Ministério Público do MA solicita maior contingente e aumento do orçamento para 11º Batalhão da PM de Timon

24.7.15
Sede do Ministério Público em Timon
Devido ao número insuficiente de policiais, de viaturas e de equipamentos, o Ministério Público do Maranhão ingressou, em 14 de julho, com Ação Civil Pública contra o Estado do Maranhão, solicitando a recomposição do efetivo e o aumento do orçamento destinado ao 11º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela segurança pública da Comarca de Timon.

A manifestação ministerial foi formulada pelos promotores de justiça Fábio Menezes de Miranda, Sérgio Ricardo Souza Martins, Marco Antônio Camardella da Silveira e Eduardo Borges Oliveira. Todos atuam na Comarca de Timon.

Como medida liminar, o MPMA pede que a Justiça determine a recomposição imediata do efetivo do 11º Batalhão, com o urgente retorno dos policiais que foram convocados para atuar em São Luís e no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Vereador Catulé também denunciou transferência 
de PMs de Caxias para São Luis
Na ação, os promotores ressaltam que, nos últimos anos, o 11º Batalhão da Polícia Militar vem funcionando de forma precária, com reduzido número de policiais e viaturas, sem condições de coibir a violência na região de Timon. O contingente policial, formado por 187 policiais, atende também as comarcas de Matões e Parnarama. Atualmente, a população de Timon é de 161.721 mil pessoas.

“A flagrante, pública e notória falta de policiais militares em número necessário acarreta prejuízos à população, pois não se pode dizer que estejam em segurança aqueles que se encontram sob a proteção de poucos agentes do Estado nessa função tão relevante”, afirmaram os promotores na ação.

Também foi destacado, no documento, que a região de Timon é circundada por rodovias federais e estaduais de grande fluxo de veículos, com ligação com a área metropolitana de Teresina. Outra questão é a malha de estradas não pavimentadas atendida pelo Batalhão, onde existe a ocorrência de homicídios, roubo de cargas, assaltos, tráfico de drogas, entre outros delitos.

“A necessidade de recomposição do quadro salta aos olhos, principalmente quando se observa o crescente aumento da criminalidade, especialmente o aumento do tráfico de drogas e assaltos em Timon e região circunvizinha”, comentaram os promotores.

Em caso de descumprimento dos pedidos, o MPMA requer que a condenação do Estado do Maranhão ao pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil. Fonte: CCOM-MPMA  

Em Caxias, no último dia 22 de junho, o vereador Catulé usou a tribuna da Câmara Municipal para também denunciar a transferência de policiais militares do 2º BPM de Caxias para São Luis.

Fui informado que 10 policiais militares lotados em Caxias foram destacados para trabalhar em São Luis no período dos festejos juninos”, revelou Catulé acrescentando que outros PMs que prestavam serviço na CCPJ do município, “também foram removidos para trabalhar na penitenciária de Pedrinhas”.

De acordo com o vereador, a retirada desses policiais da cidade impediu a realização dos tradicionais festejos juninos em Caxias. “O Colégio São José e o Sesc, que todo ano faziam seus eventos no mesmo local, tiveram que transferir a festa para dentro do comando do 2º BPM”, disse Catulé afirmando que a decisão “foi por conta da falta de policiais para garantir a segurança nesses locais”. “Quer dizer que aqui em Caxias as festas tradicionais podem ser sacrificadas e em São Luis deve ser priorizado arraial nos bairros?”, questionou o oposicionista.

Em Timon, os promotores tomaram as devidas providências para forçar o poder executivo respeitar o município. Falta os colegas de Caxias seguirem o exemplo. (CCOM-MP-MA e Blog do Sabá)

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    saba não é só o caso dos PMS transferidos de Caxias. tem também os seguintes: as escoliabação do programa minha casa minha vida da vila paraiso, as aixas dagua, os canos, e os buracos do saae. tem tambem o caso da presidente da camara, o prefeito entregando dinheiro ao vivo etc. etc. agora vamos imitar os promotores de Timon

Postar um comentário