“Esse terceiro mandato vai ser muito melhor porque eu estou mais experiente”, diz Zé Reis ao ser diplomado prefeito de Aldeias Altas

9.12.16
Aconteceu na manhã desta quinta-feira (08), no auditório da Escola Antonieta Castelo, em Aldeias Altas, a cerimônia de diplomação dos eleitos naquele município no pleito 2016. A cerimônia de diplomação foi comandada pelo juiz da 5ª zona eleitoral de Caxias, Antonio Manoel Araújo Velozo.

Recebendo o terceiro diploma de prefeito de Aldeias Altas, o empresário José Reis Neto tem uma trajetória de vida que se confunde com o período que o município teve prosperidade e seus habitantes tiveram uma significativa melhoria de qualidade de vida.

Sendo um dos maiores entusiastas do setor sucroalcooleira na região, o empresário conseguiu, em dois momentos distintos da economia de Aldeias Altas, garantir o funcionamento de importante indústria de extração e beneficio da cana de açúcar no município e garantir a geração de milhares de empregos na cidade.

Lançando seu nome na política de Aldeias Altas, na segunda vez que disputou um cargo eletivo, em 2004, conseguiu ser eleito prefeito e reeleito em 2008. Comandando sua sucessão em 2012, Zé Reis conseguiu eleger seu candidato, com quem viria a romper pouco tempo depois.

Com um trabalho na administração municipal que garantiu seu nome como um dos grandes gestores do Maranhão, Zé Reis conseguiu ser eleito prefeito pela terceira vez com incríveis 6.062 votos, o que representou 46,05% dos votos válidos, ficando o segundo colocado, Kedson Lima (PC do B), com 32,97% (4.340 votos) e o atual prefeito Tinoco no terceiro lugar com 19,10% (2.514 votos).

Quando lhe foi dada a palavra, Zé Reis iniciou seu discurso falando sobre o tamanho da responsabilidade que estava recebendo naquele momento. “Cai sobre mim muita responsabilidade e compromisso, porque quando a gente é escolhido pela terceira vez é porque nós somos compromissados, eu, minha família e todo o grupo que me acompanha, o grupo forte é o povo”, iniciou o prefeito eleito para em seguida afirmar que, mais uma vez, não irá decepcionar os eleitores: “Nós agradecemos a oportunidade que vocês nos deram. Essa oportunidade eu não vou decepcionar vocês, pelo contrário, eu tenho um compromisso com todos os irmãos aldeenses”.

Falando das primeiras ações que fez tão logo saiu o resultado das urnas, Zé Reis enumerou algumas delas: “Já fizemos várias parcerias de investimento para trazer para Aldeias Altas. Já tivemos contato com o governo federal, com alguns convênios e eu tenho certeza que vocês apostaram na pessoa certa, que está compromissada com todos os aldeenses. E quero dizer a vocês que esse terceiro mandato vai ser muito melhor que os dois porque eu estou mais experiente”.

Foram diplomados na manhã desta quinta-feira (08), 11 vereadores, suplentes, o prefeito Zé Reis e o vice-prefeito Itamar Soares que irão comandar os destinos dos aldeenses pelos próximos 4 anos.

Rafael Leitoa chama de absurda diplomação do prefeito eleito em Parnarama

7.12.16
"Mais uma vez Parnarama ficará à mercê de uma administração
desastrosa", afirmou Rafael Leitoa (Assessoria)
A diplomação do prefeito eleito na cidade de Parnarama, Região dos Cocais, foi o assunto principal do discurso do deputado Rafael Leitoa (PDT), na manhã desta terça-feira (06). Segundo Leitoa, a quantidade de processos e contas reprovadas pela Câmara de vereadores do município deveriam impedir a diplomação de Raimundo Silveira (PROS) eleito no último mês de outubro com 44% dos votos.

