Reprise!!! Script de licitação milionária de propaganda na Prefeitura de Caxias segue o modus operandi de arapucas da era Humberto Coutinho

10.6.15
Aos poucos, a licitação que prevê gastos de R$ 4 milhões de reais para fazer publicidade de supostas ações do governo Léo Coutinho dá sinais que pode seguir o script daquela feita em 2013 e que o leitor do blog sabe muito bem no que deu.

Naquela oportunidade, o Ministério Público, através da titular da Vara da Fazenda Pública, promotora Carla Mendes Pereira Alencar, acatou as denúncias feitas pelo blog do Sabá e, após reiteradas notificações recomendatórias feita ao governo Léo Coutinho diante da robustez dos indícios de irregularidades, deu entrada numa ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Caxias (processo 51102013) na tentativa de anular a licitação de publicidade vencida pela Enter Propaganda e Marketing.

Mas vamos acionar a máquina do tempo das peripécias das administrações coutinhianas nessa área.

Desde o início da administração de Humberto Coutinho no distante ano de 2005, todas as licitações de publicidade eram vencidas por uma única empresa: Estação Gráfica, de propriedade do marqueteiro Carlos Alberto, hoje diretor da TV Assembleia.
Do prédio da CPL de Caxias sairá o nome do ‘vencedor’ da 
licitação milionária de publicidade

Sendo concorrência pública, o natural seria que outras empresas pudessem concorrer e, naturalmente, vencer esses certames. Que nada! só existia um único vencedor.

Entre 2010 e 2012 foram 5 tentativas de se fazer licitação de publicidade na Prefeitura de Caxias. Em todas elas o titular do blog, nessa época editor do Jornal dos Cocais, denunciou e, devido as provas consistentes de fraude, conseguiu sensibilizar o Ministério Público que teve papel fundamental na anulação dos certames.

Algumas particularidades eram recorrentes nessas licitações, tipo fortes indícios de direcionamento à determinada empresa.

Não respeitando a Lei 12.232, que regulamenta licitações de publicidade desde o escândalo do “mensalão”, até mesmo uma licitação de material gráfico, numa tentativa de driblar o MP, foi feita. Descobertos e denunciados, a tentativa de fraude não logrou êxito, assim como outras tantas.

Até mesmo a realização da armadilha de publicidade num dia de domingo foi tentada, mas o signatário do blog denunciou e o certame foi anulado.

Em 2009, para afugentar interessados, essa licitação foi feita numa quinta-feira após o carnaval.  Mas isso não tem nada demais e nem é ilegal, mas a esperteza visava dificultar a vida de concorrentes indesejáveis.

Mas chegamos a 2015 e uma outra realidade é possível, haja vista que o principal protagonista daquele turbulento período de Humberto Coutinho aparentemente caiu em desgraça na propaganda palaciana, não é mesmo?! Parece, mas não é! (alguém aí lembrou do shampoo “Denorex”?)

A nova licitação de publicidade do governo Léo Coutinho versão 2015 têm um ar de 2009 na data da sessão de abertura do processo. Será em 30 de junho, na ressaca do feriadão dos festejos juninos e um dia depois da celebração de São Pedro, considerado o primeiro papa da Igreja Católica.

Bem, a Lei criada para coibir as práticas do “Mensalão” petista não diz nada em se fazer licitação de publicidade após um feriadão, mas que o negócio levanta suspeitas, isso levanta.

Vamos aguardar os próximos passos dessa novela.

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Será se o senhor blogue ir o, trabalha demais tem alguma empresa de publicidade. Mais todo mundo sabe que você é feriado todo dia procure um emprego e nem diga que ganha com esse blogue só se for pago pelo Catulé e Fábio gentil .

  1. Anônimo disse...:

    Sabá, não te preocupa q já tá tudo preparado pra sacanagem nessa licitação.... os caras da cpl tão dizendo q vão preparar uns comentários contra ti aq no blogue. Tudo tá sendo feito com a conivência do presidente. Tamo contigo e arrocha esses caras...

  1. Anônimo disse...:

    Veja quem era o presidente da cpl em 2009 e veja que o atual é o mesmo la daquele ano, o home disse que tirou a imagem que não pega mas proprina, se o nobre blogueiro tivesse acesso a sala do presidente iria constatar inumeras iguarias que o homem recebe diariamente da fruta ao salgado, são inumeras se for relacionar os leitores vão dizer que é mentira

  1. claudio saba disse...:

    Caro anônimo do primeiro comentário, para seu desgosto e sofrimento, não estou procurando emprego e não tenho o menor interesse em conseguir um. Quanto a ser feriado todo dia pra mim, acho que você exagerou um pouco, mas não nego que meu trabalho para ganhar a vida não me exige tanto esforço no dia a dia. Por último: ganho com esse blog sim, mas não tenho apenas 2 parceiros (Catulé e Fábio Gentil) como dito no seu comentário. Os parceiros do blog são muitos. Chegam a mais de 20.

Postar um comentário