Rafael Leitoa confirma Audiência Pública que discutirá quais cursos serão oferecidos no IEMA de Timon

4.10.16
Em fevereiro de 2015, Rafael Leitoa já chamava atenção para o reinício das obras do 
Iema em Timon (Fonte: JR Lisboa - Agência Assembleia)

Em seu primeiro pronunciamento na Assembleia Legislativa do Maranhão, em fevereiro de 2015, o Deputado Rafael Leitoa (PDT), alertou para a paralisação das obras do Instituto Estadual de Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), em Timon. Na época, o deputado pedetista questionou o motivo da obra se arrastar por seis anos e, à época, ainda não ter sido concluída.

Praticamente um ano depois, diversas visitas à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, primeiramente comandada pelo deputado Bira do Pindaré (PSB) e atualmente por Jhonatan Almada, e empenho de Rafael Leitoa, o Iema de Timon será entregue e como prova dessa conclusão, a cidade receberá na próxima semana, uma Audiência Pública para discutir com os alunos, professores e sociedade de Timon, quais cursos devem ser oferecidos no Instituto.

Segundo informações de Rafael Leitoa, a Audiência Pública servirá para informar sobre o funcionamento da unidade do Iema em Timon e para os alunos indicarem quais as melhores opções de cursos técnicos para o Instituto. “Esta é uma vitória de nosso grupo, do empenho diário em buscar melhorias para Timon. Desde nosso primeiro dia de mandato, já apresentamos o estado de abandono do Iema em nosso município e buscamos o retorno imediato das obras. Hoje, a discussão sobre isso é passado, nosso foco é apresentar aos jovens de Timon mais uma opção de melhoria de vida. Assim, continuaremos nosso trabalho, tendo futuro de nossa juventude como nossa maior preocupação”, comemorou Rafael Leitoa.

A Audiência Pública contará com a presença do Secretário Jhonatan Almada, Deputado Rafael Leitoa, representantes da prefeitura de Timon, alunos, professores e sociedade civil organizada. O evento acontecerá no dia 14 de outubro, sexta-feira, às 9h, no auditório do Centro de Treinamento Wall Ferraz, em Timon.

0 comentários:

Postar um comentário