INFRAESTRUTURA – Rua Beira Rio recebe calçamento intertravado e moradores agradecem

17.2.19

Os moradores da Rua Beira Rio, no bairro Ponte, estão muito alegres.

Os profissionais da Secretaria Municipal de Infraestrutura aos poucos vão transformando a realidade das famílias à medida em que avançam colocando os bloquetes do piso intertravado, que agora chega ao local. A obra atende uma demanda dos moradores que tem mais de 20 anos.

“Está muito bom! Toda eleição os prefeitos vinham aqui, garantia e nunca que dava certo. Agora vai dá certo! Foi uma boa surpresa, estou gostando desse trabalho”, disse Benedito Ramos, morador da Rua Beira Rio.

Para Reginaldo Alencar a palavra é de agradecimento. A rua liga os moradores aos Parque da Cidade, área de eventos de Caxias.

“Quero agradecer ao prefeito Fábio Gentil e à Secretaria de Infraestrutura. Os pedidos foram feitos e agora estão sendo atendidos. Antes, a gente só era visitado pela enchente, mas hoje estamos vendo uma obra de qualidade. Esses tijolos são os mesmos usados no Mirante da Balaiada! Nós só temos a agradecer, porque há tempos nós estamos pedindo! Não foi só pra esse governo, mas outros governos. Graças a Deus foi o governo do Fábio Gentil que veio a nos agraciar com essa obra”, agradece Reginaldo Alencar, morador da Rua Beira Rio.

Os trabalhos estão sendo realizados com recursos próprios do Município, com o mesmo piso que foi implantado no Mirante da Balaiada, que foi levado à Vila São José e agora também está pavimentando ruas do São Francisco e Teso Duro.

“Eu agradeço ao Fábio Gentil, porque tinha entrado prefeito e saído prefeito e ninguém tinha feito nada, agora está sendo feita e está muito bonita. Tava faltando um serviço bom! Com fé em Deus agora vai melhorar”, reforça dona Damiana de Paula, moradora da Rua Beira Rio. (Ascom)

Ministro Edson Vidigal faz visita de cortesia ao presidente da Câmara de Caxias

16.2.19

O presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé (PRB), recebeu em seu gabinete, na manhã desta sexta-feira (15), a visita de um de seus mais caros amigos, o jornalista, escritor, advogado, professor da Universidade de Brasília (UnB), ex-vereador caxiense, deputado federal, ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro aposentado Edson Carvalho Vidigal.

O presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé (PRB), recebeu em seu gabinete, na manhã desta sexta-feira (15), a visita de um de seus mais caros amigos, o jornalista, escritor, advogado, professor da Universidade de Brasília (UnB), ex-vereador caxiense, deputado federal, ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro aposentado Edson Carvalho Vidigal.

“Recebo com satisfação a visita de Vidigal à Câmara de Caxias, porque além de ter sido um dos mais atuantes vereadores da terra, tornou-se também um homem público com uma das mais invejáveis carreiras jurídicas do país, modelo a ser imitado por todas as pessoas que almejem a praticar o bem”, ressaltou Catulé.

Atualmente residindo em Brasília, Vidigal disse que a ideia de cumprimentar pessoalmente Catulé nasceu da oportunidade da viagem que ora faz a Caxias.  Alegre e emocionado com a recepção que lhe foi feita, o ministro falou sobre as peculiaridades do seu tempo de vereador, quando, por sua postura irreverente, era considerado um político contestador e radical pelos governantes da época. Dizendo-se apaixonado pela terra natal, enfatizou que o trabalho de sua vida sempre teve como inspiração pensar sobre Caxias e o Maranhão. (Ascom)

Flávio Dino é recebido por General Mourão em Brasília

14.2.19

Do Blog do Gilberto Léda - O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi recebido hoje (14) no Palácio do Planalto, em Brasília, pelo vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB),

Os dois trataram de parcerias nas áreas de segurança pública e infraestrutura.

Dino também convidou o vice de Jair Bolsonaro (PSL) para conhecer o Porto do Itaqui, em São Luís – ainda sob controle do Governo do Estado.

Em tempo: o jornalista Diego Emir lembrou em seu blog ocasião em que Dino alertou para o “perigo” da eleição de Bolsonaro tendo Mourão com vice (leia mais).

Justiça derruba liminar e garante posse de aprovados em concurso de Caxias

13.2.19

A liminar que havia suspendido a convocação dos 495 aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Caxias foi derrubada por uma decisão proferida pela desembargadora Nelma Sarney, divulgada nesta quarta-feira (13) no Diário Eletrônico da Justiça.


Fonte: Portal Guanaré

Prefeito Zé Reis inaugura obras no aniversário de Aldeias Altas

12.2.19
Prefeito Zé Reis e demais autoridades inauguram a Escola de Musica Gonçalves Dias

Desde as primeiras horas de ontem (11), o vizinho município de Aldeias Altas comemorava com uma vasta programação os seus 57 anos de emancipação política. E como presente de aniversário, o prefeito Zé Reis (PP) inaugurou importantes obras que irão melhorar a qualidade de vida da população.

Inauguração da Praça do Mutirão e academia de ginastica ao ar livre

Ao lado do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, dos deputados Adelmo Soares (estadual), Marcio Jerry (federal), vice-prefeito Itamar Soares, vereadores e secretários municipais, o prefeito inaugurou a Escola de Musica Gonçalves Dias, a Praça do Mutirão com academia de ginastica ao ar livre e a quadra poliesportiva localizada no Residencial Gonçalves Dias. Após o hasteamento dos pavilhões, o prefeito Zé Reis fez a entrega simbólica de veículos adquiridos para o município em parceia com os governos estadual e federal. Foram entregues na oportunidade para a comunidade; um ônibus, duas motocicletas e uma caminhonete. A comitiva vistoriou ainda as obras, já bastante adiantadas, do Centro Municipal de Educação Infantil Marucia Albuquerque. 

