerta para o fato de que precisamos analisar as informações com parcimônia, sem prometer algo baseado em interrogações, mas também sem retirar esperanças.

Neste mesmo sentido, em pesquisa publicada recentemente, os autores (Lyon e Milliban, 2019) concluem que é necessário compreender melhor os mecanismos intra e extra celulares envolvidos nesta Técnica,  antes que esse tratamento possa ser usado com eficiência em um ambiente clínico !” ABRELA - Associação  Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica (da qual somos sócios).

Claro que fomos e estamos tentados a fazer essa tentativa. Porém, estamos cautelosos, pois nossos médicos que fazem parte de um grupo seleto de estudiosos do assunto, assim recomendam e alertam para eventuais consequências.

Vamos continuar enfrentando, cuidando de dona Beta com todo o carinho e pedindo sempre ao Espírito Santo, que nos mostre o caminho da cura. E vamos conseguir apesar da ELA não ser fácil.

(Chico Leitoa é engenheiro, ex-deputado e ex-prefeito de Timon (MA)
Outubro de 2019

Começa segunda fase da vacinação contra o sarampo


Pessoas na faixa etária de 20 a 29 anos de idade são o alvo principal.

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (18) em todo o país. As pessoas, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, são o alvo desta etapa.

De acordo com o último boletim epidemiológico sobre sarampo do Ministério da Saúde, esta faixa etária é a que mais acumula número de casos da doença. Nos últimos 90 dias de surto ativo, foram confirmados 1.729 casos em pessoas de 20 a 29 anos.

O secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, disse que um dos motivos é que esse público não tomou a vacina em nenhuma fase da vida e, se tomou, não voltou para aplicar a 2ª dose, necessária para a proteção.

Para atingir essa faixa etária, o ministério adotou algumas estratégias. Uma delas é a realização da segunda fase da campanha de vacinação em locais de grande circulação dessas pessoas. A ação será realizada em conjunto pelas três níveis de governo: federal, estadual e municipal.

Prefeitura de Caxias e Embrapa realizam treinamento para 59 agricultores familiares do 3º Distrito


A reunião técnica realizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca em parceria com a Embrapa Meio-Norte para agricultores familiares aconteceu na manhã da última quinta-feira (14) no povoado Santa Rosa, no 3º Distrito de Caxias. O objetivo é fortalecer os laços das comunidades com os órgãos, levando conhecimentos sobre as Ações de Transferência de Tecnologias para o homem e a mulher do campo.

A programação aconteceu durante toda a manhã com palestras e entrega de sementes de feijão da espécie BRS Tumucumaque. A secretária municipal de Agricultura e Pesca, Luciana Soares, destacou a importância do Termo de Cooperação em parceria com a Embrapa. “São ações de Transferências de Tecnologias com o intuito de fortalecer a agricultura familiar. A Prefeitura de Caxias está atuante e buscando sempre parcerias para dar assistência a essas famílias”, pontuou a secretária.

Os 59 agricultores das localidades Santa Rosa, Boca da Mata, São Pedro, Aliança, Capão e Canoa, cadastrados no projeto, foram contemplados com pacotes contendo mais de 2 kg de feijão, o suficiente para plantar mil metros quadrados. Valdinar é agricultor familiar e está satisfeito com o apoio que vem recebendo da Embrapa e da Prefeitura de Caxias. “A gente vai utilizar a tecnologia na roça, e eu acredito que vai elevar muito nossa produção. Estamos aprendendo muita coisa”, disse o agricultor.

A intenção foi reverter o quadro de riscos ambientais e econômicos da agricultura familiar da região, além de diversificar a produção e, consequentemente, as fontes de renda dos produtores, atenuando, acima de tudo, os estragos e prejuízos identificados nas áreas agrícolas, como destacou o engenheiro agrônomo José Câmara. “Inicialmente fizemos um rápido levantamento para saber o que eles realmente faziam. Observamos o nível tecnológico que eles estavam utilizando e aí criamos um plano de trabalho. Fizemos vários treinamentos no plantio de feijão e criação de animais”, destacou. (Da assessoria)

Coelho Neto mostra avanços no setor de saúde pública na gestão Américo de Sousa

17.11.19

A Prefeitura de Coelho Neto tem promovido nos últimos dois anos e dez e meses de gestão uma série de investimentos em saúde pública por meio de ações estratégicas para melhoria na estrutura física e na qualidade do atendimento prestado à comunidade.

