Caxias: Coligação de Adelmo Soares consegue na Justiça suspender a montagem do Natal Iluminado

26.10.20

Montagem do Natal Iluminado está suspensa

Montagem do Natal Iluminado de Caxias está suspenso a pedido, via Justiça, da coligação do candidato Adelmo Soares

A estrutura do Natal Iluminado de Caxias foi suspenso nesta segunda-feira (26), pela Justiça a pedido da coligação "Caxias de Todos Nós" que tem à frente o deputado estadual Adelmo Soares candidato a prefeito pelo PCdoB. A festa virou tradição na cidade e atrai pessoas de várias regiões.

Enquanto muitos políticos Brasil afora buscam criar projetos e ações de lazer para suas cidades, em Caxias tem candidato indo na contramão dos eventos culturais já existentes.

O Natal Iluminado de Caxias tornou-se uma das festividades cristãs mais esperadas do ano no interior do Maranhão. Turistas até do exterior já estiveram prestigiando o evento que se tornou marca registrada de Caxias e acontece desde 2017.

A suspensão da montagem da estrutura do Natal Iluminado pegou a população caxiense de surpresa, até porque o evento movimenta a economia local e movimentações culturais como esta se tornam ainda mais importantes em um momento de crise como o país está vivendo atualmente por conta da pandemia do novo coronavírus, que entre outras coisas causou uma grande crise econômica. (Fonte: Blog do Ludwig)

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Tem problema não, adelmo e Taís....

    A festa vai ser mesmo depois do resultado das urnas....ahahhaahhhah

  1. Ricardo disse...:

    Negativo. A montagem continua. A juíza NÃO concedeu a tutela antecipada que pedia a suspensão da montagem. Portanto a montagem continua. Bem como NÃO é verdade o que andam publicando de que o evento denominado Natal Iluminado foi cancelado. O que foi decidido pela Justiça é que a atual gestão apresente documentação comprobatória sobre o processo licitatório, notas de empenhos, pagamentos efetuados, etc. E que o evento só comece a ser realizado após a apresentação de tal documentação.

Postar um comentário