Rafael Leitoa definiu como absurdo o fato de Raimundo Silveira, que já administrou Parnarama outras vezes, responder a 40 ações judiciais, ter 16 contas julgadas irregulares e uma condenação por improbidade administrativa no Tribunal Regional Federal, ter a candidatura deferida e ainda vencer as eleições. “Quero chamar atenção do Tribunal Regional Eleitoral, que tudo isso foi resolvido na Comarca de Parnarama e agora estão recorrendo, a Câmara Municipal e os advogados, ao TRE para cassar o diploma que foi expedido no dia 02, por um juiz local”, alertou o deputado.

O deputado ressaltou que todos os trâmites relacionados às 16 rejeições das contas de Raimundo Silveira como gestor, foram cumpridos pela Câmara Municipal de Parnarama, as quais ultrapassam os 2 milhões somente em multas das gestões anteriores. “Daqui a gente assiste a um espetáculo de protelação de, às vezes, uma ação que é mal elaborada, às vezes um prazo que é perdido, mas corremos o risco de mais uma vez ter um gestor, que tem dezenas de condenações, assumir um município do tamanho de Parnarama, com as necessidades que o município tem. E mais uma vez vai ficar à mercê de uma gestão que já foi experimentada e várias vezes foi desastrosa”, lamentou Rafael Leitoa.

TRAPALHADA - Junto com Léo Coutinho, Fause Simão articula oposição a Fábio Gentil e pode amargar 4 anos de ostracismo político

6.12.16
DIVERSÃO PODE SAIR CARA - Fause Simão pode estar dando um tiro no pé
ao se aliar a Léo Coutinho na oposição a Fábio Gentil

Com o passar dos anos, o atual secretário municipal do Trabalho de Caxias, Fause Simão, dá sinais de que perdeu a sensibilidade política ao não saber analisar a conjuntura do momento.

Com o grupo Coutinho esfacelado após a derrota eleitoral no município, Fause Simão procura justamente o desgastado Léo Coutinho, a quem chama de “meu ídolo”, para tentar empurrar o irmão, Paulo Simão, como presidente da Câmara Municipal.

As reuniões e trocas de telefonemas entre FS e LC são constantes em busca do objetivo de ambos, que é dificultar ao máximo a próxima administração.

A movimentação do secretário do Trabalho mostra-se incoerente e totalmente sem sentido, pois busca apoio justamente no arqui-inimigo do futuro prefeito para conseguir seu intento de comandar o legislativo.

Léo Coutinho mostrou na sua desastrada gestão não possuir capacidade administrativa e muito menos política para comandar a cidade.

Buscar apoio em que já demonstrou ao longo de 4 anos não ter o mínimo de traquejo, mesmo tendo herdado um coeso grupo do tio, é de uma falta de bom senso que chega a impressionar a classe política.

Fause Simão tem transitado muito bem ao longo de diferentes gestões no município. O fato de ser irmão do desembargador Jamil Gedeon tem servido como muleta para ele ao longo dos anos, mesmo que o irmão do Tribunal de Justiça não saiba das recentes peripécias do mano querido.

O parentesco com um desembargador do TJ conseguiu no passado impressionar vereadores do baixo clero, mas, nos tempos atuais, mesmo o mais inexperiente parlamentar sabe que isso não significa absolutamente nada nas demandas da administração municipal.

Embora tenha saído praticamente ileso politicamente pelos deslizes cometidos ao longo dos anos na política caxiense, nos últimos dias Fause tem extrapolado e saído do limite aceitável ao se aliar com os opositores de Fábio Gentil na trapalhada de conquistar o comando da Câmara.

Apesar de parecer uma ação totalmente suicida, o atual secretário do Trabalho sabe muito bem dos riscos que está correndo. As consequências de se aliar aos inimigos do futuro prefeito podem alterar seus planos para os próximos 4 anos.

Embora não seja muito ativo nos tribunais de Caxias, Fause é advogado e certamente não lhe faltará uma vasta clientela quando não estiver mais ocupando o pomposo cargo de secretário municipal, onde um séquito de assessores lhe garante um status social invejável.