Ampliação das equipes do Programa Saúde da Família (PSF) e Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF). Implantação da Planificação da Atenção Primária em Saúde e Planificação Hospitalar. No município, a Planificação da Atenção Primária em Saúde tem apresentado grandes resultados. Com isso, conseguiu-se reduzir consideravelmente a mortalidade Materna, Infantil e Fetal, nos últimos anos, e outros inúmeros avanços. O processo também foi implantado na rede hospitalar.

Realização de Seletivo público para Agentes Comunitários de Saúde com 23 vagas mais cadastro reserva; Implantação do Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência-Centro Milca Gardênia Oliveira de Araújo; Reforma e ampliação das Unidades Básicas de Saúde São Francisco, Anil, Quiabos e Santana (algumas em andamento); Modernização predial do Centro de Atenção Psicossocial-CAPS I; Modernização, ampliação e identificação do Centro de Especialidades Odontológicas-CEO; Reforma e adequação do Centro de Imagem; Reforma e implantação da base própria do Samu; Aquisição de equipamentos hospitalares, administrativo e estrutura para todas as Unidades Básicas de Saúde; Aquisição de um equipamento de ultrassonografia com doppler; Aquisição de 05 veículos para o Programa Saúde da Família e 02 ambulâncias em parceria com o governo do estado.

Implantação do primeiro Laboratório Público Municipal; Duas novas salas cirúrgicas; 40 novos leitos climatizados, equipados e modernizados no Hospital Municipal e Maternidade e uma nova ordem de serviço foi assinada para segunda etapa de reformas.

A rede serviços dispõe atualmente de Médicos, Dentistas, Enfermeiros, técnicos em Enfermagem, Fisioterapeutas, Educadores Físicos, Nutricionistas, Fonoaudiólogos, e várias especialidades como: Pediatra, Psiquiatra, Cardiologista, Ortopedista,Ginecologista, Infectologista, Gastro/Proctologistas, Endrocnolista, dentre outros.

SOBRE DENÚNCIAS APRESENTADAS NAS REDES SOCIAIS

“Nossa equipe tem trabalhado sobremaneira para entregar à comunidade espaços dignos e atendimento respeitoso, direito de todo cidadão. Como exemplo, temos, há mais de 10 anos, a Casa de Saúde que não recebia melhorias efetivas. Não se trata, agora, de uma simples maquiagem, trata-se de dignidade. Não temos nenhum histórico de pacientes com infecções hospitalares registrado no município. A reposição de lençóis é feita de maneira regular, nosso estoque foi totalmente renovado.PRECISAMOS SER RESPONSÁVEIS PELO QUE COMPARTILHAMOS. Toda a equipe trabalha para dispensar o melhor atendimento aos coelhonetenses. Esse é o nosso foco”, destacou a secretária Ravanne Bastos.

O Prefeito Américo de Sousa segue buscando trabalhar continuamente, driblando às dificuldades e realizando investimentos como esses que visam melhorar a vida da população.

(Com informações da assessoria)

Para Sarney, crise na América Latina é ‘fenômeno das democracias pobres’


Uma hipoteca da Guerra Fria

                     Da Coluna do Sarney

O século XX foi caracterizado como o mais violento da história do Mundo Ocidental. Tivemos duas guerras mundiais, com milhões de mortos. Pensou-se que, depois da última, o mundo iria viver em paz e harmonia; mas surgiu uma nova espécie de guerra, que foi a Guerra Fria, da confrontação e da ameaça da arma nuclear. Houve o enfrentamento de duas ideologias: a comunista e a capitalista.