“Meus irmãos aldeienses, hoje nossa cidade comemora 57 anos de uma história cheia de lutas e vitórias. Nessa data tão especial eu quero afirmar a cada um de vocês que o Grupo Forte é o Povo vai continuar trabalhando muito para que a cada dia Aldeias Altas cresça e desenvolva ainda mais e que dias melhores possam fazer parte da vida de todos nós. Hoje, a festa que realizamos para comemorar os 57 anos de Aldeias Altas foi entregar obras importantes que vão contribuir imensamente para o bem coletivo de vocês meus irmãos aldeienses. Vamos seguir firmes no propósito de trabalhar incansavelmente pelo povo e para o povo. Parabéns minha querida Aldeias Altas”, disse o prefeito Zé Reis. 

Ainda de acordo com o prefeito, em seu pronunciamento, ele destacou que as obras e ações entregues à população são frutos da organização da sua gestão no desenvolvimento do município, em parceria com os governos estadual e federal. 

Aureamelia Soares se afasta e Genival Moto Peças toma posse na Câmara


A vereadora Aureamelia Soares (PC do B) comunicou, através de requerimento, o afastamento das suas funções legislativas para assumir a gestão da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres. Com a ida dela para o Poder Executivo, o suplente Genival Moto Peças (PSB) assume a vaga na Câmara Municipal de Caxias.

O presidente da Câmara, vereador Catulé (PRB), empossou Genival durante a sessão ordinária dessa segunda-feira (11).

"É motivo de alegria e satisfação voltar a esta Casa. Só tenho que agradecer o apoio de todos os colegas e do prefeito Fábio Gentil (PRB). Estou aqui para fazer o que for de melhor para o povo caxiense", declarou Genival.

Mais

Genival Moto Peças concorreu à reeleição e obteve 1.494 votos, correspondente a 1,86% dos votos válidos, nas eleições proporcionais de 2016. Ele é empresário do ramo de peças e assessórios para motos.

Fonte: Ascom/ CMC

Aprovados no concurso público fazem manifestação pacífica em frente ao MP de Caxias

11.2.19
Portando cartazes, candidatos aprovados no concurso se concentraram em
frente à sede do MP de Caxias

Candidatos aprovados no concurso público da Prefeitura Municipal de Caxias realizaram uma manifestação pacífica na manhã desta segunda-feira (11), em frente à sede do Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA-MA) no Centro de Caxias, contra a suspensão da nomeação dos aprovados no certame. Na semana passada a Prefeitura havia realizado a primeira chamada de 495 aprovados de todas as áreas.

Logo depois, os aprovados seguiram para a sede da Prefeitura de Caxias onde foram recebidos pelo prefeito de Caxias Fábio Gentil, e reforçaram o pedido pela não anulação do concurso. Durante a conversa, o prefeito reforçou que, na semana passada já havia realizado a primeira chamada dos primeiros 495 aprovados, e destacou que está disposto a cumprir a função que lhe cabe enquanto gestor público, mas ressaltou que aguarda a decisão do Judiciário para que os aprovados sejam convocados e nomeados de imediato em suas devidas funções.

Candidatos cobram nomeação imediata, enquanto o MP tenta barrar o processo

Estiveram presentes à mobilização aprovados das cidades de Timon, Barra do Corda, além de pessoas de outras cidades e estados. “Nós estamos querendo que as autoridades nos deem uma justificativa sobre a nomeação do concurso. Eu passei por mérito e competência, a base de muito estudo e quero ser chamada para exercer minha função de professora”, disse Caroline Bezerra, aprovada no concurso.

O Ministério Público do Maranhão alega que recebeu questionamentos sobre a lisura da prova e a capacidade técnica da banca organizadora do Instituto Machado de Assis, que aplicou as provas do certame.

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP


Exame.com - O jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, morreu na queda de helicóptero na manhã desta segunda-feira (11), em São Paulo. A aeronave caiu no quilômetro 7 da Rodovia Anhanguera, por volta das 12h14.

A informação foi confirmada pela TV Bandeirantes. Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, além de ser colunista da revista IstoÉ. Ele é ganhador de três prêmios Esso.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à praça do pedágio. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária.

Os bombeiros informaram, ainda, que 11 viaturas foram deslocadas para o local para o resgate. O modelo da aeronave que caiu era um BELL PT HPG.

Trajetória

Importante nome do jornalismo brasileiro, Boechat iniciou sua carreira em 1970, no extinto Diário de Notícias do Rio de Janeiro.

Pai de seis filhos, ele tem passagem por grandes jornais como “O Estado de S.Paulo”, “O Dia” e “Jornal do Brasil”.

No fim dos anos 80, ganhou seu primeiro Prêmio Esso de Reportagem, pela Agência Estado. Recentemente o jornalista revelou que venceu a premiação por uma reportagem que denunciava corrupção na Petrobras.

Em 1992, ganhou o segundo prêmio na categoria Informação Política e, em 2001, foi vencedor pela terceira vez na categoria Informação Econômica.

No Grupo Bandeirantes, Boechat entrou como diretor de Jornalismo no Rio de Janeiro. Em fevereiro de 2006, mudou-se para São Paulo, para ancorar o “Jornal da Band”, principal noticiário da emissora.

Ele desempenhava a mesma função no programa diário na rádio BandNews FM, transmitido para todo o Brasil. Assinava ainda uma coluna semanal na revista IstoÉ (SP), com a colaboração de Ronaldo Herdy.

