Líder do governo na Câmara estaria sendo boicotado - ‘Invasão’ de reduto na zona rural de Caxias pode provocar racha no grupo Coutinho

1.7.16
O clima no grupo Coutinho não está nem um pouco tranquilo. Como os problemas por lá já não fossem poucos, neste final de semana a coisa promete “pegar fogo”.

É que o anúncio da entrega de uniformes e bolas para equipes de futebol no povoado Buriti Corrente está causando o maior tititi e pode ter consequências imprevisíveis.

Conforme publicado num blog caxiense, as bolas e equipes serão usadas neste sábado num torneio naquela localidade.

Na postagem, o secretário adjunto de Saúde, Daniel Barros, aparece numa foto ao lado de um morador da região ‘prestigiando’ o evento da entrega do material. Também é destacado que “a competição esportiva tem o total apoio da vereadora Thais Coutinho e do prefeito Léo Coutinho”.

Tendo fincado base política no Buriti Corrente, e onde tem procurado ajudar e representar aquela comunidade, o vereador Mário Assunção estava assistindo a invasão do seu reduto de camarote por um ou outro integrante do grupo Coutinho, mas a presença forte do esposo da vereadora Thais Coutinho no povoado parece que mexeu com o líder governista.

Sentindo-se desafiado, Mario Assunção parece estar disposto a pegar em lanças e partir pra cima de quem queira cantar de galo no seu terreiro. “Sabá, se o Mário Assunção não colocar logo um ponto final nessa história de campeonato no Buriti Corrente, ele corre o risco de perder apoio em diversas localidades, pois será uma demonstração de falta de prestígio junto ao deputado Humberto Coutinho”, disse-me um correligionário do líder do governo.

Bem, se até o líder do governo estaria sendo desprestigiado atualmente, pelo visto o deputado Humberto Coutinho vai perder muita coisa até 2018.

Vem cá, e essa entrega de uniformes e bolas com a presença de esposo de vereadora em período eleitoral, caracteriza o quê???

3 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Essa Thais Coutinho, junto com o marido poderoso vão desagregar pra valer. Pior, não precisam disso - tem eleição garantida pelos empregos que arranjou pra muita gente. Mas essa briga é boa, bem melhor seria se a população fizesse uma avaliação criteriosa a respeito da atuação de cada Vereador de mandato. São muito bons, muito bons mesmo, mas é na hora das negociações da merenda escolar, dos materiais de expediente, da construção e reforma de escolas; no aluguel de ônibus escolares; na perfuração de poços na zona rural; na negociação da merenda escolar das escolas estaduais; no aluguel de caçambas e carros de lixo....isso é o que o povo deve saber. De Vereadores, essas pessoas não tem é nada. São um bando de comerciantes tirando a oportunidade de quem é comerciante de fato é de direito. É bom que se enfrentem, quero ver os gravetos voarem...kkkkkk

  1. Anônimo disse...:

    Isso aí desequilibra o processo eleitoral. Tem punição, está previsto na Lei eleitoral.

  1. Anônimo disse...:

    Esse lance de reduto tem que acabar e será nessa campanha. Os novos candidatos irão conquistar votos na zona rural.

Postar um comentário