Na esteira da descolonização e da maior onda de democratização que já vivemos, a queda do Muro de Berlim acabou a Guerra Fria.

Mas na América ficamos com uma herança, que foi Cuba, onde continuou o embargo dos EUA — que já no meu mandato o Brasil rompeu. A Revolução Cubana procurava se exportar para toda a América Latina. Isto correspondeu ao período das ditaduras militares estimuladas e reconhecidas pelos EUA, das agitações populares e da implantação de um anarco populismo. Procurava-se destruir a autoestima nacional, estimular a luta das minorias e promover a guerra de guerrilha, coisas que foram perdendo força à proporção que o mundo se ia transformando.

O que ficou nos dias de hoje foi o fortalecimento do proletariado e a tomada de consciência da prioridade dos direitos humanos, cujas violações tornaram-se intoleráveis e impossíveis de aceitar, e uma sociedade cada vez mais inconformada com a desigualdade.

No mundo de hoje acabou-se a polarização entre duas potências — Rússia e EUA —, para uma multipolarização, com destaque maior para a China, potência científica e militar que caminha para ser a primeira economia do mundo.

Assim, esta turbulência que vive a América Latina é uma distante hipoteca da Guerra Fria, misturada a rebeliões populares do longínquo século XIX. É um fenômeno das democracias pobres, não amadurecidas e consolidadas do mundo ocidental. É o caso da Venezuela, da Nicarágua, do Peru, do Equador. Na Argentina sobrevive e ao mesmo tempo agoniza o peronismo, cuja ideologia não se sabe bem o que é, mas resiste ao tempo. O problema da Bolívia é inteiramente diferente.

Na Bolívia houve a presença de um fenômeno pessoal: Evo Morales. Ele fez um brilhante governo. Pela primeira vez o país teve um longo período de estabilidade, crescimento econômico e paz social. O Presidente Morales julgou que isso lhe assegurava perpetuar-se no poder e avaliou mal o sentimento popular. A rotatividade no poder é a base da estabilidade democrática. Ele convocou um plebiscito para ver se o povo concordava em dar-lhe um quarto mandato e o povo respondeu não. Ditatorialmente, dominando a Justiça, obteve da Corte Suprema desconhecer o veredito popular e forçou uma nova eleição, comprovadamente fraudulenta. Deu no que deu.

A Bolívia é país sofrido, instável, com uma história de expoliação de seu território, tendo sua saída para o mar cortada e passado por mais de 150 golpes militares.

Vamos esperar que volte ao caminho que vinha seguindo: democracia e crescimento. Ela merece.

Cachê do cantor de 'Caneta Azul' mais que dobra e chega a R$ 20 mil

16.11.19

Assim que começou a 'viralizar' nas redes, Manoel cobrava R$ 8 mil.

O maranhense Manoel Gomes, autor do hit ?Caneta Azul? está com os negócios em alta. O novo cantor e compositor faz shows por todo o país a um cachê de até R$ 20 mil.

A canção dele caiu no gosto popular a partir de compartilhamentos de vídeos nas redes sociais. O sucesso foi tão grande que Wesley Safadão, Neymar e Rodrigo Faro já cantaram a música.

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal Uol, o valor do cachê do maranhense mais que dobrou em menos de um mês. Assim que começou a 'viralizar' nas redes, Manoel cobrava R$ 8 mil para se apresentar, mas toda a repercussão e a quantidade de pedidos de shows fez o cachê inflacionar. 

Hoje, os valores giram entre R$ 15 e R$ 20 mil, mas a previsão é de que eles subam ainda mais, simplesmente porque está prevista uma participação do 'Caneta Azul' em uma ação da Mega da Virada, em rede nacional, nas próximas semanas.

Agora, engana-se quem acha que a alta no cachê de Manoel Gomes afastou os contratantes. Pelo contrário! Segundo uma fonte próxima ao novo artista, a agenda de shows está fechada até o final do ano. Datas disponíveis, somente a partir de janeiro.