Lei Anticrime de Moro é necessária


Por Roberto Veloso

Vive-se em uma situação fática semelhante a uma guerra no Brasil. Em um país com mais de 60 mil homicídios anuais, onde facções criminosas dominam vastas áreas urbanas, controlam presídios, e de lá ordenam práticas criminosas, como o tráfico de drogas e armas, o incêndio de ônibus, postos de gasolina e repartições públicas, em verdadeiros atos de terrorismo, não se pode chegar a outra conclusão.

Se estamos em estado de beligerância aberta, precisamos de uma legislação apta a enfrentar essa circunstância. As garantias constitucionais devem ser respeitadas, mas não devemos esquecer que os brasileiros estão sendo assassinados e roubados nas ruas, vítimas de bandidos armados e bem treinados.

Por essa razão, os cidadãos brasileiros estão sendo chamados a apoiar a iniciativa do ministro Moro de dar efetividade à legislação penal e processual penal a fim de dotar o Estado de meios legais para combater a barbárie da violência que assola o Brasil.

Comparando com outros países, o Brasil está em posição bastante desconfortável. Em 2016, segundo o FBI, houve 17.250 homicídios nos Estados Unidos para uma população de 325 milhões de habitantes, representando uma taxa de 5,3 assassinatos para cada grupo de 100.000 habitantes. No mesmo ano, ocorreram no Brasil 61.619 mortes violentas, com uma taxa de 29,4 para cada grupo de 100.000 habitantes. Em outras palavras, mata-se nesta terra descoberta por Cabral, proporcionalmente, seis vezes mais do que nos EUA.

Na Alemanha, de acordo com relatório publicado pelo jornal Welt am Soontag, em 2017 ocorreram 785 homicídios para uma população de 81 milhões de pessoas. A taxa no país dos grandes penalistas da atualidade é de menos de um assassinato para cada grupo de 100.000 habitantes.

No Brasil, mata-se 3.000% a mais do que na Alemanha. Em dois anos, matou-se mais do que em 10 anos de guerra no Iraque. Aqui, os presos estão tendo as cabeças cortadas, em alguns estados os ônibus circulam com policiais militares armados para garantir o trajeto, agentes públicos estão sendo assassinados como em nenhum lugar do mundo, os assaltantes usam fuzil .50 para traspassar a blindagem dos carros-fortes, agências bancárias são explodidas cotidianamente e a corrupção campeia sugando os parcos recursos públicos.

Segundo dados da ONU, a corrupção desvia 200 bilhões anuais dos cofres públicos, isso representa aproximadamente 3% do PIB. Considerando que o crescimento do PIB em 2018 foi de 1,2%, controlando-se a corrupção, o Brasil cresceria por volta de 4% anuais, uma economia semelhante à dos países desenvolvidos e superaria a dos Estados Unidos da América.

Com uma situação tão caótica como a vivida em nosso país, a proposta do ministro Moro, além de bem-vinda, é necessária para o enfrentamento do atual quadro da segurança pública brasileira.

As medidas devem ser debatidas e aprimoradas pelo parlamento, poder definido pela Constituição para a elaboração das leis. Contudo, a sociedade deve ser chamada pelas casas legislativas para o debate, por meio de suas entidades representativas.

Afinal, são os cidadãos os maiores prejudicados pela ausência de uma política pública eficiente para o enfrentamento da criminalidade e a proposta do Ministério da Justiça objetiva mudar essa realidade, fornecendo mecanismos modernos e eficazes aos órgãos encarregados da investigação e julgamento dos crimes, em especial os praticados por organizações criminosas.

Roberto Veloso, juiz federal e ex-presidente da Ajufe.

Prefeitura de Aldeias Altas recebe novo ônibus para transporte escolar

10.2.19

Veiculo será utilizado para condução de alunos da rede municipal de ensino com conforto e segurança

A Prefeitura de Aldeias Altas recebeu um novo ônibus escolar nesta sexta-feira (09). O veículo 0km será utilizado para o transporte de alunos da rede municipal de ensino. O objetivo é garantir a segurança e a qualidade durante o deslocamento dos estudantes aldeienses. 

O novo veículo comporta 42 pessoas e um cadeirante. É equipado com plataforma elevatória e padronizado de acordo com a legislação exigida para o transporte escolar. O secretário Municipal de Educação, Marcio Gaido, afirmou que novos veículos escolares possibilitam a condução de alunos com mais conforto e segurança.

O prefeito Zé Reis destacou a importância do novo ônibus para o fortalecimento do ensino na cidade. “Estamos trabalhando para que a educação de Aldeias Altas seja de qualidade, e isto se faz também com melhores equipamentos. A chegada deste novo veículo, que é resultado da parceria com o Governo do Estado, possibilitará um cuidado ainda maior com nossos alunos e a possibilidade da ampliação dos caminhos da educação de nossa cidade”, afirma.

Aureamélia Soares é apresentada como nova secretária de Políticas Públicas para as Mulheres

9.2.19

Com o desejo de buscar a construção de uma sociedade que reconheça as diferentes faces, diversidades e identidades da mulher caxiense, foi apresentada nessa sexta-feira (08) a nova secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Aureamélia Soares.

A cerimônia de apresentação ocorreu no auditório do Hotel Alecrim e contou com as presenças do prefeito Fábio Gentil e da primeira-dama, Letícia; assessores; coordenadores; secretários municipais; vereadores; representantes da  Secretaria de Estado da Mulher; integrantes da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres; representantes dos órgãos de segurança que atuam no município; membros de vários grupos culturais e sociedade civil organizada e dos deputados estaduais: Zé Gentil e Adelmo Soares.