Caxias poderá não ter mais um integrante da família Simão ocupando um importante cargo na administração do município, mas a cidade ganhará um advogado de mão cheia.

Mas a vida é assim mesmo...

Novo comando da GCM de Caxias sairá de lista tríplice

O novo comando da Guarda Civil Municipal de Caxias vai ser escolhido em uma lista tríplice, que será encaminhada pela corporação no dia 12 de dezembro ao prefeito eleito Fábio Gentil (PRB). A decisão foi anunciada em uma reunião na tarde desta segunda-feira (5), na sede da GCM e com a presença do próximo gestor caxiense.

Durante o encontro, proposto pela própria corporação, os guardas municipais enumeraram à Fábio Gentil uma série de reivindicações, dentre elas; a não interferência do gestor na escolha do comando, implementação do PCCS – Plano de Cargos Carreiras e Salários, estruturação da GCM com novos uniformes, utilização de armamento e melhoria da frota veicular.

Quanto a escolha do comando da GCM, ficou decidido que os guardas municiais, durante formatura prevista para os próximos dias, elencará três nomes que serão entregues ao prefeito eleito para nomear um dos indicados.

Atualmente 109 oficiais estão na ativa. Todo e qualquer Guarda Municipal poderá se candidatar ao comando da GCM, mas, três nomes já estão sendo cogitados, dos inspetores: Marizálber, Vilanova e Roseane. 

Após definir o novo comandante da instituição, caberá ao prefeito eleito Fábio Gentil nomear o subcomandante, que necessariamente não precisa fazer parte da lista tríplice.

Com a definição do rito de escolha do comandante da GCM em Caxias, se desfaz as especulações de que nomes como Aderbal Malheiros ou Mesquita pudessem vir a assumir a corporação, aliás, um dos dois pode surgir como coordenador de Segurança Pública, já que Fábio Gentil deve extinguir a atual secretaria, transformando-a em pasta secundaria. 

Há também a intenção do prefeito eleito em fundir a coordenação de segurança pública com a Defesa Civil Municipal e o Departamento Municipal de Trânsito. (Fonte: Mano Santos/Blog Capital do Leste)

Há também a intenção do prefeito eleito em fundir a coordenação de segurança pública com a Defesa Civil Municipal e o Departamento Municipal de Trânsito. (Fonte: Mano Santos/Blog Capital do Leste)

Crise de pré-abstinência – Desesperados com o fim da “mamata” que se aproxima, comunicadores do grupo Coutinho transformam-se em profetas do apocalipse

5.12.16
Não está sendo fácil para a maioria dos integrantes do grupo Coutinho aceitar que o fim das benesses do poder está próximo.

Mensalinhos profissionais, do tipo que não dá um prego numa barra de sabão, que nos últimos 12 anos se acomodaram com o gordo salário no fim do mês, e já nem tem mais ideia de como é dura a vida de um trabalhador na luta diária pela sobrevivência, estão entrando em desespero nos últimos dias com a proximidade do fim desse ciclo.

A cada minuto que passa, a mensalada, por meio das redes sociais, aumenta a dose de pessimismo ao se referir à futura gestão de Fábio Gentil. É uma torcida desesperada, e até mesmo tresloucada ao fazer qualquer análise de um futuro sem a família Coutinho no comando do município.
  
Na área da comunicação do grupo Coutinho, os mensalinhos que estão perdendo os gordos salários da Prefeitura de Caxias, mas que aparentemente já estão bem alojados como fantasmas da Assembleia, levam o desespero as últimas consequências e se jogam em análises apocalípticas comprometendo a credibilidade ao abordar assuntos sérios.

O fato da equipe que auxiliares da futura administração de Fábio Gentil ainda não ter sido divulgada tem recebido as críticas mais absurdas, bem como absurdas tem sido a exploração de qualquer lista apócrifa de prováveis secretários.

As tratativas em torno da eleição da Câmara Municipal, onde o nome do vereador Catulé, apoiado pelo prefeito eleito tem sido bem recebido pela maioria dos colegas, é alvo de análises igualmente absurdas pela mídia ansiosa por agradar aos patrões.

