“Quem come do meu pirão, leva do meu cinturão”!!! TCU encontra irregularidades na gestão do ex-prefeito Humberto Coutinho e vários ex-auxiliares envolvidos pegam ‘carona’

4.8.15
Muy amigo!!! TCU encontra irregularidades na gestão de HC, mas ex-prefeito 
não está sozinho na ‘festa’: levou junto vários aliados

Começo a ter minhas dúvidas daquela história que aliados do deputado Humberto Coutinho, e até o próprio, costumam alardear a plenos pulmões que ele é honesto e coisa e tal.

Notícia publicada no blog do Ludwig Almeida informa que o TCU – Tribunal de Contas da União, em análise de tomada de contas especial, em decorrência de supostas irregularidades na aplicação de recursos do FUNDEB pelo município de Caxias, na gestão do então prefeito Humberto Coutinho, não gostou nadinha do que encontrou na papelada investigada no município.

E veja só, caro leitor que também acha, assim como o signatário do blog e muitos aliados, que o “grandão” é honesto e trabalhador, o que os homi do TCU encontraram!!! Mas não vá com muita sede ao pote, pois a leitura das irregularidades pode fazer mal aos estômagos mais fracos.

Vamos por partes: a) ausência de numeração de páginas dos processos licitatórios, realizados com recursos do Fundef e do Fundeb, o que fragiliza o controle dos atos praticados; b) os sócios das licitantes vencedoras possuíam ligações de parentesco com os gestores municipais, o que configura ausência de isonomia e impessoalidade; c) chamados pelo TCU para prestar esclarecimentos, os gestores não foram convincentes para justificar as falhas e b) existência de propostas vencedoras de licitações que continham itens divergentes da planilha orçamentária anexa ao edital.

Esmiuçando uma das licitações analisadas pelo TCU, ao realizar inspeção in loco, os auditores constataram que, pasmem, não houve a reforma da referida escola objeto daquela licitação.

Não é possível que aquelas instalações, dado o estado avançado de degradação, tivessem passado por reformas apenas um ano antes da realização da vistoria, nem tal nível de avarias pode ser atribuído à circulação de crianças ou à exposição ao sol em tão curto período”, anotou o ministro José Múcio Monteiro, perplexo com as irregularidades encontradas.

Após as análises, o tribunal julgou irregulares as contas dos gestores e os condenou ao pagamento de quantias atualizadas e multas. A decisão ainda é passível de recurso.

Além do ex-prefeito Humberto Coutinho, ele levou junto consigo uma penca de auxiliares na decisão do TCU, sendo que a maioria são da CPL do município, o que deixa bem claro que é adepto do ditado: “Quem come do meu pirão, leva do meu cinturão”.

Bem, Vinicius Araújo, secretário de Saúde de HC, já recebeu do deputado a culpa pela gestão de recursos da saúde denunciados pelo MP recentemente. Agora, outros integrantes do governo sério e honesto recebem os ingressos da festa do “grandão”.

Mas o que vale a pena nessa ‘festa’ da patifaria é que o ingresso é grátis.

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    O que me deixa mais indignado é o fato dessas irregularidades não serem constatadas quando a pessoa tá exercendo seu mandato.Só anos depois é que vão apurar os fatos.E tome enrolação,que não dar em nada,os mesmos que punem são os mesmos que acobertam.E por isso que essa elite de 71 mil pessoas tem 23% da riqueza do país e o pobre que paga a conta desse pessoal.

  1. Anônimo disse...:

    Desse jeito qualquer um faz festa de $ 1.500.000,000, enquanto a papulação paga o pato, principalmente os mais pobres.

  1. Anônimo disse...:

    Polícia neles

  1. Anônimo disse...:

    isso é Brasil. o máximo que rende em um processos desse é pagamento de multas que ainda por cima é muito inferior ao valor desviado dos cofres públicos. Sr. Blogueiro você saberia nos dizer se esse processo é da época da gestão da Professora Silvia Carvalho?

Postar um comentário