O auditório e área externa do hotel tiveram lotação máxima. Aureamélia Soares, em seu discurso, disse que não medirá esforços para conduzir a pasta à altura que Caxias merece.

“Vou trabalhar com as mulheres e em prol delas. Nós, mulheres, temos potencial! É um grande desafio, mas tenho certeza que junto com toda equipe faremos sim um brilhante trabalho. Caxias vai contar com uma secretária atuante e, acima de tudo, com muito compromisso e responsabilidade”, disse emocionada.

“Tenho certeza que Aureamélia, com a experiência que tem, vai fazer um trabalho brilhante, com o nosso apoio e apoio do Governo do Estado, isso significa mais desenvolvimento”, ressaltou Adelmo Soares, deputado estadual.

Aureamélia Soares substitui Taniery Cantalice, que esteve à frente da SMPPM por dois anos. Ela continua fazendo parte do grupo político do prefeito de Caxias, Fábio Gentil, mas agora vai atuar na capital São Luís em interlocução com Brasília.

“Foi um aprendizado gerir uma secretaria com grande dimensão. Aprendi muito com nossas mulheres. Aprendi a amar cada programa desenvolvido, cada pessoa assistida e cada funcionário. Eu agradeço ao prefeito Fábio Gentil por essa oportunidade. Eu continuo no grupo Gentil, mas agora via Estado e Governo Federal”, disse Taniery Cantalice.

“Caxias precisa de união e parcerias para resolver os problemas da cidade. Agora é só trabalhar! Quero lembrar do brilhante trabalho feito por Taniery Cantalice, que esteve à frente da Secretaria por dois anos; por conta disso, ela foi escolhida para trabalhar na minha Assessoria em São Luís”, lembrou Zé Gentil, deputado estadual.

Aureamélia Soares está se afastando da função de vereadora, que exercia desde 2017 na Câmara Municipal de Caxias, quando assumiu o cargo. Colegas vereadores também prestigiaram a solenidade, a exemplo do vereador Catulé, presidente da Câmara, vereador Sargento Moisés, Paulo Simão, Ramos e Neto do Sindicato.

“É uma companheira que deixa o parlamentar municipal. Vai fazer falta, mas vai somar no contexto da administração. Com sua competência e seu carinho com a população, ela vai desenvolver um grande trabalho”, destacou o vereador Catulé, presidente da Câmara.

“O governo tem um ganho substancial. A gente acredita muito no seu trabalho e no desenvolvimento dessa Secretaria, que tem tudo pra melhorar cada vez mais, melhorar a nossa cidade. Só quem ganha com isso é a população caxiense”, disse Sargento Moisés, vereador.

O prefeito Fábio Gentil ressaltou em seu discurso que a reforma administrativa é importante para avançar com o crescimento da cidade e destacou o bom trabalho feito pela ex-secretária durante os dois anos de sua gestão.

“Taniery Cantalice fez um excelente trabalho, divulgou em todos os cantos a Secretaria da Mulher, mas todo governo precisa de reforma administrativa; já fiz isso na Secretaria de Assistência Social e agora na pasta da Mulher. Com o apoio dos deputados que aqui estão e do Governo do Estado, iremos valorizar muito mais a mulher caxiense. Aureamélia vai conduzir bem os trabalhos”, disse o prefeito de Caxias. (Ascom)

Mário Assunção participa de reunião que discute parceria entre Prefeitura e UniFacema

8.2.19

Um encontro realizado, na quarta-feira (6), na UniFacema discutiu a parceria da instituição de ensino com a Prefeitura de Caxias.  Estiveram reunidos a presidente da mantenedora, Maria Aparecida, a vice-presidente da mantenedora, Aryzaltina Silva, o reitor Marcos Aurélio, o chanceler e pró-reitor administrativo-financeiro, José Teixeira, o prefeito Fábio Gentil e o vereador e professor da universidade Mário Assunção.

Na reunião, foram formalizados os convênios de estágio e empresa; este último dá desconto nas mensalidades de cursos da UniFacema para funcionários da prefeitura e seus dependentes. Também foi discutido o lançamento de um programa batizado de ProUni Municipal, onde vai disponibilizar bolsas de estudo para caxienses oriundos de escolas públicas, repassadas pela prefeitura.

“Percebemos que a intenção da UniFacema é continuar contribuindo para que esses jovens, quer sejam caxienses ou não, tenham uma boa formação profissional. Sendo assim, só nos resta estender o nosso apoio, para que, de forma eficiente e eficaz, esse aprendizado chegue mais longe”, disse o prefeito de Caxias.

Mário Assunção avalia positivamente os acordos firmados entre a prefeitura e a UniFacema. “Foi uma conversa amistosa. Fico feliz de ter assistido e contribuído nessa exitosa parceria, onde mais uma vez quem ganha são os caxienses, que agora terão mais oportunidades ainda de ingressar no ensino superior”, frisa.

Rede municipal de ensino em Caxias inicia ano letivo em 25 de fevereiro


A Secretaria Municipal de Educação, Ciências e Tecnologia (SEMECT) anuncia para o próximo dia 25 o início do ano letivo de 2019 em toda a rede municipal de ensino. Além disso, inovações no ensino também são anunciadas com o objetivo de atingir melhores resultados.

A SEMECT, face às demandas do seu dia-a-dia, visando um bom desempenho escolar de seu alunado, novas metodologias de aprendizagens adequadas ao processo de ensino-aprendizagem, bem como o avanço dos índices do IDEB Caxias, na perspectiva do Plano Cidade Educadora, vai participar da Consultoria de Sobral (CE), com o Programa Educar pra Valer, a partir de uma seleção realizada pelo Governo do Estado do Maranhão.