A data de pagamento do funcionalismo municipal a partir de 2017 é abordada com opiniões desvairadas dos comunicadores coutinhianos.

Todo esse desespero trata-se simplesmente da pré-crise de abstinência financeira dos mensalinhos.

E se na pré-crise de abstinência eles estão assim, imagina quando janeiro chegar e a crise pegar pra valer...

Vai ter correligionário do deputado Humberto Coutinho vendo visagem pelas ruas de Caxias.

É bom o prefeito eleito Fábio Gentil reforçar o atendimento nas unidades do CAPS a partir de janeiro, pois a demanda promete aumentar consideravelmente.

Assistiremos uma oposição sem coerência e sem um mínimo de responsabilidade ao tratar qualquer assunto da administração 2017/2020.

Ainda bem que o caxiense é inteligente o suficiente para distinguir uma crítica justa de uma crítica provocada pela crise de abstinência financeira da mensalada.

Luto – Vítima de atropelamento, Clidenor Guimarães (titio) morre aos 71 anos em São João do Sóter



Morreu na noite deste sábado, 03, o sindicalista e funcionário público Clidenor Rodrigues Guimarães, conhecido carinhosamente como “titio”. O óbito aconteceu na Avenida Esperança, em São João do Sóter, quando “titio” foi atropelado por uma motocicleta e teve morte imediata.

O condutor da motocicleta, Elcido de Sousa, 22 anos, sofreu ferimentos leves. Atendido na UPA de Caxias, Elcido recebeu voz de prisão em seguida.

Familiares da vítima relataram que o autor do acidente teria ingerido bebida alcóolica durante todo o dia. O fato do condutor da motocicleta estar embriagado, dirigir em alta velocidade e com o farol da motocicleta desligado aumenta a dor da família.

Clidenor Guimarães teve uma vida dedicada ao movimento sindical e político de Caxias e de São João do Sóter.

Em Caxias, Clidenor Guimarães presidiu o Sindicato dos Trabalhadores Rurais por 12 anos entre as décadas de 80 e 90.

Assim que o então povoado de São João do Sóter foi emancipado, candidatou-se a prefeito do lugar, mas, embora não conseguindo sucesso naquele pleito de 1996, obteve o significativo feito de sagrar-se vencedor na contagem dos votos computados na sede do município, sendo que a derrota só aconteceu por conta do fraco desempenho obtido na zona rural.

Natural do povoado Poção, em São João do Sóter, Clidenor Guimarães dedicou parte da sua vida a sua terra natal, sendo que ocupou diversos cargos públicos na Prefeitura sotense.

Para educar os filhos, “titio” também mantinha residência em Caxias, onde era figura conhecida e respeitada na região.

Pai do publicitário Clidenor Guimarães Filho, proprietário da Cliart, empresa pioneira na exibição de out-doors e serigrafia em Caxias, o sindicalista deixa esposa e filhos.

O sepultamento acontecerá as 07:00h da manhã desta segunda-feira, 05, em Caxias, no cemitério das Pedras. 

Governo do Maranhão dialoga com lideranças eclesiásticas de Caxias

3.12.16
Seguindo a agenda de atendimento à população maranhense, nesta quinta feira (1) o governador Flávio Dino e o secretário Adelmo Soares estiveram reunidos com a comunidade eclesiástica do município de Caxias.

Dom Vilson Basso (bispo diocesano do município), padre Jean e representantes da comunidade Fazenda da Esperança, em conversa com os representantes do Governo do Estado, solicitaram melhorias para o Centro de Ensino Cônego Anderson, escola da zona urbana de Caxias que atende atualmente, cerca de 700 alunos de 1° e 2° grau. Outro assunto tratado na pauta de solicitações foi a construção de uma quadra poliesportiva para a prática de esportes dos jovens atendidos pelo centro de reabilitação e ressocialização que compõe a Fazenda da Esperança.