(Fonte: Gazetaweb)

Caxias: Realizada aula inaugural da capacitação com as 50 mulheres selecionadas pelo Programa Mais Renda Mulher


As 50 mulheres selecionadas pelo Programa Mais Renda Mulher, que visa incentivar as caxienses a terem seu próprio empreendimento, participaram da aula inaugural que ocorreu na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC/Caxias). A parceria com a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, vai garantir que todas elas sejam capacitadas durante 45 h/a. O prefeito Fábio Gentil participou da abertura dos trabalhos acompanhado da secretária da pasta, Aureamélia Soares.

A capacitação vai durar um mês. Ao final, todas as mulheres serão certificadas e só então vão receber o cartão com o valor de R$ 500,00 para empreenderem em seus negócios. O recebimento do cartão ocorrerá em uma solenidade em dia ainda a ser marcado.

“A gente traz o início dos cursos, são temas que trazem como empreender, motivação, a igualdade de gênero, o empreendedorismo, para que a mulher entenda que ela tem essa capacidade” ressalta Rosy Bonfim, gerente do SENAC/Caxias.

Leidiane Barros quer melhorar o trabalho com salgados no Residencial Santa Teresinha. “Eu procurei me interessar, fiz minha inscrição. Quando saiu minha inscrição eu fiquei muito feliz, porque vai aprimorar o meu trabalho e vai ser uma renda que vai me ajudar bastante, porque eu trabalho com salgados”, diz.

Maria Iramar tem um reforço escolar no bairro Mutirão. Ela quer dar mais conforto aos alunos e melhorar o negócio.

“Esse projeto vai ajudar tanto a mim, quanto as minhas demais colegas na questão de a gente investir no que estamos trabalhando em questão de infraestrutura. Eu vou fazer uma adequação no meu estabelecimento, eu quero dar mais conforto e acessibilidade aos meus alunos, fazendo com que eles se sintam bem onde eles estão. Esse valor vai ajudar muito, porque também tem a capacitação pra gente aprender administrar o que ganha”, afirma a empreendedora.

Teresa Marques é cabeleireira e quer ampliar o leque de produtos oferecidos. “Vai ajudar muito porque eu vou me capacitar mais e vou ampliar mais meu negócio na área de depilação, massagem, cabelo”, diz.

A previsão é que a entrega dos cartões seja feita em dezembro. A expectativa é que o programa cresça ainda mais em 2020.

“Hoje estamos iniciando a capacitação do Programa Mais Renda Mulher. Eu quero parabenizar ao prefeito Fábio Gentil por essa oportunidade. Estamos iniciando este ano, 50 mulheres estão sendo contempladas e, no próximo ano, serão mais 150 mulheres que podem concorrer ao programa”, afirma a secretária Aureamélia Soares.

“As mulheres são empreendedoras, o que precisam é de uma oportunidade. Com esta parceria entre a Prefeitura de Caxias e Secretaria de Políticas para as Mulheres, nós oferecemos o Programa Mais Renda Mulher para que as mulheres coloquem seu próprio negócio e possam lutar e dar sustentabilidade às suas famílias”, afirma Fábio Gentil. (Da assessoria)

Deputado Rafael Leitoa visita reforma de escolas do estado em Timon


Na próxima semana iniciará a reforma de mais uma escola jurisdicionada à Unidade Regional da Educação (URE) Timon. Desta vez, será o Centro de Ensino Dr. João Lula, que recebeu nesta quinta-feira (14/11), o Deputado Estadual e Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Rafael Leitoa; o Gestor da URE Timon, professor Regino Nolêto; o ex-prefeito de Timon e assessor do Senador Weverton Rocha, Chico Leitoa, e a equipe de construtores responsáveis pela obra para juntos receberem a escola, que encerrou o ano letivo hoje.

“Durante a visita conversamos com a gestão escolar e os professores sobre esta reforma e com isso, não podemos deixar de agradecer ao Secretário de Educação, Felipe Camarão, e ao Deputado Rafael Leitoa, pelo empenho e comprometimento deles em mais uma reforma em nossa Regional de Educação. Agradecemos também ao Governador Flávio Dino por esta reforma que em breve devolverá a nossa cidade mais uma Escola Digna”, disse o professor Regino Nolêto.