Caxias vai implementar um diagnóstico in loco, e, para isso, iniciará o ano letivo no dia 25 de fevereiro, em consonância com a Lei de Diretrizes e Bases (LBD) que aborda tanto o direito à educação, como a organização educacional e suas responsabilidades. O PNE, o PME e o CME, que asseguram o processo de avaliação do rendimento escolar, estabelecem competências e diretrizes para nortear uma formação básica comum à educação caxiense.

Mais

Já é de conhecimento de todos os educadores, pais e cidadãos que o IDEB foi concebido mediante à necessidade da existência de um índice que fosse aplicado nacionalmente para se estabelecer um padrão de qualidade da educação. Esse índice deve levar em consideração as peculiaridades das diferentes regiões do país.

A SEMECT cita o estudioso Demerval Saviani (2007, p. 1245), quando, em sua compreensão da importância do IDEB, acrescenta que: "é como um recurso técnico de monitoramento da implementação do PDE, ou seja, atua na definição e redefinição das metas, orienta e reorienta as ações programadas e avalia os resultados".

Com isso, o IDEB Caxias vai passar por uma revisão de metas estabelecidas, replanejamento dos resultados e, consequentemente, da qualidade da educação caxiense. O desafio da educação básica brasileira é relativamente conhecido. Mesmo com avanços nas últimas décadas, crianças e jovens, em grande medida, estão na escola, no entanto, da alfabetização ao ensino médio, poucos aprendem em níveis adequados.

Caxias busca decisivamente uma qualidade na educação básica, ainda que esta não resolva todos os desafios de um país fragmentado e desestruturado em sua política e nos aspectos socioeconômicos, sem ela não haverá retomada econômica duradoura e, tampouco, avanços significativos no quadro social atualmente instalado.

O desafio que SEMECT está se propondo, e consequentemente propondo a todos os envolvidos no processo educacional, é de relevada importância, considerando as necessidades das crianças e jovens. Com a consultoria de Sobral, a intensão, além das metodologias e estratégias, é desenvolver no inconsciente coletivo de nossos educadores uma cultura de comprometimento e foco na aprendizagem de nossos alunos.

As experiências de Sobral, que ocupam as primeiras posições no IDEB, servirão de inspiração e também como importantes referências para que se possa compreender as causas do que está por trás do principal desafio educacional brasileiro: alcançar melhores resultados de aprendizagem. (Ascom)

Deputado Zé Gentil pede união em benefício do povo do Maranhão


Em pronunciamento feito na sessão desta quinta-feira (7), o deputado Zé Gentil (PRB) se colocou à disposição dos seus colegas de Plenário para que, juntos, possam trabalhar em prol da população do Maranhão.

"Quero dizer a todos vocês que continuo da mesma maneira das outras vezes que passei por este Parlamento. Podem contar comigo, serei grato a cada um que me estender a mão. Aqui estou para defender os interesses do povo da região de Caxias e de todo Maranhão. Eu sempre me coloquei e continuo me colocando à disposição dos meus colegas deputados, para que possamos fazer uma boa gestão", afirmou Zé Gentil, ressaltando a sua gratidão e reconhecimento pelos 62.368 votos, sendo 31.420, da cidade de Caxias.

Ao destacar que Caxias tem mais dois representantes no Legislativo estadual - a deputada Cleide Coutinho (PDT) e o deputado Adelmo Soares (PCdoB) -, Zé Gentil afirmou que já conversou com os seus colegas e enfatizou que "neste instante, nos resta retribuir ao povo que votou na gente. Quanto ao futuro nas eleições, isso pertence a cada um, mas, neste momento, eu queria contar com o apoio desta Casa, principalmente, dos dois deputados de Caxias".

BR-316

Zé Gentil também defendeu a recuperação da BR-316, no trecho que liga Caxias ao bairro Veneza. "Eu gostaria que o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, incluísse o trecho que liga a BR-316, na passagem de Caxias a Veneza, que está totalmente danificado", solicitou.

Fonte: Agência Assembleia

IEMA - Mais uma importante obra para o povo de Coelho Neto através da parceria entre o Prefeito Américo e Governo do Estado


A construção da unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) segue a todo vapor e integra a estratégia do Governo do Maranhão de ampliar e alavancar a educação no estado levando ensino técnico-profissionalizante e médio de qualidade aos jovens do município de Coelho Neto.

O secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, e o reitor do Instituto de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Jhonatan Almada, estiveram reunidos durante esta semana com equipes técnicas dos órgãos para discutir avanços e perspectivas dos IEMAs para os próximos anos.

“Temos conseguido, graças a Deus e ao trabalho sério, firme e coordenado pelo governador Flávio Dino avançar em centenas de obras em todo o Maranhão. E com o IEMA não é diferente. A construção de outras unidades traz novas oportunidades e transforma a vida dos alunos. Esta reunião serve para acompanharmos o desenvolvimento das obras e garantir entregas ainda este ano”, comentou o secretário da Sinfra, Clayton Noleto.

Gestores e Técnicos da Sinfra e do IEMA participantes da reunião. (Foto: Jorge Ribeiro)

O Prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa, tem realizado inúmeros investimentos em parceria com o Governo do Estado. 

"O investimento trará mais oportunidades para nossa juventude. O Instituto em Coelho Neto vai consolidar o trabalho desenvolvido pelo estado e município e aumentar o número de oportunidade aos nossos jovens. Estamos passo a passo concretizando tudo aquilo que foi solicitado e o IEMA foi um dos pleitos”, disse o prefeito Américo de Sousa.

