Rejeição de Léo Coutinho em pesquisa reacende discussões em torno de plano “B” para substituí-lo como candidato a prefeito

9.11.15
Deputado Humberto Coutinho procura alternativas 
para substituição do sobrinho
Não está sendo nada fácil para o deputado estadual Humberto Coutinho explicar para os colegas na Assembleia Legislativa, e muito menos para os correligionários em Caxias, a rejeição estratosférica do sobrinho Léo Coutinho e a enorme possibilidade do mesmo ter que ser substituído nas eleições de 2016 para disputar o cargo de prefeito.

Falar sobre isso com o governador Flávio Dino deve estar sendo mais difícil ainda, pois os milhões enviados para Caxias nos últimos meses, se serviram para melhorar a administração, por outro lado foram inúteis para Léo Coutinho diminuir a rejeição do seu governo.

Pego de surpresa pela pesquisa Data AZ, a primeira sondagem divulgada por um instituto que não tem Humberto Coutinho como contratante, o deputado caxiense está se desdobrando em explicações, muitas mirabolantes, para justificar, ou tentar justificar, o fracasso do seu afilhado político na gestão do município.

Enquanto isso, vários correligionários, alguns deles desesperados pelo medo de perder as benesses da Prefeitura, passaram a semana se desdobrando em confabular sobre as possibilidades que o grupo tem para chegar em 2016 com chances de vencer as eleições. Nessas conversas, o plano B tornou-se o ponto mais debatido, haja vista que a esperança de tornar Léo Coutinho competitivo nas eleições do próximo ano são pouquíssimas.

O plano B consiste em escolher um nome para substituir Léo Coutinho como candidato a prefeito e com isso manter a hegemonia do grupo no comando da Prefeitura.

Entre aqueles apontados como prováveis substitutos de Léo Coutinho, correligionários apontam 3 nomes que reúnem as condições de tentar salvar o grupo da derrota em outubro do ano que vem. São eles: Ironaldo Alencar, Júnior Martins e Adelmo Soares.

No dia 06 de junho, publiquei no blog sobre a existência do plano “B” e o nomes que faziam parte dele (revejaaqui). Na época, o assunto revoltou o prefeito Léo Coutinho e parte da mídia alinhada tratou de minimizar a revelação do blogueiro. Hoje, diante da pesquisa Data AZ, até já falam no assunto.

Tanto Adelmo Soares, quanto Ironaldo Alencar e Júnior Martins, os nomes a disposição de Humberto Coutinho, não se atrevem a tocar no assunto em público e praticamente correm com medo do titular do blog quando essa hipótese é abordada. Entendo eles, pois o assunto é delicado e mexe com sentimentos e orgulho da família do prefeito de Caxias.

Apesar de não tocarem no assunto, os três estão no banco de reservas a espera de um sinal do técnico para que um deles entre em campo.

O poder de Humberto Coutinho é tão grande no seu grupo, que nenhum aliado é capaz de abordar o assunto [substituição de Léo Coutinho por outro nome] por medo de aborrecê-lo e feri-lo no mais caro sentimento da sua personalidade: o orgulho.

Como está sendo difícil a 'ressaca' de Humberto Coutinho pós-pesquisa Data AZ...

6 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Caro Blogueiro sinceramente nenhum desses nomes agrada, o governo está bastante desgastado qualquer nome colocado por parte do grupo dominante não vai decolar, a oposição vai vim com tudo junto com a população...Vamos aguardar ainda tem muito tempo para as eleições a cada dia o desespero de muitos aumenta...Caxias vai se liberar...

  1. Anônimo disse...:

    saba só dar certo se eles substtituirem o leo pelos os seguintes: Ferdinando, Daniel ou Josvalda.

  1. Anônimo disse...:

    Palhaçada esse seletivo pra secretaria de esporte, cria expectativas em vários desempregados e universidades sendo que já havia uma cota estabelecida para cada um dos vereadores da base aliada. E eles fazem isso na maior cara de pau. Muda Caxias.

  1. salem disse...:

    Tanto faz se o plano é a, b...z. O certo é que Caxias troca- se a carapuça, mais o saci é o mesmo. Enquanto o eleitor não aprender a olhar o candidato em toda a sua história: quem é, de onde veio, como vive, se honra o que promete e etc...a vida de Caxias vai permanecer a mesma tristeza de sempre, obrigando seus filhos a deixarem sua terra natal e buscarem algo melhor bem distante. Estou a 1100 km de Caxias mais torço para o povo de Caxias aprenda a fazer suas escolhas politicas.

  1. Anônimo disse...:

    O povo quando cansa de algo ou de alguma coisa já viu,é fazer o quê, já ouvi no termômetro da cidade (mercado central) muitos populares dizendo que vão engordar as poupanças bancarias em Outubro de 2016 estão ansiosos para os RICOS liberarem os $$$$$$, quem sabe talvez até apareçam lá para dá um tchauzinho. O interessante é que quando a corda aperta olhemos com atenção para a imagem Sinal Verde apresenta campanha de Natal para funcionários e agências, é realmente insólita nunca antes vista. FAZER O QUÊ?!

  1. Anônimo disse...:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk.a imperatriz das licitações é nome forte

Postar um comentário