Ainda nesta manhã, o professor Regino e a equipe de construtores também visitaram o Centro de Ensino Anna Bernardes, que foi reformado neste ano, mas agora passará por uma ampliação para se tornar, em 2020, um centro de ensino de tempo integral.

(Da assessoria)

Prefeito Américo de Sousa realiza entrega da Praça Alfredo Vieira Neto

15.11.19

O prefeito Américo de Sousa realizou hoje, 14/11, a entrega da PRAÇA ALFREDO VIEIRA NETO aos moradores do Cruzamento da Avenida Santana com a Rua Vicente Correia Lima. O espaço, totalmente construído e reformado, proporcionará à população mais espaço de lazer, prática de atividades físicas e de convivência.

A entrega da Praça Alfredo Vieira Neto demonstra o compromisso da gestão municipal com a qualidade de vida e bem-estar da população. A Prefeitura Municipal também requalificou a Praça Tonico Couto, e está desenvolvendo ações na revitalização da Praça da Subestação.

Prefeito Américo com as filhas do Senhor Alfredo Vieira Neto, Olímpia e Malu

Na oportunidade, o prefeito Américo de Sousa agradeceu ao público que marcou presença, aos vereadores Marcos Tourinho, Júnior Santos, Luiz Ramos, Wilson Vaz, Mohabe Branco, Reginaldo Janse, ao ilustre ex-presidente da Câmara Domingos Jaques e sua filha Graça Melo, Jademil Gedeon, além das lideranças, servidores e populares que estiveram presentes.

Catulé afirma que nova instalação do Ministério Púlico deixa mais fortalecida a Cidade Judiciária de Caxias

14.11.19

Ao se pronunciar para a imprensa sobre a inauguração da nova sede do Ministério Público do Maranhão, em Caxias, na tarde dessa quarta-feira (13), o presidente da Câmara de Caxias, vereador Catulé (PRB), louvou a iniciativa do Procurador Geral de Justiça do Estado, Luiz Gonzaga Martins Coelho, por colocar mais uma célula em funcionamento no contexto da Cidade Judiciária de Caxias, que já é um complexo de edificações que aglutina, em uma só área, no bairro Campo de Belém, as mais importantes instituições ligadas ao sistema judiciário do nosso país.

Satisfeito por ter contribuído para a consolidação do empreendimento do Ministério Público Estadual em Caxias, uma vez que foi a Câmara Municipal que aprovou a solicitação da prefeitura para a doação de um terreno para a entidade, contribuindo para retirá-la das instalações modestas onde funcionava, no centro da cidade, ao lado onde esteve instalada a antiga casa da Justiça, o presidente da Câmara lembrou, em entrevista, os passos iniciais que assistiu para que a Cidade Judiciária de Caxias se tornasse hoje uma referência, não somente na região do leste-maranhense, mas em todo o interior do Estado.

"Vejo, com satisfação, que é uma Cidade Judiciária se tornando realidade, mais forte ainda. Quando ela foi idealizada, pelo então ministro-presidente do Superior Tribunal de Justiça, o caxiense Edson Vidigal, alguns levaram a proposta na gozação, e até diziam que era um sonho que não se realizava. Mas, hoje, está aqui o resultado. Além das instalações do Fórum do Tribunal de Justiça do Maranhão, do Ministério Público Federal, da Justiça Federal, da Justiça Federal do Trabalho, da Receita Federal, da Ordem dos Advogados do Brasil, enfim, dos órgão públicos que servem à sociedade brasileira, agora, nós estamos aqui recebendo o Ministério Público Estadual, uma instituição forte, instalada em prédio seguro, confortável, e isso vai fazer com que ele seja um órgão mais ágil e, portanto, em condições de oferecer um trabalho mais preciso, mais célere, a toda região do leste maranhense", afirmou na oportunidade. (Ascom/CMC)