A nova unidade vai seguir o padrão IEMA de qualidade e contará com salas de aulas bem equipadas, laboratórios, refeitórios, quadra poliesportiva, biblioteca, auditório, dentre outros. (Do Blog do Raphael Duarte)

Rafael Leitoa convida para inauguração do trecho da MA-034, em Parnarama

7.2.19

O deputado Rafael Leitoa (PDT), informou na manhã desta quinta-feira (7), que participará da inauguração da pavimentação asfáltica do trecho da MA – 034 ao povoado Paiol do Centro, em Parnarama. A rodovia leva o nome do ex presidente da Assembleia, deputado Humberto Coutinho.  A inauguração ocorrerá na sexta, dia 08, em Parnarama.

Rafael Leitoa, um dos grandes representantes da Região Leste do Maranhão, na Assembleia Legislativa, fez o discurso em tom de agradecimento e comemoração pela inauguração desse trecho da MA-034. “Amanhã estaremos no povoado Paiol do Centro, inaugurando esse importante trecho da MA-034, junto com o Vice-Governador Carlos Brandão.

“É importante ressaltar que aquela região tem crescido bastante, se tornando um importante celeiro de produção de soja no Maranhão”, comemorou Rafael Leitoa.

O deputado reforçou que a rodovia Humberto Coutinho, inaugurada no ano passado, liga o município de Caxias, no povoado Baú, até o município de Buriti Bravo, melhorando significativamente o escoamento da produção agrícola daquela região. Como político dos Cocais, Rafael Leitoa tem sido defensor e interlocutor dos municípios do Leste Maranhense junto ao governo do estado, mantendo contato constante com lideranças, políticos e população.

“Obrigado aos 2.662 votos que conquistamos em Parnarama e reforço que continuaremos, como sempre fizemos, trabalhando para levar o desenvolvimento para todos os povoados do município, como Olho D’água, Cocalinho, Feitoria, Taboca, São Romão, para todos os povoados de Parnarama, que é uma cidade que sempre nos acolheu muito bem”, concluiu Rafael Leitoa.

Aureamélia Soares, futura secretária, é apresentada pelo prefeito Fábio Gentil a funcionários da SMPPM


Na manhã dessa quarta-feira (06), o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, apresentou a funcionários da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPPM) a próxima secretária da pasta, Aureamélia Soares, que substitui Taniery Cantalice, que ocupou o cargo por dois anos.

O momento, que é de transição, serviu para um primeiro contato com a futura equipe. Aureamélia é fonoaudióloga e ocupa até a próxima sexta-feira (08) a função de vereadora, da qual vai se afastar.

“Agradeço ao prefeito pela confiança e pelo convite para assumir a Secretaria da Mulher. Quero contribuir e somar com o governo; precisamos dar continuidade a este brilhante trabalho que foi bem desempenhado pela Taniery e sua equipe. Estou aqui para colaborar com todas as mulheres e, em especial, com todas as famílias, pois é a base da sociedade”, disse Aureamélia Soares.

Nessa sexta-feira (08), a partir das 16h, acontece no auditório do Hotel Alecrim a solenidade de posse de Aureamélia Soares ao cargo de secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres. Já as atividades dela como gestora da pasta têm início a partir da próxima segunda-feira (11).

O prefeito Fábio Gentil agradeceu aos serviços prestados por Taniery Cantalice e desejou boas-vindas à próxima secretária da Mulher.

“Um governo, para ser bom, necessita de uma reforma administrativa para que novas ideias sejam implementadas. Taniery prestou um bom serviço à Secretaria, mas Aureamélia também é uma excelente profissional e irá contribuir com novas ideias e com o acesso que tem junto ao Governo do Estado para que possamos melhorar, de fato e de direito, tudo aquilo que as mulheres de Caxias esperam”, enfatizou Fábio Gentil, prefeito de Caxias. (Ascom)

BRASIL - Declarações do ministro da Educação causam polêmica e provocam reações no Congresso

6.2.19

Ricardo Vélez Rodríguez defendeu a volta da educação moral e cívica nas escolas e disse que universidade não é para todos. Parlamentares querem que ele vá ao Congresso para se explicar.

Por Jornal Nacional

(Confira a reportagem do Jornal Nacional clicando aqui)
Declarações e propostas do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, têm causado polêmica e já provocaram reações no Congresso – parlamentares defendem que o ministro vá ao Congresso para dar explicações.

Entre outros assuntos, Rodríguez disse que a universidade não é para todos e defendeu incluir a disciplina educação moral e cívica no currículo do ensino fundamental – para os estudantes aprenderem o que é ser brasileiro e quais são "os nossos heróis".

Na edição do último fim de semana, a revista "Veja" publicou entrevista concedida pelo ministro.

Vélez Rodríguez disse que a volta da disciplina educação moral e cívica nas escolas é uma forma de ensinar ao adolescente que viaja "que há contextos sociais diferentes e que as leis de outros países devem ser respeitadas".

Rodríguez afirmou que, viajando, o brasileiro é um "canibal". "Rouba coisas dos hotéis, rouba o assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo. Esse é o tipo de coisa que tem de ser revertido na escola", disse o ministro.

Na noite desta segunda-feira (4), o ministro voltou a defender o ensino de moral e cívica em um vídeo na página do Ministério da Educação.

"Eu vou dar muita ênfase a isso, à retomada desse processo de ensino de valores fundamentais, fundantes da nossa vida cidadã. Tanto no ensino infantil quanto no ensino fundamental, ao longo de todo o ensino fundamental e – por que não? – continuando no nível universitário", afirmou.

