Tudo em família - Humberto Coutinho já trabalha com plano “C” para sucessão do sobrinho

11.11.15
HC trabalha com várias possibilidades para deixar o poder nas mãos da família

Os últimos dias tem sido muito difíceis para o deputado Humberto Coutinho. O estrago que o prefeito Léo Coutinho fez no seu capital político tem lhe custado várias noites de sono com direito a café da manhã sempre amargo com as notícias que chegam da administração do sobrinho.

Entrando em parafuso depois da divulgação da pesquisa do Instituto Data AZ, a primeira sondagem feita sem tê-lo como contratante, coisa que nem no seu pior pesadelo os adversários ousariam fazer, o resultado vindo a tona atordoou HC que se desdobra em argumentos pueris para tentar convencer seus interlocutores que a situação não está tão caótica como todos acreditam.

Os correligionários mais subservientes até ensaiam concordar com os argumentos do patrão, já aqueles com um mínimo de caráter tendem a contra-argumentar que a situação é delicadíssima e inspira cuidados.

Já publiquei no blog sobre a possibilidade de HC se render ao plano “B” e lançar um dos aliados de proa (Júnior Martins, Adelmo Soares ou Ironaldo Alencar) em substituição a Léo Coutinho na disputa majoritária do próximo ano.

O orgulho de Humberto Coutinho é o sentimento mais latente de sua personalidade. Pensar que ele daria o braço a torcer diante do fracasso de um membro da família é algo muito difícil de acontecer. E só aconteceria se houvesse um movimento de forças uníssonas no seu grupo que lhe botassem contra a parede, o que é pouco provável diante desses correligionários serem praticamente todos formados por funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa e mensalinhos.

E é diante desse interesse familiar, e não de grupo (isso de grupo Coutinho só existe ao nos referirmos a concepção de junção de lideranças políticas), que o deputado caxiense pode sacar da cartola o temido plano “C”. Digo temido porque entre os próprios aliados isso, caso acontecesse, seria algo bem pior no dia a dia que a própria permanência de Léo Coutinho na Prefeitura.

E no que consiste o tal plano “C”?

O plano “C”, caros leitores, representa a certeza definitiva de que, para Humberto Coutinho, nenhum aliado, por mais fiel que possa lhe ter sido em toda a sua caminhada, é merecedor de ocupar a cadeira principal do Palácio da Cidade. O plano “C” significa Cleide Coutinho como candidata a prefeita de Caxias em 2016.

O temor dos aliados, embora eles só toquem no assunto da forma mais reservada possível, é que Cleide Coutinho como prefeita representa a burocracia em seu mais alto grau na administração.

Sem muita paciência e muito jeito para tratar de assuntos e demandas de vereadores e cabos eleitorais, sua hipotética administração transformaria a vida da classe política num verdadeiro tormento.

Por outro lado, a possibilidade de lançar Cleide Coutinho na sucessão municipal esbarra em questões de saúde.

Recentemente acometida de problemas cardíacos, onde teve que se submeter a cirurgia em São Paulo, a ex-deputada tem ainda contra ela o peso da idade. Completando 71 anos em 2016, o esforço de uma campanha eleitoral no sol escaldante dos meses de agosto e setembro, onde as “caminhadas” diárias exigiriam um esforço descomunal, não recomendam uma desgastante candidatura.

Humberto Coutinho sonha alto. Seu sonho da vez é se eleger senador em 2018.

Só que no meio do sonho de 2018 existe o desgastante pesadelo de 2016 que tanto lhe consome.

A única alternativa segura para ele seria o próprio se candidatar novamente a prefeito, o que já colocaria mais uma letra do alfabeto no seu sofrimento diário com o humilhante plano “D”.

O tempo corre. O desgaste de Léo Coutinho avança. Os correligionários estão abalados.

O sofrimento será longo...

10 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    A Pior de todo o Lote dr. CC. Humberto tem que entender que já era pra ele, que chegou o fim do seu reinado.

  1. Anônimo disse...:

    Este blog é digno de leitura diária! Afinal tem credibilidade.

  1. Anônimo disse...:

    uma grande pessoa, tem palavra

  1. Anônimo disse...:

    QUANDO O POVO QUER MUDANÇA, NÃO ADIANTA PLANPS E MAIS PLANOS! HC LEMBRA PERFEITAMENTE QUANDO EM 2004, O POVO NÃO QUERIA DINHEIRO(COMPRA DE VOTOS), NÃO QUERIA PLANOS, QUERIA MUDANÇA, E MUDOU! AGORA, HC PODE REVELAR ATÉ O ALFABETO TODO COMO PLANO, NÃO RESULTARÁ NUNCA EM UM SENÁRIO FAVORÁVEL A ELE. ISSO PODE TER CERTEZA!

  1. Anônimo disse...:

    mais o povo ja decidiu, fora coutinhos...fora coutinhos, pode vir plana A, B,C o alfabeto todo o que queremos é a saida deles da prefeitura do estado e nada humberto vir querer ser senador, não cola pra ele

  1. Anônimo disse...:

    O povo Caxiense tem que tomar consciência, que o voto é secreto, a força do dinheiro não pode comprar o eleitor, podem está com máquina na mão, mas Coutinho nunca mais, porque grupo dos coutinhos demonstram que não gostam da nossa cidade, emprego voltado para indústria, concurso público não existe interesse, somente seus bens particulares. Fora Coutinho... Fora Coutinho... Fora Coutinho...

  1. Anônimo disse...:

    Tõ com pena do pobre do alfabeto, não tem culpa de nada e fica sendo usado pelo cutia pra tentar salvar esse sobrinho que é o fracasso em pessoa. Vai esgotar o nosso alfabeto e vai ter que aprender mandarim pra conseguir planos pra continuar na prefeitura. Léo nunca mais!!!!!

  1. Anônimo disse...:

    Fora coutinhos. ...fora coutinhos

  1. Anônimo disse...:

    nem humberto nem Cleide nem Leo nem Fabio... tudo farinha do mesmo saco pode entra prefeito ABCDE,conheço pessoas que estão apoiando o Fabio gentil caso ele ganha só para ter um salario fantasma todos aq do bairro sabemos quem é a criatura.. e saba vê se dessa vez você posta meu comentário....VOTO NULO com muito ORGULHO

  1. Anônimo disse...:

    #foracoutinhos

Postar um comentário