De personalidade forte, Cleide Coutinho demonstra resiliência e deixará a política pela porta da frente

14.9.21
Saindo da vida político/partidária praticamente sem opção, Cleide Coutinho
demonstra uma resiliência que muitos não conheciam


Em meados deste ano, mais precisamente em junho, pipocou em blogs Maranhão afora a substituição de Cleide Coutinho por outro nome da família como candidato (a) a deputado (a) estadual.

Primeiro a puxar a conversa de que a família teria outro nome para disputar a Assembleia Legislativa foi o prefeito de Matões, Ferdinando Coutinho. Num evento naquela cidade, Ferdinando bradou que seu irmão, engenheiro Eugênio Coutinho, seria o indicado. Ferdinando nem chegou a citar o nome da cunhada e nem falou em substituição, abordou apenas que a partir daquele 26 de junho de 2021, seria o irmão caçula o seu candidato a deputado estadual conforme publicado no blog do Ludwig (veja aqui e aqui).

Aquela altura do campeonato, Cleide Coutinho nunca havia se manifestado.

Apesar de não ter se manifestado sobre abdicar do direito de se candidatar a reeleição, o que se viu após a primeira manifestação do prefeito de Matões foi uma sucessão de notas em vários blogs falando abertamente sobre o assunto, onde os escribas, certamente recompensados com tais publicações, imputavam a Cleide Coutinho declarações que ela nunca havia dado. “A deputada estadual Cleide Coutinho (PDT) anunciou, neste último final de semana, que não disputará a reeleição ano que vem...”, repetiam a exaustão os releases compartilhados na blogosfera sem, no entanto, apresentar um vídeo ou um áudio da deputada anunciando tal ato após uma suposta reunião da família. Nem mesmo uma nota oficial do seu gabinete foi publicada nas contas oficiais dando conta do assunto, o que mostrou no mínimo uma falta de respeito para com a maior interessada.

Assim que se deu conta do tamanho do investimento que teria que fazer para se aventurar na política partidária, Eugênio refugou a ideia e sua candidatura não durou mais que 1 semana.

Declarações atribuídas a Cleide Coutinho divulgadas em diversos blogs nunca foram dadas pela mesma


Com a desistência do caçula da família, e ainda sem nenhuma manifestação oficial da deputada Cleide, Ferdinando tira da cartola outra solução caseira e lança sua esposa Cláudia como a nova candidata a deputada.

Os dias se passaram e a esperada declaração oficial de Cleide Coutinho sobre sua desistência não aconteceu. Sua assessoria parlamentar continuou a publicar as ações como deputada e intensificou a exposição das atividades políticas em diversos municípios.

Até mesmo os correligionários mais próximos de Cleide e do saudoso Humberto Coutinho, de onde se esperava algum tipo de manifestação em defesa da manutenção de sua candidatura, nada se ouviu dessas vozes que muito devem a memória do outrora grande líder.

De personalidade forte no trato de questões pessoais e empresariais, Cleide Coutinho era ao mesmo tempo a ternura e o encanto do esposo Humberto, que com ele construiu o alicerce político e financeiro do poder hoje ostentado pelo clã.

Apesar da forma como foi tratada nesse imbróglio político/familiar, CC mostrou uma resiliência que muitos não sabiam que a mesma tinha. Aos poucos está passando o bastão para a esposa do prefeito de Matões conforme os novos interesses familiares.

Em política é comum a comparação entre candidatos, sejam eles adversários ou não.

Cleide Coutinho tem um currículo invejável.

As vezes não é bom comparar currículos...

2 comentários:

  1. Unknown disse...:

    A senhora contínua sendo minha capitã;sua decisão é pessoal, talvez não fosse a hora da senhora deixar a política. No entanto, esta é uma decisão sua. Conte com minha estima e respeito sempre! Acompanharei quem a senhora escolher para substituí-la; independente de credo ou religião. Agradeço por tudo que a senhora representa para o Maranhão e para todos nós. Honrando seu mandato autorgado pelo povo e elevando sempre a memória de Humberto Coutinho. Reitero meu compromisso com a família Coutinho!!!

Postar um comentário