Em entrevista no rádio, Fábio Gentil avalia que números da pesquisa Data AZ “refletem o sentimento da população com o governo Léo Coutinho”

7.11.15
Fábio Gentil e Catulé analisaram o resultado da pesquisa Data AZ

O vereador Fábio Gentil foi o entrevistado deste sábado (07), do programa Fala Catulé (Rádio Tropical FM).

Embalado pelos números da recente pesquisa Data AZ/ANP Propaganda, Fábio Gentil fez uma análise dos dados encontrados pelo renomado Instituto piauiense, onde avaliou que a enorme rejeição do atual prefeito Léo Coutinho “mostram que o caxiense já não aguenta mais o descaso dessa administração”.

Comandado pelo vereador Catulé, o programa de entrevistas da Tropical FM é o carro-chefe da emissora e alcança os maiores índices de audiência no rádio caxiense, sendo que a mesma pesquisa Data AZ mostrou que a Tropical é disparada a líder na preferência dos ouvintes.

E foi de Catulé uma observação muito interessante para se avaliar a capacidade administrativa do prefeito Léo Coutinho. “Assim que esse prefeito assumiu, contratou por milhões de reais à Fundação Dom Cabral, cuja missão seria ajudar na administração do município mas, até hoje, não se viu nenhum resultado desse investimento”, disse Catulé que ressaltou ainda que a contratação da Dom Cabral, “deu-se por indicação da família, que sabia que o rapaz não tinha capacidade para administrar a cidade”.

Apontado no levantamento Data AZ como preferido pelos caxienses para ser prefeito, caso as eleições fossem hoje, Fábio Gentil disse que recebeu com tranquilidade os números, mas garantiu que isso é uma constatação de que “o povo quer mudança”.

Um ouvinte do Povoado Chapada, localizado no 3º distrito de Caxias, deu uma demonstração de como anda a saúde de Caxias no governo Léo Coutinho. “Aqui, quando tem médico, não tem remédio”, desabafou a moradora acrescentando que, “quando a gente tem uma dor de dente, sofre muito, pois não tem material nem para extração”.

Comentando o relato da ouvinte do 3º distrito, Fábio revelou que, “somente do governo do estado já vieram R$ 15 milhões para a saúde, mas ninguém sente a melhoria nos serviços prestados, o que mostra que o que temos é falta de gestão”.

Catulé lembrou ainda que, “somente para atenção básica de saúde, Caxias recebeu recentemente outros R$ 6 milhões de reais”.

Com participação ao vivo dos ouvintes via telefone, o Fala Catulé disponibiliza também o whatsapp, onde são enviadas perguntas através do aplicativo de aparelho celular.

Nas perguntas feitas ao apresentador e ao entrevistado, vê-se que todas são negativas ao grupo Coutinho, o que só vem a fortalecer os números da pesquisa Data AZ, onde a rejeição do atual prefeito Léo Coutinho ganha números estratosféricos.

3 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Fora coutinhos. ...fora coutinhos....

  1. Loquazes disse...:

    Agostinho Neto para prefeito!

  1. Anônimo disse...:

    Chegou tua vez Ironaldo Alencar, mais não deixa Apolonio Govenar,apesar de sr gente boa, como faz o prefeito Leo,

Postar um comentário