Bastidores & bastidores

13.9.15
Comendo pelas beiradas
E não é que o marqueteiro Carlos Alberto veio a Caxias nesta semana e provocou o maior tititi?! Esteve na inauguração da reforma da TV Sinal Verde e lá ficou ‘secando’ a tudo e a todos. CA foi visto observando os mínimos detalhes do prédio e do evento como um todo. Suas observações certamente foram divididas com o seu chefe.

Não gostou
Quem não gostou nadinha da presença do marqueteiro no regabofe da Sinal Verde foram os diretores da emissora. Que o diga Thiago Miranda. A cada palavra de Miranda, que era o chefe de cerimônia do evento, Carlos Alberto balançava negativamente a cabeça. Fez isso por diversas vezes, segundo alguns dos presentes.

Penetra?!
Bastante irritado, Thiago Miranda não gostou nadinha da presença de CA no evento. Desafeto declarado do marqueteiro, Thiago teria questionado nos corredores da emissora sobre o convidado estar ali. “O que é que ele está fazendo aqui?”.

Encontro secreto
Quando esteve em Caxias meses atrás, o marqueteiro Carlos Alberto ofereceu um almoço para os funcionários da Ascom na churrascaria Avenida. No cardápio, além do delicioso churrasco servido, uma sobremesa pra lá de estranha: uma forte dose de queimação na propaganda palaciana e em algumas figuras da administração. O blog do Sabá criticar a propaganda do governo Léo Coutinho é normal, mas funcionários do município, que deveriam zelar pela imagem do gestor, fazerem isso, é um pouco demais.

Encontro ultra-secreto
Como o encontro anterior quase provoca demissão na Ascom do município, na última quinta e sexta-feira, três mosqueteiros da comunicação tiveram o cuidado ao repetir a dose. Os encontros com o marqueteiro aconteceram em local ‘seguro’ e um de cada vez. Tudo para evitar qualquer dissabor com os chefes e também para exercitar a queimação do governo e de algumas figuras da administração. Definitivamente, não perdem a mania de conspiração e também não perdem o medo de serem demitidos.

Mensalinhos e o colesterol
O que tem de mensalinho enchendo a pança em eventos do grupo dominante não está escrito no gibi. Muitos saem de casa com a barriga vazia só para comer o maior número de salgadinhos possivel. Só devem tomar cuidado com os excessos, pois, caso adoeçam, terão que se internar no Hospital Geral.

Audiência 1
Mesmo com limitação de equipamentos, os programas da TV Band Caxias dão um banho de audiência na concorrência.

Audiência 2
Outro campeão de audiência é o programa do vereador Catulé na Tropical FM. Com participação dos ouvintes e uma linguagem altamente precisa do apresentador ao analisar os fatos políticos de Caxias, o “Fala, Catulé!” é parada obrigatória dos caxienses a partir do meio-dia do sábado.

Final melancólico
Em fim de carreira, o deputado federal João Castelo perdeu definitivamente todo e qualquer amor próprio que um dia já teve. Sendo tratado por Humberto Coutinho como um inimigo desde 2006, época do surgimento de Flávio Dino no cenário político, Castelo tem assistido desde então o presidente da AL financiar politicamente o homem responsável pela sua derrota na tentativa de reeleger-se prefeito de São Luis. Inexplicavelmente, JC tem andado em Caxias com o rabinho entre as pernas mendigando a atenção de HC. É digno de pena o papel que faz no fim da vida.

3 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Sinceramente...Quais foram as grandes obras que João Castelo fez em Caxias? Ginásio de Esportes? Fala sério! Caxias tem muito azar quando se trata de políticos. Nem quando são governadores fazem grandes obras em Caxias, bando de INCOMPETENTES....deixaram Caxias perder para Imperatriz em todos os aspectos.

    POLÍTICOS CAXIENSES = INCOMPETENTES E ACOMODADOS.

    PAZ!

  1. Anônimo disse...:

    O que ninguém observou nessas vinda de João Castelo para Caxias é uma possível eleição de prefeito caso Leo Coutinho permaneça em queda livre nas pesquisas. Fechar com chave de ouro sua vida politica é um sonho de João Castelo.

  1. Anônimo disse...:

    Comentei no post errado, era pra ser no post sobre João Castelo.

    PAZ.

Postar um comentário