VITÓRIA ESMAGADORA!!! Neto do Sindicato reeleito com mais de 80% dos votos no STTR

25.10.15
Neto do Sindicato ao lado de colaboradores e discursando após o resultado da apuração

Por volta das 19:00h deste domingo, cerca de 2 horas após o término da votação para escolha da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, a apuração das urnas já estava concluída.  

Juntamente com trabalhadores rurais que acompanhavam a 
apuração, Neto do Sindicato vibra após resultado de mais uma urna
O resultado da votação mostrou a superioridade da atual diretoria, pois dos 1.228 votos válidos, a chapa liderada por Neto do Sindicato obteve impressionantes 1.050 votos. A chapa 2, que tinha o empresário do ramo de crediário, “bodozinho”, como candidato a presidente, amargou um resultado humilhante, ficando com apenas 178 sufrágios.

Apoiado por políticos de Caxias, incluindo o ex-prefeito Paulo Marinho, o ex-vereador Antonio Ximenes e sua esposa, vereadora Ana Lúcia Ximenes, pelo deputado Humberto Coutinho e mais fortemente pelo vereador Jerônimo, uma espécie de padrinho político, o candidato da Chapa 2, “bodozinho”, apesar do apoio de figurões da cidade, pagou o preço de ser um estranho no movimento sindical e parece que teve um ponto final na sua aventura no STTR.

Mas se Neto do Sindicato teve a deselegância de ter contra sua candidatura dois colegas de parlamento, por outro lado recebeu o apoio da maioria dos colegas que se mostraram simpáticos a sua permanência no comando do STTR. O líder do governo Léo Coutinho na Câmara, vereador Mário Assunção, foi um dos mais destacados apoiadores da Chapa 1, articulando apoios nos bastidores e colocando-se ao lado do colega durante todo o domingo em vários povoados do município e até o fim da apuração.

Apuração transcorreu tranquilamente e foi comandada pela Fetaema
Conforme previsto pelos analistas mais sensatos, e relatado aqui no blog na última quinta-feira, 22, onde avaliei os apoios recebidos por “bodozinho” e o fato do mesmo ser um alienígena no movimento sindical, enfatizei que suas chances eram mínimas.  

Reveja trecho da postagem publicada na última quinta-feira:

“Mesmo recebendo apoio de várias lideranças, as chances de “bodozinho” conseguir ser o vitorioso na eleição do STTR são mínimas.

Disputando a presidência com o atual presidente da entidade, vereador Neto do Sindicato, “bodozinho” enfrenta uma candidatura sólida e que tem na sua trajetória milhares de benefícios obtidos para os trabalhadores rurais na forma de desapropriação de terras, crédito fundiário e aposentadorias.”

Pois bem, conforme disse na quinta-feira, as chances realmente eram mínimas, bem como a solidez da candidatura de Neto do Sindicato, que tem na sua trajetória frente ao movimento sindical, milhares de benefícios para os trabalhadores rurais na forma de desapropriação de terras, crédito fundiário e aposentadorias.

Membros da Chapa 1 após o resultado oficial da eleição

“Esse cara disse que tinha os votos”

Durante a apuração ocorrida na noite deste domingo no Centro de Treinamento João Paulo II, o titular do blog conversou com um dos advogados que estava trabalhando para a Chapa 2 e ouviu dele um desabafo: “esse cara dizia que tinha os votos”, disse-me ele após eu perguntar que estranhava sua empolgação numa eleição que desde o início indicava uma vitória da Chapa 1.

“Escondidinho”

Um dos maiores entusiastas da candidatura de “bodozinho” no STTR, o vereador Jerônimo Ferreira, que passou o dia ao lado do seu candidato visitando os povoados onde haviam seções de votação, estranhamente não ficou no Centro de Treinamento durante a apuração dos votos. Preferiu ficar estrategicamente do lado de fora do prédio esperando um assessor trazer as parciais da apuração. No início dos trabalhos de contagem dos votos, Jerônimo era visto animadamente disparando telefonemas. No entanto, a alegria do vereador só durou até o resultado da segunda urna, onde a vitória de Neto do Sindicato já se mostrava esmagadora.

Antonio Ximenes

Na manhã deste sábado, 22, num comentário publicado na postagem do blog que falava da eleição do STTR, o ex-vereador Antonio Ximenes chegou a duvidar da seriedade desta página eletrônica insinuando que a análise do blogueiro, prevendo a vitória da Chapa 1, teria sido comprada. "Essa matéria deve tê custado uma nota preta. A eleição é sindical, e quem vai decidir por uma delas é o trabalhador rural, o resto é pura especulação..... Que vença aquele que despertar mais confiança do trabalhador rural”, disse Ximenes que, apesar da grosseria contra o blogueiro, acertou na parte que diz que a eleição é sindical e quem vai decidir por ela é o trabalhador rural, como de fato aconteceu.

Bem, pela análise do próprio Antonio Ximenes, tanto ele como o vereador Jerônimo Ferreira ficam sabendo desde já que a eleição é sindical e quem decide por ela é o trabalhador rural.

Com esse resultado, os trabalhadores rurais de Caxias deram uma demonstração de que sabem quem de fato tem capacidade e história para lhes representar.

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    sabá e tenha como certa uma coisa, esses 1050 votos apesar do candidato eleito ser do lado do governo serão todos contra na eleição para prefeito em 2016 conversando com os trabalhadores rurais vimos que a maioria está insatisfeita com o Prefeito apesar do presidente tentar fazer o possivel para reverter esse quadro acredito eu que esses 1050 votos ou serão nulos ou serão da oposição do governo é que não serão.

Postar um comentário