Um vereador que caiu do céu

18.6.13
O suplente de vereador Paulo Simão bem que tenta, mas é que é muito difícil acertar quando se quer defender o atual governo na Câmara Municipal.

Com um cenário difícil para defender o que muitos acham indefensável, é preciso ser um ás na oratória para arrancar algum argumento viável para ser útil ao governo Léo Coutinho.

Paulo Simão não conseguiu até agora emplacar uma quando tenta desqualificar os discursos da oposição.

Na sessão de segunda-feira, 17, tentou mais uma vez.

Disse que o requerimento oposicionista visando apurar o sumiço da UTI pediátrica previa saber apenas o paradeiro dos equipamentos, e não a UTI propriamente dita.

Foi alvejado por um míssel de um membro da oposição.

Vereador Paulo Simão
alertou a oposição
“Como se pode ter uma UTI se não existe um equipamento?”, questionou esse membro da oposição.

A conversa de Paulo Simão é um indício do que os governistas podem estar arquitetando.

Ao que tudo indica querem apresentar todos os equipamentos da UTI pediátrica que sumiu, divididos em várias unidades de saúde.

É uma tentativa desesperada de tapar o sol com a peneira.

Ainda bem que a intervenção catastrófica de Paulo Simão serviu para alertar a oposição.


Fez um bem enorme à nossa cidade e ao patrimônio público.

6 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Saba tu vai se lembrar bem do vereador Paulo Simão qdo tiver um processo contra ti no tribunal que o irmão dele e desembargador .......fica na toca

  1. Cláudio Sabá disse...:

    É mesmo, anônimo?! Vou lembrar, é?! Precisa não. Eu nunca esqueço de ninguém. Mas onde foi mesmo no texto que vc enxergou algo que pudesse ser ofensivo ou contra a honra do parlamentar e que pudesse provocar um processo contra mim?

  1. Anônimo disse...:

    Saba só fica na toca os covardes, faça seu trabalho este anonimo será que já ouviu falar em liberdade de imprensa? ele gosta tanto de suas postagens que deve ser um seguidor assiduo,

  1. Anônimo disse...:

    Claro que sou um seguidor, mais só alertei o blogueiro pq as veses ele sai do trilho e esquece de sua verdadeira função, aí já viu né? Fica na espreita que tu pode cair a qualquer momento nas unhas dos carcamanos......

  1. Cláudio Sabá disse...:

    Caro, anônimo, quando saio dos trilhos, sempre enfrento os dissabores que isso me causa e, graças ao bom senso dos homens que formam o judiciário, nunca fui condenado em nenhum processo onde fui o autor de qualquer matéria ou comentário feito. Mas obrigado pela audiência do blog. Quanto a cair nas unhas dos carcamanos, sei me defender, afinal, também sou carcamano.

  1. Anônimo disse...:

    SABBA VC É SENSACIONAL... CONTINUE ASSIM DOA A QUEM DOER!

Postar um comentário