Com o objetivo de formar um plano de ação para atender às solicitações, o governador Flávio Dino comprometeu-se a encaminhar uma equipe da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), para dar encaminhamento às demandas solicitadas, bem como viabilizar a construção de um estacionamento para a Basílica de São Francisco, que está localizada no município de São João do Sóter, no famoso Alto de São Francisco que é visitado por centenas de fiéis no dia de seu padroeiro.

O encontro marca não apenas a acessibilidade do governador Flávio Dino para com a sociedade, mas principalmente, reforça o respeito com que o governo tem tratado as demandas realizadas pelos fiéis das diferenças crenças e culturas praticadas no Estado.

“Vamos chegar muito fortes e mais preparados em 2018”, avisa João Alberto

2.12.16
Do Blog do Gilberto Léda - A dedicação de João Alberto ao seu grupo e ao PMDB do Maranhão ganhou destaque na coluna do ‘imortal’ Benedito Buzar, presidente da Academia Maranhense de Letras.

Para o experiente político, hoje na oposição ao governo estadual, o momento é de reorganização, de construir alianças, mobilizar as forças e apresentar uma alternativa de poder nas eleições de 2018.

“Há muita bravata, muito mito e uma perseguição explícita à classe política promovida pelo governador Flávio Dino e por seus assessores mais próximos. O argumento é ‘mudança’. Ora, a política jamais teve tal propósito. Pelo contrário. A política é a arte do diálogo, de somar e multiplicar. O que o atual governo promove é a fórmula oposta, a de subtrair e diminuir”, avalia.

O senador, presidente do Conselho de Ética do Senado, é um dos parlamentares mais atuantes e respeitados em Brasília. Chamou para si a responsabilidade de manter unido o PMDB maranhense e seus aliados. Incansável, é também presença pontual nos municípios do interior e na sede do partido, no São Francisco, em São Luís.

“É a vida corrida do parlamentar responsável. A política é minha vocação. É preciso estar sempre atento às necessidades do Brasil e, mais ainda, as do povo do Maranhão. Vamos chegar muito fortes e mais preparados ainda em 2018”, avisa.

Papai Noel chega de helicóptero no Caxias Shopping nesta sexta (02)

Velhinho ainda irá sobrevoar Caxias, São João do Sóter e Aldeias Altas às 14hs desta sexta

Ás 14hs desta sexta-feira (02) o Papai Noel irá até as cidades de São João do Sóter e Aldeias Altas levar alegria e acenderá o clima natalino para as crianças dos municípios. Após o vôo pelas cidades da região dos cocais maranhenses, o bom velhinho se dirige até o Caxias Shopping Center, realizador da ação.

Papai Noel irá chegar por volta das 16h30 e irá pousar no estacionamento do Caxias Shopping Center. Durante o período que antecede o natal, o bom velhinho estará disponível para fotos e visitas no Caxias Shopping Center.

O novo shopping foi inaugurado na última quarta-feira (30) e desde que abriu as portas recebe centenas de pessoas. O local está recebendo uma super decoração natalina que irá dar ainda mais brilho para as festividades de fim de ano. (45 graus)

Américo participa do Encontro de Prefeitos com Flávio Dino em São Luís

Américo e Antônio Pires ladeados com o governador Flávio Dino e
o deputado estadual Rafael leitoa

O prefeito eleito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), cumpre agenda em São Luís, onde participou na manhã desta quinta (01), do encontro de prefeitos eleitos e reeleitos com o governador Flávio Dino (PCdoB).

O objetivo do evento realizado do Rio Poty Hotel foi para apresentar os projetos e programas desenvolvidos pelo governo estadual, que podem beneficiar as populações dos 217 municípios maranhenses.

Com o tema ‘Governando Juntos: Encontro de Prefeitos e Prefeitas com o Governador Flávio Dino’, o encontro contou com a presença do governador e de mais 204 gestores e futuros gestores, o que representa 94% das prefeituras municipais.

Américo esteve acompanhado do vice-prefeito Antonio Pires e da futura secretária de Saúde Cristiane Bacelar.