E na Semana do Professor, Prefeitura de Caxias prepara 'grandes' surpresas...

13.10.14
VT sobre o dia do professor traz muitas flores, mas na 
verdade, tem choros e velas por trás da mensagem
Com mais de R$ 5 milhões disponíveis na conta aplicação do Fundeb, a Prefeitura de Caxias tem tudo para proporcionar grandes e boas surpresas para os professores na semana dedicada e eles.

Mas, pelos sinais emitidos pela propaganda palaciana, pode se esperar tudo do prefeito Léo Coutinho, menos alguma melhoria à categoria.

Num VT de 30 segundos, e que já estava disponível na noite de ontem (domingo) na página de Léo Coutinho no facebook, diz-se muita coisa, menos algo de bom para os professores.

Flores de propaganda da Prefeitura escondem a 
triste realidade dos salários pagos em Caxias
Na peça publicitária, tem professor recebendo aluno no portão da escola, tem professor fazendo planejamento com os colegas, tem professor trabalhando em sala de aula, tem professor recebendo flor de aluno, assim como também aparece professor mostrando flor e muitas outras imagens com flores para todo gosto.

No final, uma mensagem surge na tela felicitando o Dia do Professor e...

Infelizmente, com R$ 5 ‘pilas’ a disposição dos mestres caxienses, que poderiam ser usados para pagamento até de 14o salário ou mesmo um gordo abono, nenhuma indicação nesse sentido surge no horizonte da administração Léo Coutinho.

E pensar que outros R$ 5 milhões já sumiram inexplicavelmente da mesma conta aplicação da Educação entre os meses de junho e setembro deste ano e que os Conselheiros do Fundeb não conseguem saber o paradeiro de nenhum centavo desse montante.

O dia do professor, comemorado em 15 de outubro, foi consagrado pela igreja católica à educadora Tereza D’Ávila.

Nascida Teresa de Cepeda y Ahumada em 1515 na província de Ávila, no Reino de Castela, foi canonizada em 1662 como Santa Tereza de Jesus ou Santa Tereza D’Ávila, que reconhecida pela notável inteligência, comparada, em seu tempo, a dos doutores da Igreja foi eleita “Padroeira dos Professores”.

Não sou devoto de Santa Tereza D’Ávila e nem sei se seus devotos conseguem ser atendidos por ela, mas no caso dos professores de Caxias, é bom que eles reforcem a fé a aumentem a penitência para alcançarem a graça pretendida, pois, pelo andar da carruagem, o governo cada vez melhor de Léo Coutinho vai continuar fazendo sempre o pior pelo funcionalismo municipal.

Mas orar por alguma mudança na postura do prefeito não custa nada a ninguém.

Tenham fé!

0 comentários:

Postar um comentário