Impeachment de Dilma! Ministro do STF manda Rubens Júnior estudar

4.12.15
Do blog do Luis Cardoso - O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, sorriu ontem quando recebeu oficialmente um mandato de segurança do deputado Rubens Júnior (PCdoB-MA).

Afoito, o parlamentar queria que fosse anulada a aceitação pelo presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha, do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Mello sequer analisou o pedido ao constatar que o parlamentar maranhense, que é advogado, pediu em seu nome a defesa do interesse de outro.

5 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    que mico em deputado?

  1. Anônimo disse...:

    é porque é advogado. e por isso que nosso país vive nesse caus, politicos despreparados para exercer cargo público, esse só é politico por que bateu o pé no chão e disse papai me arruma um emprego ai o pai disse meu filho quer "politico"?

  1. Anônimo disse...:

    Sabá, quem dera ele tivesse aprendido ou estudado com os tios, que são bons e mestres no direito: Paulo Cruz, João Pereira Neto e o outro não me recordo o nome, mas são dois juízes de direito.

  1. O pior tem vagabundo q se esconde no anonimato e não mostra a cara, criticar e ser covarde? Vertentes sinuosas, olha q nem sem quem é esse deputado.

  1. Anônimo disse...:

    o fato das pessoas ainda tecerem comentários sobre algo ou sobre alguém no anonimato isso só prova que nossa democracia é uma democracia com restrições, quando somos funcionários públicos somos perseguidos no nosso emprego, quando somos autônomos somos ameaçados de morte, então dai vem o anonimato. covarde não são os anônimos covarde são os que tem poder na mão poder esse que foi dado pelo povo.

Postar um comentário