Movimento Reage Caxias é lançado em noite memorável no Marília Eventos

7.6.15
Todo movimento de caráter político tem no seu primeiro ato uma espécie de alicerce. E se depender da firmeza das palavras proferidas na noite deste sábado, 06, no Marília Eventos, o movimento Reage Caxias fincou fortes alicerces no coração e no sentimento de resgate dos caxienses que lá se fizeram presentes.

Com um público estimado em mais de 1.000 pessoas, várias lideranças puderam fazer uso da palavra para falar da importância daquela memorável noite para os destinos da princesa do sertão.

Além das lideranças comunitárias, vários representantes de partidos políticos participaram do que foi considerado o maior ato político já feito por um movimento oposicionista no município.

Marcaram presença os vereadores Fábio Gentil, Catulé, Benvinda Almeida e Taniery Cantalice, além do ex-candidato a deputado estadual Catulé Júnior (PMN); os petistas Natanael dos Reis Pereira e Tom do PT; o ex-vereador e ex-candidato a prefeito Helton Mesquista (PSC); o prefeito de Aldeias Altas, Tinoco e dezenas de lideranças comunitárias da cidade.

Tendo como primeiros oradores os professores Pedro Ferreira e Chiquinho, que falaram da necessidade de união de todos pelo bem de Caxias, foi na fala de Catulé Júnior que a noite começou a mostrar que seria marcante. “Somos hoje 100 lideranças que querem colocar nossa cidade nos trilhos do desenvolvimento” disse o jovem advogado que afirmou que um representante daquele grupo “irá representar os anseios dos caxienses”. Catulé Júnior disse ainda que nas próximas eleições “não teremos representantes de uma família, mas de toda a população”, disse ele referindo-se a oligarquia familiar representada pelo atual prefeito.

Na condição de ex-vereador e ex-candidato a prefeito (2012) e ex-candidato a deputado estadual (2014), o médico Helton Mesquita foi um dos mais aplaudidos na noite de sábado. “Nossa população está clamando pela união dos seus filhos e quer a união de todos”, iniciou ele. “Caxias não gera empregos e nossos filhos tem que tentar a vida fora”, ressaltou o médico que abordou ainda a tentativa de enganar o povo em ano pré-eleitoral: “Asfalto de péssima qualidade não engana mais o povo”. “Como bom soldado, estou a disposição do grupo para qualquer cargo nas próximas eleições”, fez questão de dizer Mesquita mostrando o espírito disposto a luta diante das batalhas que se avizinham.
A vereadora Benvinda Almeida, uma das vereadoras mais atuantes na atual legislatura, mostrou-se empolgada diante do grande número de pessoas presentes naquela noite na lançamento do Reage Caxias. “Que esse movimento chegue a todos os bairros e a todos os povoados de Caxias”, conclamou a vereadora.

O vereador Catulé, um dos mais experientes em batalhas politicas em Caxias, satisfeito diante do grande público, registrou que “não foram alugados carros para ninguém estar aqui”. “A cidade não vai bem e é obrigação nossa, dos políticos e dos cidadãos, tomar uma decisão porque o povo está sentindo na pele as consequências desses dois anos e meio dessa administração”, discursou Catulé que resgatou o passado de Caxias: “na história do Maranhão, Caxias é considerada uma cidade pacata, mas o povo de nossa terra sabe a hora certa de agir”.
Quebrando o protocolo do evento, o sargento César pediu o microfone e convidou o  público a cantar o hino nacional, o que serviu para coroar de êxito a noite.

Último orador do evento, o vereador Fábio Gentil foi recebido com festa pelo público.

Fico triste com a situação de nossa cidade atualmente e olhando para uma mãe aqui presente, que me disse triste a alguns dias que mandou seu filho para trabalhar no Mato Grosso”, disse Fábio no início do seu discurso.

Avaliando a situação por que passa a princesa do sertão, Fábio avaliou que “um dos primeiros requisitos é ter amor por Caxias”.

Mostrando-se consciente do papel de todo o grupo no processo por mudanças em Caxias, Fábio disse que sairá daquele movimento as ideias para a formação de uma nova realidade para o município. “Não colocamos carros de som, não colocamos ônibus, mas o povo veio atendendo ao convite feito a cada um”, disse Fábio satisfeito com o grande e surpreendente público presente no Marília Eventos. “E a partir de amanhã vamos caminhar por toda a cidade conclamando a população a participar do Reage Caxias”, anunciou o vereador.

Convido cada um a andar comigo, pois ninguém precisa se esconder e temos que ouvir o que o povo deseja”, disse o parlamentar que finalizou em grande estilo: “A partir de agora se escreve um novo capítulo da nossa história e vocês irão fazer parte desse capítulo”.

7 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Não aguentamos mas presenciar tanta maldade por parte dos coutinhos ao nosso povo e funcionários da prefeitura pode ser contratados ou concursados eles estão humilhando todos, gostaria de estar presente nesse evento mas como presto serviços e ainda não temos a cultura de expor nossa insatisfação com os gestores sem sermos perseguidos achei melhor não ir, mas fica aqui o registro de meu apoio ao movimento, VAMOS MEU REAGIR PELA UMA CAXIAS MAS FELIZ DE SE VIVER!!!

  1. Anônimo disse...:

    Renovação. Renovação do quê? Catulé, Fábio Gentil, Helton Mesquita,,,essas figuras são carimbadas, os caxienses as conhecem. Estão todos ricos, depois que participaram dos governos do Humberto Coutinho, exceto o Helton, que sempre mostrou uma postura de independente. Até mesmo os de menor expressão, como Natanael, professor Chiquinho e outros tantos, passaram por lá. Estão fora do governo atual por não terem tido seus interesses completados. Os projetos que apresentam no novo grupo são projetos pessoais - querem encontrar soluções para o atendimento dos anseios individuais. O que há de novo nesse gripo? Mas, é o direito de cada um: sonhar com o melhor prá si e sua família.

  1. claudio saba disse...:

    Renovação? Onde você encontrou essa palavra no texto, caro anônimo? Quer dizer que quem um dia fez parte do grupo Coutinho não pode mais ser contra ele? Que pensamento pequeno esse seu.

  1. Anônimo disse...:

    Não fiz referência s seu texto. Devo ter lhe contrariado porque é membro do grupo, e sonha se arrumar noutro governo. E não sou contra nenhum componente dele ser contra os Coutinho; só não sou a favor do que defendem agora, que estão fora do governo. Enquanto estavam lá, mamando em todas as tetas, os Coutinho eram os melhores. Entenda, é que não existe um projeto programático. Existem insatisfações pessoais provocadas pelo não atendimento de reivindicações individuais. É normal a reação. É justa prá quem está com a canga no pescoço, mas não é justificável porque os agentes que enfrentam o movimento faziam parte, a pouco tempo, do mesmo grupo que hoje criticam. Simples assim. Racional. Só não entende, só não vê, quem não quer.

  1. Adão Silva disse...:

    Reage Caxias não aguentamos mais. Fora Coutinhos.

  1. Anônimo disse...:

    É uma pena saber que quem encabeça esse movimento são as mesmas raposas velhas que mamaram anos e anos!TRISTE!!!

  1. Anônimo disse...:

    reage o que? tudo farinha do mesmo saco.... aq no bairro tamarineiro esse fabio gentil nunca fez nada como vereador vai fazer como prefeito? kkkkkkkkkkkkk...

Postar um comentário