O senador Major Olímpio, do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, apóia a proposta do ministro.

"Isso vai valorizar, vai ampliar a formação e a visão do cidadão brasileiro a partir da escola, coisas mínimas que hoje, se observa: que as pessoas não sabem mais cantar o Hino Nacional, não conhecem o símbolo pátrio. Então, isso é importante. Não conhecem minimamente a estrutura de funcionamento do estado brasileiro", disse o senador.

Ainda na entrevista à revista "Veja", Ricardo Vélez Rodríguez criticou a atriz e cineasta Carla Camuratti porque, segundo afirmou, ela colocou "!Dom Joãozinho" – referindo-se ao príncipe regente d. João VI, que chegou ao Brasil com a família real em 1808 – "como um reles comedor de frango, sem nenhuma serventia".

O ministro se referia ao filme "Carlota Joaquina", que, na verdade, não é um documentário, mas uma paródia de um momento histórico. Carla Camuratti preferiu não comentar a crítica do ministro.

Na entrevista, Rodríguez também repetiu que a universidade não é para todos, que representa uma elite intelectual, "para a qual nem todo mundo está preparado ou para a qual nem todo mundo tem disposição ou capacidade".

Ricardo Velez rodríguez elogiou o programa Escola Sem Partido e fez críticas ao que chama de "ideologização precoce de crianças na escola".

Ele afirmou que a escola não serve para fazer política e que a ideologização nas escolas é "um abuso, um atentado ao pátrio poder e uma invasão da militância em um aspecto que não lhe compete". E ameaçou: quem praticar isso ostensivamente vai responder à legislação.

Sobre a liberdade de ensino, disse que liberdade não é fazer o que se deseja. "Liberdade é agir, fazer escolhas dentro dos limites da lei e da moralidade. Fazer o que dá vontade não é ser livre. Isso é libertinagem. No Brasil, por força de ciclos autoritários, temos uma visão enviesada da liberdade. Liberdade não é o que pregava Cazuza, que dizia que liberdade é passar a mão no guarda. Não! Isso é desrespeito à autoridade, vai para o xilindró", afirmou.

A mãe de Cazuza, Lucinha Araújo, afirmou que o filho nunca disse isso e esclareceu que a frase é de autoria dos humoristas do Casseta e Planeta.

Em uma carta aberta, Lucinha cobrou uma retratação. Nesta terça, Vélez Rodríguez ligou para ela a fim de pedir desculpas.

"Eu achei que ele além de ser mal informado, ele foi leviano de dar uma declaração dessas", afirmou Lucinha Araújo. "Como é que o senhor pôs na boca do meu filho? Ele disse: 'Ah! senhora, mil perdões. Eu não sei como eu vou me desculpar'. Eu falei: 'Quero que o senhor se desculpe publicamente'", relatou.

No fim da tarde, o ministro da Educação se desculpou em uma rede social. Disse que a conversa foi tocante e que combinou uma visita a Lucinha Araújo quando for ao Rio. E finalizou: "O amor do coração de uma mãe por seu filho é algo valoroso".

A presidente do movimento Todos Pela Educação, Priscila Fonseca da Cruz, também criticou declarações do ministro. Ela disse que a país precisa identificar e enfrentar os problemas reais da educação.

"O problema central da educação brasileira é que a gente não tem conseguido garantir aprendizagem dos nossos alunos. Esse é o principal desafio; E como que a gente resolve esse desafio? Com formação de professores, escolas bem geridas, com tempo integral, com material didático de qualidade, com uma boa base nacional curricular. É assim que se resolve", declarou.

As declarações do ministro da Educação também provocaram reações no Congresso.

Na Câmara e no Senado, já estão prontos pedidos para que Ricardo Vélez Rodríguez explique as declarações, consideradas desrespeitosas, preconceituosas e que atacam direitos garantidos na Constituição.

No Senado, o líder da Rede contestou o ministro e disse que a educação é direito de todos.

"Não se pode, a despeito de querer banir uma pretensa ideologização, tentar impor uma outra ideologia nas escolas. Na verdade, o que ele argumenta fere um princípio constitucional que é o princípio da liberdade de cátedra. E do pluralismo de ideias pelo qual está assentada a nossa educação", disse o senador.

"Está na nossa Constituição: educação é dever de todos, é direito de todos e é dever do estado. Ele, ao se referir à universidade só para alguns, desconhece um princípio constitucional elementar", afirmou Randolfe Rodrigues..

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) quer que o ministro vá ao plenário da Câmara dar explicações.

"Ele atacou de forma inaceitável a honra dos brasileiros, chamando a todos de ladrões. E nós não aceitamos isso. Ele tem que vir à Câmara se explicar e pedir desculpas aqui ao povo brasileiro", disse Molon.

Ministro explica

A assessoria de Vélez Rodriguez divulgou uma nota em que declara que, ao falar sobre as universidades, o ministro queria dar ênfase à valorização do ensino básico e técnico.

Para ele, segundo a nota, o ensino superior está aberto a todos os estudantes que quiserem ingressar por livre escolha, e não por imposição do mercado.

Sobre a declaração de que o brasileiro viajando é um canibal, a assessoria do ministro afirmou que ele estava se referindo a casos específicos de determinados jovens e não quis generalizar.

HERANÇA MALDITA - Prefeitura de Coelho Neto tem FPM bloqueado devido a dívidas de gestões anteriores


A Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Comunicação, vem a público esclarecer fatos relacionados ao bloqueio de todo o recurso do Fundo de Participação dos Municípios-FPM, referente ao mês de janeiro de 2019, conforme segue:

1. O valor de R$ 314.715,93 (trezentos e quatorze mil, setecentos e quinze reais e noventa e três centavos), oriundos do Fundo de Participação dos Municípios-FPM, foi bloqueado pela Secretaria da Receita Federal, no último dia 21 de janeiro de 2019, em virtude de débitos provenientes com o Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, originados em gestões anteriores.

