Maranhão tem quatro cidades com mais eleitores do que habitantes

27.10.20

O número de municípios com mais eleitores que habitantes aumentou na comparação com o cenário visto nas eleições de 2018. Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), desta vez são 493, 8,8% das cidades brasileiras. Em 2018, quando 308 cidades do Brasil registraram essa inversão, o aumento foi de 60%.

O Maranhão segue estável neste cenário. São quatro cidades com mais eleitores do que habitantes. Com menos de 10 mil habitantes, os municípios de Porto Rico do Maranhão, Junco do Maranhão, São Raimundo do Doca Bezerra e Afonso Cunha, possuem cada, uma equivalência de eleitores aptos a votar superior a 105%.

Entre as cidades, Porto Rico do Maranhão é a que tem a maior diferença entre o número de eleitores com o da população. De acordo com o TSE, a cidade possui um excesso de 1.077 eleitores a mais do número de habitantes, que chega a quase 6 mil, o que representa uma diferença de 117,08%.

Proporcionalmente, a cidade que lidera a lista nacional de municípios com mais eleitores do que habitantes é Severiano Melo (RN). Lá, segundo estimativa do IBGE, são 2.088 habitantes, já os dados do TSE apontam 6.482 eleitores aptos a votar, o número é três vezes maior que a quantidade de habitantes.

Essa diferença pode acontecer por desatualizações nas estimativas de população feitas pelo IBGE, fraudes e, especialmente, por questões afetivas. No Maranhão, acontece muito um fluxo eleitoral de pessoas que moram na capital e votam em cidades do interior do estado onde têm mais afetividade. E o efeito é que nessas cidades, temos mais eleitores do que efetivamente deveríamos ter exclusivamente pelo critério de moradia.

0 comentários:

Postar um comentário