Nervos a flor da pele! Postagem do blog sobre “Plano B” de Humberto Coutinho para 2016 faz prefeito acionar mídia alinhada para desqualificar movimentação no grupo

9.7.15
A postagem do blog do Sabá sobre o “plano B” de Humberto Coutinho sobre a sucessão municipal publicada aqui na última segunda-feira, 05, incendiou os bastidores da política caxiense.

Devido ao trânsito livre do titular desta página em diferentes correntes políticas do município, a análise trazida aqui sobre os nomes que o deputado Humberto Coutinho trabalha para suceder o sobrinho, caso este não se viabilize até o primeiro trimestre de 2016, foi bem recebida pelos analistas locais e os postulantes apresentados pelo blogueiro foram referendados por todos.

Júnior Martins, Ironaldo Alencar e Adelmo Soares são os únicos com viabilidade dentro do grupo Coutinho para substituir Léo Coutinho caso este continue apresentando os gigantescos índices de rejeição detectados em seguidas pesquisas de opinião.

Naturalmente, no seio da família do prefeito caxiense, a possibilidade dele, mesmo tendo herdado o comando do município de mão beijada do tio, e não ter correspondido as expectativas, provocou um sentimento de frustração diante da hipótese trazida a público pelo blog do Sabá.

Para tirar o foco do desgaste de Léo Coutinho e de sua possível substituição por outro candidato a prefeito, a estratégia adotada pelo Palácio da Cidade, e que já está sendo colocada em prática pela mídia alinhada, é semear a discórdia no grupo dominante sobre uma hipotética disputa interna sobre quem ocupará a vaga de vice-prefeito na chapa de Léo Coutinho.

O factóide visa levantar uma inexistente briga pela segunda cadeira do município, deixando claro que a primeira está consolidada com o nome do desgastado Léo Coutinho.

A patética estratégia é uma reação orquestrada por aqueles que praticamente não dormem diante do iminente fracasso que se desenha no horizonte.

Infelizmente pra uns, e felizmente pra outros, o blog do Sabá saiu na frente e escancarou o que acontece nos bastidores da política caxiense.

E fez isso baseado em fontes confiáveis e apresentando hipóteses reais.

Só que sempre tem aqueles que não gostam.

Fazer o quê?!

0 comentários:

Postar um comentário