2. A Prefeitura paga, atualmente, uma dívida de R$ 6.926.375,35 (seis milhões, novecentos e vinte e seis mil, trezentos e setenta e cinco reais e trinta e cinco centavos), de gestões anteriores ao ano de 2013, parcelada em R$ 71.968,17 (setenta e um mil, novecentos e sessenta e oito reais e dezessete centavos), debitada mensalmente do Fundo de Participação dos Municípios-FPM.

3. De acordo com as informações da Receita Federal, o município possui, ainda, uma dívida impagável com o Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, oriunda de débitos referentes à gestão dos anos de 2013 a 2016, no valor de R$ 25.865.208,13 (vinte e cinco milhões, oitocentos e sessenta e cinco mil, duzentos e oito reais e treze centavos).

4. Diante de todos esses débitos, o Município de Coelho Neto, através da gestão atual, fica impedido de firmar convênios e executar obras e serviços importantes para a melhoria da qualidade de vida da população.

5. O bloqueio do Fundo de Participação dos Municípios-FPM impossibilita a Prefeitura de manter a folha de pagamento em dia, fornecedores e honrar outros compromissos, uma vez que o FPM é essencial para o funcionamento da gestão municipal, sendo essa a maior receita utilizada para a manutenção e funcionamento da máquina administrativa.

Apesar das referidas dívidas previdenciárias, acima descritas, oriundas na gestão anterior, o Prefeito Américo de Sousa está tomando as devidas providências legais, bem como um planejamento centrado no compromisso e transparência, para honrar com o pagamento do funcionalismo público municipal, fornecedores e manter os serviços municipais.

Coelho Neto (MA), 05 de fevereiro de 2019
Secretaria Municipal de Comunicação

Vereador Magno Magalhães esclarece postagem do Blog

5.2.19

O vereador caxiense, Magno Magalhães, enviou nota de esclarecimento ao Blog explicando seu posicionamento durante a sessão da Câmara Municipal da última segunda-feira, 04, quando foi votado o aumento salarial dos professores da rede pública municipal de ensino.

Nos esclarecimentos do parlamentar, ele diz que seu posicionamento naquela votação aconteceu por ser “professor” e sentir-se “solidário à demanda da categoria”.

Confira a nota de esclarecimento de Magno Magalhães:

Caro amigo Sabá,

Em matéria postada no seu blog (05/02/2019), houve um equívoco por parte de algum desavisado, dando-me o adjetivo de oportunista. Uso aqui de forma democrática o seu espaço para dirimir quaisquer dúvidas sobre meu posicionamento na votação de ontem na Câmara de Vereadores.

Na condição de professor, senti-me solidário à demanda da categoria, por entender que a remuneração vigente não abarca a expectativa e nem está à altura do que merece a classe docente municipal.

A execução do plano de cargos e salários do Magistério, o abono salarial e os 200 dias letivos são demandas exigidas por mim, pois entendo que ao defender os anseios dos professores, também defendo o melhor para a sociedade caxiense.

Convicto da minha postura e consciente do meu dever, continuarei a buscar melhores dias para a educação da nossa gloriosa Princesa do Sertão.

Com estima e apreço,

Dr. Magno Magalhães
Vereador PSD
Caxias-MA

Líder do governo, Rafael Leitoa destaca avanços no Maranhão nos últimos quatro anos


Em pronunciamento, Rafael Leitoa agradece reeleição e indicação à
liderança do governo (Foto: Elias Auê)

Em seu primeiro discurso após a reeleição, proferido na manhã desta terça-feira (5), o deputado Rafael Leitoa (PDT) agradeceu os votos e a indicação para ser o novo líder do governo na Assembleia Legislativa, cujo anúncio foi feito na tarde de ontem, pelo governador Flávio Dino (PCdoB). Ele também ressaltou os avanços imprimidos no Maranhão nos últimos quatro anos.

O parlamentar parabenizou os novos deputados e, também, os reeleitos. Além disso, reforçou o agradecimento aos municípios que o ajudaram na reeleição. “Agradeço a Deus e ao povo do Maranhão por essa recondução. Agradeço, de forma especial, aos municípios de Timon, Coelho Neto, Coroatá, Governador Eugênio Barros, Parnarama e Paulo Ramos, cidades nas quais estreitamos laços durante o mandato. Na eleição, fomos reconhecidos, em alguns deles, como o deputado mais bem votado”.

Como novo líder do governo na Assembleia, Rafael Leitoa enalteceu as ações do Governo do Maranhão, destacando o exitoso Iema, o programa “Mais Asfalto”, a inauguração dos hospitais regionais, o Hospital de Traumatologia Ortopédica (HTO), em São Luís, e o Hospital Macrorregional de Caxias (que oferece tratamento oncológico). Ele destacou ainda o aumento do efetivo policial, a aquisição de equipamentos de segurança e a recente aprovação, no ENEM, de 431 apenados, dentre outros avanços.

“Assumimos esta nova missão com a convicção daquilo que defendemos. Não defendemos o governo Flávio Dino por apenas estar na base aliada. Defendemos como maranhense, como cidadão que sabemos que o Maranhão está no rumo certo e que tem um governo responsável, fiscal, austero e, acima de tudo, comprometido com as classes menos favorecidas. E nós faremos nosso papel, dia após dia, na defesa dos direitos sociais do povo do Maranhão”, finalizou.