DESCASO - Quadra poliesportiva do bairro Castelo Branco praticamente destruída

2.2.22

A quadra poliesportiva do bairro Castelo Branco, inaugurada em 2003, é hoje o retrato do setor esportivo em Caxias. Atualmente em completo estado de abandono, o local chega a revoltar os amantes do esporte diante do descaso em que se encontra.

Sem nenhum banheiro funcionando, uma vez que só existe o espaço onde estavam os mesmos, as bases para tabela de basquete estão no chão há muito tempo e a época em que eram usadas pelos atletas remontam aos primeiros anos de funcionamento do local e só podem ser vistas em registros fotográficos feitos em gestões passadas.

Os vergalhões de sustentação da cobertura encontram-se enferrujados e estão quebrados em vários pontos, assim como as arquibancadas próximas a essas bases, fazendo do local um acidente prestes a acontecer e que pode se transformar numa tragédia caso aconteça em horário onde alguns jovens ainda insistem em frequentar aquele ambiente insalubre.

Antigo banheiro do local

Tendo um representante do legislativo na vizinhança, e sendo este parlamentar identificado com o esporte, o estado de abandono desse prédio público mostra exatamente o compromisso(?) com o setor.

Que fique claro que Darlan Almeida, morador do bairro Castelo Branco, pouco ou nada poder fazer, haja vista já ter denunciado em pronunciamento na Câmara a dificuldade até de falar com o prefeito, não sendo o descaso com o espaço esportivo das redondezas culpa sua ou qualquer coisa parecida.


Recomenda-se aos moradores do Castelo Branco cuidado com seus filhos que
ainda procuram diversão na quadra do bairro

Sendo um dos ícones do legado da ex-prefeita Márcia Marinho no esporte de Caxias, a Quadra Poliesportiva leva o nome de um grande desportista caxiense, o saudoso Hugo Humberto Moreira Fonseca (Beto Fonseca).

Por ironia do destino, um filho do homenageado, Caxmar Simão, responde pela Ouvidoria do Município, órgão responsável por acolher as demandas da comunidade, zelando pela garantia da qualidade dos serviços públicos e onde o cidadão pode apresentar sugestões, reclamações, solicitações e denúncias sobre a prestação desses serviços públicos.

Mas como a união faz a força, seria o caso do vereador Darlan protocolar uma reclamação na Ouvidoria do Município e contar com o apoio do titular da pasta para que algo fosse feito.

Nunca é tarde para se tentar um golpe de sorte...

1 comentários:

  1. Unknown disse...:

    Sem falar nas escolas Nossa senhora dos Remédios e João lobo só mato.os cemitério também de Caxias Niguem entra de tanto mato .Caxias precisa de no mínimo mais 3 cemitérios

Postar um comentário