Ex-prefeito Hélio Queiroz indignado com a transferência do IML de Caxias para Timon

25.11.15
Ex-prefeito de Caxias indignado com prolongamento da dor 
das famílias caxienses sem um IML na cidade
O ex-prefeito de Caxias, Hélio de Sousa Queiroz, engrossou o coro dos descontentes com a transferência do IML de Caxias para o município de Timon. "Isso é Inadmissível", protestou ele que fez questão de registrar que, caso fosse ele no cargo de prefeito, "não aceitaria isso de jeito nenhum".

O desabafo do ex-prefeito foi feito ao titular do blog na tarde desta segunda-feira, 24, no seu escritório de trabalho. Hélio Queiroz foi prefeito de Caxias em duas oportunidades (1985-1988 e 1999-2000).

Maior empregador privado de Caxias, Hélio Queiroz sentiu na pele o sofrimento das famílias caxienses no último domingo, 22, quando foi confortar uma família de amigos pela perda de um ente, fato ocorrido num acidente na madrugada de sábado para domingo na BR 316. "Fui confortar a família ainda na manhã do domingo e acompanhar o velório do jovem, mas o corpo estava para Timon e só chegou quando jé era noite", conta o empresário indignado com a situação. "Além do sofrimento de perder um parente, esse sofrimento é aumentado por ter que esperar a liberação do corpo em outra cidade”, protesta o empresário.

O deputado Humberto Coutinho, que alegou saber do caso após a denúncia feita pelo vereador Catulé na Câmara Municipal, chegou a entrar em contato com o parlamentar e prometeu que o município iria ganhar em breve um IML dotado de todos os requisitos necessários. Passados vários meses dessa promessa, nem sinal do Instituto Médico Legal de Caxias.

O sofrimento extra das famílias de caxienses devido a ação inconsequente da Secretaria de Segurança Pública, que determinou que um IML em Timon atenderia as demandas da região tem aumentado a revolta dos caxienses de todas as classes sociais.

O protesto do ex-prefeito Hélio de Sousa Queiroz só vem a colaborar com o movimento da sociedade caxiense, que busca pôr fim ao sofrimento desnecessário que as famílias passam toda vez que se perde algum ente querido. “Falta vontade política para que isso acabe”, avalia o ex-prefeito acrescentando que ”uma cidade do tamanho de Caxias tem que ter um IML”.

É simplesmente absurdo a principal cidade do leste maranhense, e berço político do presidente da Assembleia Legislativa, passar por uma humilhação dessa magnitude.

Inúmeros boatos dão conta que estariam acontecendo enterros de caxienses como indigentes em Timon, devido ao fato das famílias serem de baixa renda e não terem condições de bancar o acompanhamento e transporte dos corpos que são levados para o município vizinho.

Além de vontade política, o que mais falta para que isso chegue ao fim?

Com a palavra, o deputado Humberto Coutinho...

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Ótimo prefeito esse sim fez concurso...Helio Queiroz com o seu inesquecivel SLOGAN DE GOVERNO "A CIDADE TEM PRESSA"

  1. Anônimo disse...:

    Pode até feito concurso, aliás ele mesmo não fez nem um concurso, quem fez foi Eziquio Barros, antes de o retirarem da prefeitura e a molecagem começar,um dia era esse e no outro Sr Fause, e esse ainda deixou 1 mês (dezembro) e o décimo terceiro da Educação em atraso, isso só na Educação e nas outras secretárias se não me engano foram mais q isso, até hoje não vimos a cor do nosso salário atrasado, pois todos que entraram, dizem que não vão pagar, já passou Márcia Marinho 4 anos, Humberto Coutinho 8 anos e Léo Coutinho 3 anos, isso já são 17 anos, e ai o que dizem agora, será que podemos parabenizar alguem nessa cidade??!!! E digo mais se procurarmos na história dessa cidade cada um que passou por essa prefeitura cada um tem seu lado bom e seu lado ruim, e não temos nem uma esperança pois os nomes ai que estão se lançando se juntarem todos, são todos do mesmo saco e só pensam em sí, nem um deles está pensando no povo, mas vamos para frente e ver o que vai dar esse mar de falta de compromisso com o povo que realmente precisa de políticos honestos e sérios, e digo que não recebemos salários foi porque não recebemos, eu queria era receber esses dois meses ia ajudar, oh como ia!

Postar um comentário