Adelmo Soares visita assentamento estadual e garante assistência técnica a agricultores familiares

26.10.16
Dando seguimento ao processo de assistência ao agricultor familiar do Maranhão, o secretário de Estado da Agricultura Familiar SAF, Adelmo Soares, visitou o Projeto de Assentamento Estadual (PE) Rio Grande, na zona rural de São Luís.

O assentamento conta atualmente com 158 famílias e uma área de 32 hectares para a produção agrícola. Fundador do assentamento, o agricultor João Batista Rodrigues falou da necessidade que as famílias têm de ter uma orientação para o manejo da terra. “Precisamos do apoio do Governo do Estado para que a nossa produção aumente e que assim possamos comercializar e aumentar a nossa renda familiar”, explicou.

Dentre as produções do seu João Batista, estão macaxeira, feijão, milho, quiabo, maxixe e hortaliças. Na safra passada o agricultor colheu 16 mil toneladas de melancia que serviu para o consumo próprio e para comercialização no assentamento e para a feira do bairro João Paulo.

Para o secretário Adelmo Soares, a agricultura familiar é essencial. “O Sistema SAF busca sempre deixar o agricultor familiar cercado de informações para que sua produção possa sempre crescer. A agricultura familiar é a garantia de produto saudável e de qualidade na mesa, por esse motivo a assistência técnica continuada se torna imprescindível”, explicou.

De acordo com o presidente da Agerp, Júlio Mendonça, o governo Flávio Dino aposta na melhoria dos indicadores sociais do Maranhão por meio da agricultura familiar. “A agricultura só desenvolve, de fato, se vier acompanhada de assistência técnica, que dá condições do agricultor produzir com qualidade e garantir o acesso às políticas públicas voltadas para o meio rural”

A SAF em conjunto com uma de suas vinculadas, a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão – Agerp fizeram o reconhecimento da área e das necessidades mais urgentes das famílias do assentamento. Os técnicos da Agerp vão elaborar um plano de assistência técnica qualificada e continuada para atender as 158 famílias do PE Rio Grande. A cultura de hortaliças, frutas como acerola e maracujá, quiabo, maxixe e macaxeira são algumas das produções mais comuns no assentamento.

0 comentários:

Postar um comentário